Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Além da linha do trem

Moradora do bairro carioca Santa Teresa mostra que há mais do que o famoso bondinho para ser conhecido.

Foto: Wikipedia.org


Não vou viajante de carteirinha, mas o que acho fantástico em viajar é que todos os lugares bacanas que conheço me dão a sensação de: "viveria aqui a minha vida toda". Eu simplesmente me apaixono e compro a ideia do lugar.

Acho que passeios dentro da nossa própria cidade têm essa mesma energia. Podemos até embarcar nessa viagem com frequência, mas fica sempre aquela saudade boa que me diz que "lá é o meu lugar".

Mas, como disse Dorothy, "não há lugar como a casa da gente". Decidi, então, que eu sou minha casa, como diz meu perfil logo abaixo. Passear é, então, me carregar para todos os meus lugares. E o lugar ideal, para mim, tem que ferver cultura, ter um clima cúmplice de cidade do interior e ter um cheiro de vida. Santa Teresa, um bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro, é assim.

Tudo por lá é aconchegante. O passeio no famoso bondinho é ótimo, mas não deixa captar tudo que Santa tem a oferecer. Experimente sair um domingo de sol para almoçar por lá. Eu aconselho um peixe delicioso no Sobrenatural. A porção é grande. Aposte numa saída em grupo. Outra delícia gastronômica imperdível é o pastel de feijoada do Bar do Mineiro que fez - e ainda faz - uma legião de fãs.

Quem tem boca vai... aos largos de Santa. No passeio a pé dá para entender melhor o "espírito" do bairro. A livraria, no Largo dos Guimarães, é um charme e um café é uma ótima pedida renovar o pique e curtir o sol que se põe na vista do Parque das Ruínas.

Aliás, se você tiver pique, ainda pode esticar pra um sambinha, um chorinho ou uma noite cubana. É só perguntar. Os moradores e frequentadores sempre sabem o que de melhor rola por lá. E tudo que acontece por lá é interessante, quente como o clima da Cidade Maravilhosa. Rádio-corredor que realmente funciona. Há outros roteiros por lá, mas o não tão planejado, com certeza, tem mais a cara do bairro.

Quem é a colunista: Marcela Sayão Prior.

O que faz: É jornalista. Nas horas vagas, é cantora ou fotógrafa.

Pecado Gastronômico: Massa, profiteroles, refrigerante Mineirinho e outras delícias...

Melhor lugar do mundo: Não há lugar como a casa da gente. Eu sou "minha casa". O melhor lugar do mundo é minha consciência... comigo... em qualquer lugar.

O que está escutando no iPod, mp3, carro: Samba e soul.

Fale com ela: marcelasapri@gmail.com ou acesse seu blog


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo