Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Acumulando milhas

Elencamos algumas dicas para você acumular mais milhas e viajar gastando menos.

Foto: Getty Images


Quem não conhece alguém que já viajou de avião utilizando apenas as famosas milhas, sem ter que mexer no bolso para pagar pelas passagens aéreas? Pois é, apesar de serem bastante famosas, as milhas ainda são quase um mito para muitas pessoas que desconhecem os caminhos para conseguir o tão sonhado bilhete gratuito.

Hoje em dia é possível juntar pontos para a obtenção das chamadas passagens-prêmio através de contas de restaurantes, estacionamentos e hotéis. Essas facilidades têm aumentado desde o relançamento do Smiles, no último trimestre de 2008. Desde então, Gol/Varig e TAM, as maiores empresas de transporte aéreo brasileiro, deram início a uma briga que só traz benefícios aos clientes.

Além de iniciativas ousadas, como a que permitiu o resgate de passagens a partir de 2 mil milhas - geralmente são exigidas 10 mil para a América do Sul - as duas empresas têm fechado parcerias que aumentam as possibilidades para que seus passageiros juntem e aproveitem os pontos conquistados.

Foto: Getty Images


Para se ter uma ideia, atualmente é possível acumular milhas até através de compras no supermercado. Isso se tornou viável através do Multiplus Fidelidade, da TAM, que também une livrarias e postos de combustível à lista de estabelecimentos conveniados. O programa, além do acúmulo de milhas, dá descontos nas compras feitas nesses locais.

Essas facilidades serão ainda mais vantajosas a partir deste mês, pois a empresa passa a fazer parte do quadro da rede internacional Star Alliance, que dá a possibilidade de emissão de passagem-prêmio em quase 30 empresas aéreas internacionais. Além de gozar de check-in exclusivo e salas VIP em diversos países do mundo. Nesse sentido, a Gol/Varig, apesar de não fazer parte de nenhuma aliança internacional, tem parcerias com a Air France/KLM e a American Airlines. Com isso, os clientes que voarem por essas companhias podem creditar pontos no cartão Smiles. Compras em pontos diversos também contam pontos.

Apesar dessas facilidades e vantagens, é comum que muitas pessoas não saibam ao certo como fazer para acumular milhas e, o mais importante, como transformá-las na almejada passagem gratuita. Uma dica importante é se manter fiel a uma empresa, assim você atinge a pontuação necessária mais depressa. O que, aliás, não é tão simples quanto pode parecer.

Foto: SXC.hu


Para se ter uma ideia, é necessário em média 10 mil pontos para trocar por um bilhete. E os cartões básicos rendem um ponto por dólar gasto. Seria necessário gastar mais de US$ 830 por mês para a obtenção de uma passagem por ano. Se este gasto está muito acima da sua média, não compensa adquirir um cartão de crédito pensando única e exclusivamente nas milhas.

Um aspecto positivo é que no Smiles, por exemplo, é possível comprar passagens aéreas com o cartão de crédito e acumular pontos para o programa de fidelidade. Outro tópico que merece atenção é que algumas empresas somam as milhas referentes a cada trecho, assim, encarar uma conexão pode render mais pontos.

Unir o programa de fidelidade, o valor da tarifa e os bônus do cartão é uma dica para acumular pontos mais depressa. No entanto, é bom lembrar que as milhas não são uma recompensa gratuita, mas um reconhecimento de sua fidelidade a uma determinada empresa e uma forma de fazer com que você opte por ela na hora de voar.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo