Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Aventuras no Chile - parte 3

Colunista conta como foram seus últimos dias pelo Deserto do Atacama.

Foto: Arquivo Pessoal

Para finalizar nossas peripécias pelo deserto, passo para vocês mais algumas opções de passeios. Na minha opinião, um dos melhores foi um mergulho pelas termas de Puritama.

Saímos às 5h do hotel , carregando nosso quarto nas costas, travesseiros e grossos cobertores de lã de lhama, conforme o insistente conselho da hostess, Alexandra. O frio noturno, aliado a uma altitude de 4.320 metros, prometia temperaturas negativas, e foi exatamente o que aconteceu. Rodamos duas horas por uma estrada, a princípio muito tranquila e bem asfaltada e, no final, cheia de curvas e buracos. Chegamos ao Gêiser el Tatio às 7h30, com 15 graus negativos e um vento de "renguear cusco" como se diz por lá.

No caminho, o nascer do sol  nas montanhas, aliado a bandos de vicunhas selvagens, foi um espetáculo à parte. A paisagens é um mosaico constantemente em mutação. Não rodamos mais de meia hora sem uma mudança radical no visual.


Nos gêiseres, a água sai das profundezas da terra numa temperatura de até 85ºC, criando um ambiente só visto antes em filmes e nas últimas notícias sobre os vulcões na Islândia, terra de muitos gêiseres. Este complexo é reconhecido como um dos mais altos em números campos de gêiseres do mundo, atrás apenas de Yelowstone, mas as erupções não são muito elevadas como em outros locais.


Em El Tatio (traduzido como "o grande pai") existe uma piscina, onde a água atinge apenas 40ºC e muitos se aventuram a um mergulho. Confesso que me arrepiei, com a geladeira que estava na rua, e não tive coragem de tirar o casaco e entrar.


Passeio pelas Termas de Puritama

Este seria o meu passeio eleito, se não fosse o vento que tivemos o azar de pegar por lá. Localizada a 30 quilômetros ao norte de San Pedro do Atacama, as termas de Puritama são formadas por um rio quente que cruza um vale verdejante, formando um belo paisagismo natural.

Com temperaturas em torno de 30ºC, são atribuídas propriedades curativas a estas águas.
Não sei se curam ou rejuvenescem, como acreditam os locais , mas são de uma transparência incrível e um dos banhos mais deliciosos que já tomei, mesmo com uma ventania enlouquecida.


O complexo oferece cabines de banho simples e é construído sobre passarelas de madeira que dão acesso às piscinas naturais. Tudo muito simples e charmoso. Há algumas mesas e locais para piquenique também.

 San Pedro do Atacama, a vila

Com pouco mais de 1.500 habitantes, a vila de San Pedro do Atacama oferece mais de 80 hotéis e pousadas e com isto um clima de aventura e muito charme em sua extrema simplicidade. Sei que sou acusada de "gostar muito de qualquer coisa" por uma parcela significativa de amigos mais exigentes, mas confesso que sou uma entusiasta de locais alternativos e paisagens diferentes, mas San Pedro não é puro entusiasmo.

Na verdade a vila é uma rua que acaba numa praça com uma igrejinha. Até aí, nada de novo! Mas nesta rua cerca de cinco restaurantes fazem a diferença, num clima descontraído e culinária honesta.

Nós tomamos alguns pisco sauer (piscosauro para os íntimos!), a bebida nacional do Chile, que é feita com pisco (cachaça de uva) peruano, no Café Adobe. Uma fogueira no meio do ambiente não poderia ser mais adequada para criar o clima. Tudo bem, saímos meio defumados do jantar, mas a vantagem é que nem foi preciso tomar banho depois dos passeios para curtir a noite!


Além dos restaurantes, lojas de artesanato, na maioria com artigos peruanos, alguma oferta de roupas e parafernália para aventura completam o ambiente.


Recomendo muito esta viagem para quem gosta de contato com a natureza e um pouco de movimento em belas paisagens!

Leia a coluna anterior de Mylene Rizzo:

Aventuras no Chile - parte 2 Aventura no Chile


E no calor...



Quem é a colunista: Mylene Friedrich Rizzo.

O que faz: Fala sobre história no curso "Encontros com Arte" e acompanha grupos de viagens culturais.

Pecado Gastronômico: doce de ovos.

Melhor lugar do mundo: é o próximo para onde vou viajar.

Fale com ela: mrizzo@terra.com.br  ou acesse seu blog Viajando com Arte.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo