Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

50 anos de História

Mais do que capital do país, Brasília é a cidade que representa o Brasil por sua miscigenação cultural desde sua construção.

Foto: Wikipédia

Essa é a imagem do Plano Piloto original, produzido pelo urbanista Lucio Costa

No século XIX, a proposta da criação de uma nova capital brasileira foi dissipada por José Bonifácio de Andrade e Silva, o Patriarca da Independência. Em 1823, já surgiu a ideia do nome Brasília e da intenção de deixar a capital longe dos portos, para garantir a segurança do país.

Para desbravar a região, foi formada a Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil, em 1892. Médicos, geólogos e botânicos foram chamados para integrar a organização liderada pelo astrônomo Luiz Cruls. A intenção era fazer um levantamento completo sobre a topografia, o clima, a geologia, os recursos materiais, a flora e a fauna local. Em 1894, essa área, conhecida como Quadrilátero Cruls, foi apresentada ao Governo Republicano. 

Outra vertente mais mística sobre a criação de Brasília vem do sonho do santo italiano Dom Bosco. Ele sonhou com uma área de depressão bastante larga e comprida, partindo de um ponto onde se formava um grande lago, entre os paralelos 15º e 20º. Em seu sonho, Dom Bosco afirmava escutar várias vezes a frase: "...quando vierem escavar as minas ocultas, no meio destas montanhas, surgirá aqui a terra prometida, vertendo leite e mel. Será uma riqueza inconcebível...".

Foto: Wikipédia

O presidente Juscelino Kubitschek com seus correligionários, na inauguração de Brasília

Construção

O sonho demorou um pouco para se concretizar e, apenas em 1955, foi apropriada uma área de 50 mil quilômetros quadrados para a criação do Distrito Federal. Em abril de 1956, deu-se início a construção de Brasília, sob o comando do então presidente da República Juscelino Kubitschek. Ele criou a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (NOVACAP) e deferiu o Projeto de Lei 2.874, que lançou o edital do Concurso Público para a construção do Plano Piloto. Lucio Costa foi o vencedor do projeto urbanístico e Oscar Niemayer dos projetos de arquitetura para a cidade.

De acordo com a idealização de Lucio Costa, Brasília seria constituída por um traçado de dois eixos, que se cruzariam em ângulo reto, formando uma cruz. Um lado seria destinado às áreas residenciais e ficaria levemente inclinado, dando a cruz o formato de um avião. A outra parte é denominada Eixo Monumental e abriga no lado leste, os prédios públicos e os Palácios do Governo Federal; ao centro está a rodoviária e a torre de TV; já na parte oeste, encontram-se os prédios do Governo do Distrito.

O nome da capital significa um feixe de brasis (terras nacionais) a espelhar a unidade e a vocação da terra brasileira. Cogitou-se dar o nome de Santa Cruz e Vera Cruz, mas Brasília prevaleceu, em alusão ao nome do país que aparecia no antigo mapa e, de acordo com a língua latina, era chamado de Brasília.

Após 1000 dias de construção, no dia 21 de abril de 1960, foi inaugurada a nova capital brasileira. O Presidente Kubitschek fez as honras de cerimônia e dividiu os festejos com Oscar Niemayer, Lucio Costa, Israel Pinheiro e os candangos, que migraram majoritariamente do Nordeste, construíram a capital e foram seus primeiros moradores.

Brasília é considerada Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. A cidade foi tombada pela Unesco em 07 de dezembro de 1987 e é o único monumento arquitetônico com menos de cem anos a receber esse título.

A capital brasileira mostra seu planejamento, pela disposição de suas áreas. Brasília é formada pela: Asa Norte, Asa Sul, Setor Militar Urbano, Setor de Garagens Oficiais, Setor de Indústrias Gráficas, Área de Camping, Eixo Monumental, Esplanada dos Ministérios, Setor de Embaixadas Norte e Sul, Vila Planalto, Setor de Áreas Isoladas Norte - SAIN, e também é sede dos três poderes da República: Executivo, Legislativo, e Judiciário.

Foto: Wikipédia

Oscar Niemayer, responsável pela criação arquitetônica de Brasília, na época da construção

Curiosidades

No dia 3 de maio de 1957, foi celebrada a primeira missa de Brasília pelo Cardeal Dom Carlos Carneiro de Vasconcelos Neto.

O Catetinho foi construído em um tempo recorde de nove dias e tornou-se a primeira construção de Brasília do projeto de Oscar Niemayer. Juscelino Kubitschek foi o presidente que ocupou a primeira residência oficial da capital federal.
 
O primeiro prefeito de Brasília foi Israel Pinheiro, empossado quatro dias depois de sua inauguração. Em promessa ao santo Dom Bosco, construiu uma capela em homenagem a ele no paralelo 15º.

A capital federal ganhou seu primeiro governador, Hélio Prates, em 1987. Nesse ano, Brasília conquistou sua autonomia política e consolidou o direito civil do seu povo.

Todo dia 12 de outubro é ponto facultativo na Região Administrativa de Brasília (RA I), pois é o dia da padroeira Nossa Senhora da Conceição Aparecida. A data oferece a possibilidade de feriado, para quem aderir, de acordo com a Lei n.º 2.908, de 05/02/2002.

O clima de Brasília é composto por apenas dois períodos climáticos: seco, de abril a setembro e chuvoso, de outubro a março. Agosto é o mês mais seco do ano e julho é o mais frio. No restante do ano, as temperaturas são mais amenas, oscilando de 22 a 28 graus.

A área total da capital corresponde a 8,1% da área total do Distrito Federal, ou seja, 472,12 kilômetros quadrados. A densidade demográfica, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, é de 420 Hab/Km². O relevo varia da altitude máxima de 1172 metros a mínima de 1000 metros.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo