Guia da Semana

Guia da Semana



O símbolo da cidade é o Rio Reno. Importante no mercado mundial químico e farmacêutico, a Basiléia é um grande pólo cultural, com cerca de 40 museus que cobrem períodos da arte clássica e moderna. Os edifícios antigos e as ruínas romanas de Augusta Raurica fazem contraponto com progresso de outras instalações da cidade.

O cartão-postal da cidade é a Catedral de Basileia, construída sobre o Reno e com a melhor vista da cidade. Entre os inúmeros museus, vale a pena visitar o Kunstmuseum de Basileia, aberto desde 1661, onde estão expostas as coleções do retratista Hans Holbein, o Museu de Arte Contemporânea e o Sportmuseum Schweiz, que divulga a tradição esportiva da Suíça. Para os adeptos da natureza, o mais indicado é o Jardim Zoológico, o mais antigo do país. Uma vista interessante da cidade pode se ter através do teleférico sobre o Rio Reno. Caso queira fazer compras, vá à Pequena Basileia, o centro velho da cidade.

A cidade será a casa da Seleção Suíça na Euro, e não é para menos. É o principal pólo esportivo do país e ultimamente tem ficado conhecida pelo time local, o Basel, ter conseguido participar seguidamente dos campeonatos europeus, além de ser a terra natal de Roger Federer, o melhor tenista do mundo. O Estádio St. Jakob-Park, com capacidade para 42,5 mil pessoas, será sede de três jogos da primeira fase (Suíça x República Tcheca, Suíça x Turquia e Suíça x Portugal), dois jogos das quartas-de-final e de uma semifinal.

Atualizado em 6 Set 2011.