Guia da Semana

Guia da Semana

Alguns acreditam que a peregrinação pode apagar os pecados de uma vida, mas mesmo se você não é religioso, o fato é que passar dias em uma trilha por um local espiritual – ou qualquer lugar que seja - vai fazer você refletir sobre a vida e quem sabe mudar alguns conceitos sobre a maneira de como você vê as coisas.

+ 14 lugares incríveis que estão abandonados
+ 28 piscinas abandonadas ao redor do mundo
+ 26 lugares mais assombrados no Brasil

Existem roteiros que demoram dias ou até mesmo meses para serem completados, e por isso a preparação física é algo muito importante. Muitos recomendam fazer algum tipo de exercício para preparar o corpo e a mente antes de mergulhar em uma peregrinação.

Separamos alguns lugares para que quem sabe um dia você visitar:

Kumano Kodo – Japão

A trilha Kumano Kodo fica próxima as montanhas Kii , no sul de Osaka e te leva para três santuários sagrados: Kumano Hongu Taisha, Kumano Hayatama Taisha, e Kumano Nachi Taisha. Você pode optar por caminhar por dias ou semanas ou encarar toda a peregrinação, que dura aproximadamente seis semanas. O bom é que no final do dia você encontra um hotel termal para aliviar o cansaço. Kumano Kodo e o Caminho de Santiago são os únicos unicos lugares de peregrinação reconhecidos pela UNESCO.

Machu Picchu - Peru

Especialistas dizem que os incas construíram esta trilha para preparar os visitantes antes de entrar em Machu Picchu. São 43 a pé e o terreno acidentado e a altitude são os maiores desafios. O governo controla rigorosamente o aceso a trilha, são emitidas apenas 500 autorizações por dia, sendo 200 delas para os turistas e o restante para guias, porteiros e cozinheiros. Existem mil histórias de pessoas que ficam com graves infecções por ingestão de alimentos e bebidas, por isso deve-se ter muito cuidado com o que coloca pra dentro.

Monte Kailash - Tibet

A montanha é considerada como um dos lugares mais sagrados para budistas, que consideram o lugar o centro do universo, e também para os hindos, que dizem que é a morada de Xiva. Por isso, há mais de 15.000 anos o Monte Kailash é um destino muito popular entre os peregrinos. Escalar o monte é proibido mas são 52 quilômetros ao redor da montanha, isso dá mais ou menos três dias de caminhada. Os budistas acreditam que se fizer esse caminho por 108 vezes, você vai alcançar o Nirvana.

Caminho de Santiago - Espanha

O caminho é conhecido por peregrinos desde o século IX, que percorriam trilhas para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Mior, cujo está enterrado na catedral de Santiago de Compostela, destino final da peregrinação. Existem diversas opções para chegar até lá e podem levar de uma semana a meses. O trajeto que começa em St. Jean Pied de Port, na França é o mais popular e assim como o Kumano Kodo, foi declarado de Património Mundial pela UNESCO. São 780 quilômetros de extensão e leva em média um mês para terminar.

Char Dham - India

São quatro locais de peregrinação beirando o Himalaia e para os hindus é muito importante que se visite pelo menos uma vez na vida. Mas se você não é religioso não se preocupe, a viagem é uma ótima oportunidade para saber mais da sobre a cultura indiana. Segundo a tradição você deve seguir a sua caminhada de leste a oeste, na seguinte ordem: Yamunotri, Gangotri, Kedarnath e Badrinath. O ideal é reservar duas semanas para aproveitar bem a viagem.

Peregrinação de Canterbury - Inglaterra

O Caminho dos Peregrinos tornou-se popular depois que o arcebispo Thomas Beckett foi assassinado por cavaleiros do Rei Henrique II e ficou conhecido como um fazedor de milagres. A rota principal era de Londres até a Catedral de Canterbury, mas hoje em dia você percorre o caminho de St. Swithun até Farnham e depois North Downs Way até Canterbury. São mais ou menos 200km a pé e a viagem poder durar cerca de duas semanas.

Croagh Patrick - Irlanda

Foi aqui que St. Patrick, padroeiro da Irlanda, passou 40 dias e noites jejuando. Apesar de levar apenas algumas horas para chegar ao local, é preciso percorrer um caminho um tanto quanto árduo: uma subida íngreme que culmina no topo da montanha, a 765 metros de altura. Chegando lá, você pode assistir a uma missa e, como recompensa, apreciar a vista exuberante do lado oeste da Irlanda. Todo ano, mais de um milhão de pessoas - calçadas ou descalças - passam por lá seguindo os passos de St. Patrick. Os que tem mais pique ainda podem percorrer a St. Patrick Heritage Trail, uma trilha de 61 km de comprimento que vai de Balla a Murrisk, no Condado de Mayo, na Irlanda.

Por Juliana Andrade

Atualizado em 21 Jul 2014.