Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

A Terra dos Cânions - pertinho e acessível!

Fotos: João Carlos Pastore

Muitos viajantes sonham em - um dia - conhecer o imperativo Grand Canyon, às margens do Rio Colorado. Vistas impressionantes, paisagens inóspitas... e uma multidão de turistas disputando os melhores ângulos com suas máquinas fotográficas em punho.

O que muita gente não sabe é que os cânions estão muito mais próximos do que supomos - logo ali, na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A pequena e charmosa Cambará do Sul serve como ponto de partida para que o viajante brasileiro possa se deparar com os majestosos peraus - o nome brasileiro para cânyon - dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral.

No dia 2 de janeiro de 2006, rumei com mais três amigos para o sul, afim de conhecer este destino encantador. Passamos apenas 5 dias em Cambará do Sul, percorrendo algumas das diversas trilhas dos parques e conhecendo a gente reservada e acolhedora do local. Foi o suficiente para que este se tornasse um dos meus destinos favoritos - a lembrança da natureza imponente e dos penhascos bem desenhados me traz um sentimento ambíguo de tranqüilidade e nostalgia. Um local que recomendo para todos os que desejam conhecer uma realidade pouco típica, mas 100% brasileira.

São inúmeras as opções de trilhas e caminhadas, algumas das quais podem ser realizadas por meio de agências com guias experientes. A mais conhecida das agências é a Canyon Turismo - gerenciada pela simpática Luciane.

Quando estiver por lá, reserve uma tarde para conhecer o tradicional Cânion do Itaimbezinho - o mais popular e acessível, e onde fica a sede do Parque Nacional de Aparados da Serra. Lá as trilhas são pavimentadas e mesmo o turista menos radical pode apreciar as belezas dos penhascos com até 1.000 metros de profundidade. Uma singela comparação: no Grand Canyon, a profundidade máxima é de 1.600 metros.

É imperdível também um passeio pelo Cânion Fortaleza, distante 21 km de Cambará do Sul por uma estradinha de terra. A trilha para chegar à beira do penhasco é de apenas 15 minutos a pé, e em dias claros é possível observar o litoral catarinense no horizonte lá embaixo. Inspirador e revigorante. A poucos quilômetros dali, na trilha da Pedra do Segredo, está a imperdível Cascata das Andorinhas - um espetáculo de águas em meio às depressões.



Para os mais aventureiros, são várias as opções: uma caminhada de um dia inteiro ao Cânion Malacara, percorrendo mais de 20 km no meio do mato - sem trilha definida. A visão que se tem ao fim da trilha é uma recompensa divina. Ainda há a possibilidade, em locais mais próximos de Cambará do Sul, de se aventurar num rafting sobre rios agitados ou ainda praticar rapel nas cachoeiras que ficam nas encostas dos cânyons. Se o nível das águas estiver baixo, não deixe de se aventurar pela Trilha do Boi - que percorre a parte baixa dos cânions, em meio aos rios e com a vista majestosa dos penhascos rumo ao céu.

A cidade de Cambará do Sul também reserva seus encantos. São diversas as pousadas - da mais rústica àquelas que figuram no Guia 4 Rodas - na cidade que vive basicamente do ecoturismo.

Também pode ser inesquecível passar uma noite na charmosa pizzaria da praça central da cidade - em frente à igreja. Além de saborear uma apetitosa pizza, ao som de clássicos LPs, você pode ainda papear com a Soeli, dona do estabelecimento - uma anfitriã de origem alemã muito culta e simpática.

Vale a pena finalizar o dia com um chocolate quente no Café Estação Perau. Pequeno e simpático, o café criado há poucos anos por um casal de paulistanos que mudou de cidade e de estilo de vida. Shows intimistas de piano e voz do casal aquecem o ambiente nas noites frias do sul.

Se puder visitar a região no inverno, prefira - já que no verão a neblina pode atrapalhar a visão fascinante dos cânions. Ainda assim, qualquer ocasião deve ser aproveitada para apreciar os peraus dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e Serra Geral, que têm um altíssimo potencial turístico e que ainda é pouco explorado.

Cambará do Sul e seus cânions... um destino charmoso e cativante, reservado e acolhedor, imponente e inesquecível. Um destino diferente, mas totalmente brasileiro.

Quem é o colunista: João Carlos Pastore

O que faz: trabalha com internet e viaja nas horas vagas.

Pecado gastronômico: pão e chocolate

Melhor lugar do Brasil: Cambará do Sul

Fale com ele: [email protected]





Leia a coluna anterior do João
? Uma explosão de alegria (sobre a Festa do Boi de Parintins)

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a cidade de Leuven, capital da cerveja belga

Viagens

8 passeios imperdíveis em Seattle, nos Estados Unidos

Viagens

10 passeios imperdíveis no bairro de Belém, em Lisboa

Viagens

Conheça a cidade medieval de Füssen, na Alemanha

Viagens

Conheça Panama Beach City, destino com praias paradisíacas e muita natureza na Flórida

Viagens

9 passeios imperdíveis em Alfama, bairro tradicional de Lisboa

Viagens