Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

As mil faces...

Colunista conta como foi sua passagem pela Tailândia e conta curiosidades sobre sua cultura e história.

Foto: Getty Images

Viajar à Tailândia é mais do que cultura e história; é, acima de tudo, uma viagem pelo tempo, já que o país está há mais de 500 anos na frente. Isso acontece porque o ano lunar é diferente do nosso e nos faz pensar: será que estou viajando regressando anos em um túnel?

Sugiro começar a viagem por Bangkok, capital do país, também chamada de Cidade dos Anjos Celestiais. Foi fundada em 1782, e hoje tem aproximadamente 10 milhões de habitantes. Por nunca ter sido colonizada, manteve intacta sua cultura e, mais do que qualquer outro local da Tailândia, possui um jeito único, onde o antigo caminha com o moderno harmonicamente. São mais de 400 templos budistas fascinantes, muitos deles localizados à beira do rio Chao Prhaya River, junto a palácios maravilhosos e shoppings.

A cidade, embora tenha crescido de uma forma desorganizada, possui um deslumbrante lado exótico e espiritual. Bangkok demonstra toda sua riqueza e esplendor com os mais variados tipos de Buda: de esmeralda, de ouro, mármore etc. A influência do passado não se limita apenas a seus monumentos, mas também na vida cotidiana.

Ela é famosa pelo rio e seus canais, que servem, ainda hoje, como um dos principais meios de transporte. É comum ver barcos transportando diversos tipos de materiais, bem como turistas. Aliás, passear de barco é uma forma muito bonita para conhecer alguns pontos da cidade, como o mercado flutuante, onde são comercializados diversos alimentos, vestimentas e artesanato.

Você poderá visitar também o mercado sobre trilhos, onde se comercializa de tudo. Quatro vezes ao dia, um trem passa pelo meio do mercado. É inacreditável! As barracas são adaptadas para que os comerciantes diminuam-nas para a passagem do trem. Assim que ele passa, os comerciantes colocam as barracas em cima do trilho novamente. É uma experiência única. Aliás, contando, ninguém consegue acreditar. É um dos pontos altos da viagem.

Outra inusitada atração é o passeio de barco pelo rio Bekong. São umas duas horas de navegação podendo visitar as casas dos habitantes do interior da Tailândia e perceber como é a vida cotidiana deles. Eles os receberão com muita hospitalidade e prazer. Inclusive, os tailandeses são pessoas extremamente bondosas, receptivas e amáveis, sempre expressando um sorriso no rosto e cumprimentando os visitantes com "Sawadee", saudação muito charmosa e graciosa.

Outra atração turística muito encontrada em Bangkok é a massagem tailandesa. Diferente da conhecida no Brasil, esta massagem é feita com as mãos, de um jeito muito relaxante. Tudo para você ficar zen durante a viagem. A cidade dos anjos na Tailândia é, sem dúvida, um local mágico, onde as possibilidades são imensas. Você amará cada minuto gasto nesta cidade.

De Bangkok à Chiang Mai, ao norte da Tailândia, o acesso é de avião. Chiang Mai, fundada em 1296, é a segunda maior cidade da Tailândia e caminho para Mae Hong Son. Fica a uma hora de vôo de Bangkok e está às margens do rio Ping. A cidade e seus arredores foram abençoados por sua beleza natural, rodeada por montanhas e muito apreciada para trekkings.

Chiang Mai possui uma paisagem maravilhosa da montanha e mais de 300 templos. É uma cidade moderna e amigável, que tem muito a oferecer para o turista. Você terá oportunidade de visitar diversas tribos como Meo e Phrathat Doi Suthep. Uma linda viagem, na qual você terá contato com os moradores da tribo e conhecerá seus costumes, como uma belíssima criação de orquídeas.

Outro ponto que merece ser visitada é Mae Hong Son, que fica a 924 quilômetros de Bangkok, ao norte da Tailândia e 246 quilômetros de Chiang Mai. Por ser um caminho de serra, o turista leva aproximadamente de cinco a seis horas por uma estrada bem sinuosa, mas com lindas paisagens. A cidade de Mae Hong Son encanta por sua simplicidade e surpreende por seus lindos templos budistas. Acima de tudo preserva sua forma de vida, cultura e tradição bem como um cenário montanhoso, fazendo da Tailândia o segundo destino de ecoturismo mais procurado.

Para os turistas o dia começa bem cedo. Às 6h, sugiro uma saída para visitar o mercado de frutas e participar das oferendas de alimentos para os monges nas ruas. Vale a pena experimentar as frutas exóticas da Tailândia, onde você encontra em todos os mercados comuns. Você poderá fazer um passeio de elefante pela selva, com travessia do rio Pai. Mais exótico ainda, somente o passeio à tribo da Karen Village para conhecer pessoalmente as mulheres girafas. Imaginem só seis quilos de argolas no seu pescoço. E elas ainda sustentam a família com a renda do turismo na região.


Quem é o colunista: Lucila Nedelciu, diretora da Raidho Tour Operator

O que faz: Empresária, se dedica a proporcionar viagens especiais e de autoconhecimento para seus clientes

Melhor lugar do Mundo: Índia

Fale com ela: [email protected]

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens

10 montanhas incríveis ao redor do mundo para ver online

Viagens