Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Caminhada das Borboletas

Conheça a Praia do Tabuleiro, localizada no extremo sul de Florianópolis.

Foto: Arquivo Pessoal

Parafraseando Thoreau: "a felicidade é como uma borboleta". Uma trilha que fiz e ficou para a história, foi vista sob o ângulo de inúmeras, minúsculas e singulares pinturas vivas esvoaçantes que meu grupo encontrou durante todo o percurso.

Caminhamos em áreas de Mata Atlântica original e em estágio de regeneração, por uma trilha alternativa da Praia dos Naufragados, no extremo sul de Florianópolis, que também faz parte do Parque do Tabuleiro (a maior unidade de conservação de Santa Catarina, ocupando aproximadamente 1% de seu território). É formada por um encantador e verdejante túnel de vida pulsante.  Do canto dos pássaros - que poderia ser ouvido por toda a parte como majestosas orquestras sinfônicas -, ao encontro com a flora do local - e entre troncos, nos deparando com exuberantes esculturas naturais que adornavam o ambiente em suas superfícies retorcidas, texturizadas e nuances amarronzadas. O que mais nos impressionou foi a variedade de borboletas que coloriam a mata.

Quanto mais perseguíamos as borboletas, mais elas fugiam de nós; quando voltávamos nossa atenção para a beleza da caminhada em si, o tempo estacionava e tudo acontecia: os bate-papos descontraídos, os risos espontâneos, o respirar no frescor do agora, o doce ouvir da majestosa Natureza e, principalmente, o observar...

Observar aqueles delicados seres vivazes que, em suas velozes acrobacias, bailavam suspensos pelo ar. E, de repente, além de qualquer tempo esperado, os instantes mágicos se operavam: borboletas ficavam ali paradinhas em leves toques sobre uma flor, folha ou em pedras. Os raios de Sol eram como holofotes apresentando as estrelas-foco de nossa observação: as borboletas.

No final da trilha, as cortinas se abriram para uma imensidão em degradê, do verde-esmeralda ao azul-celeste. O ar movimentava os grãos de areia para o mar, formando desenhos curvilíneos, helicoidais e até, aparentemente, retilíneos, que conferiam graça e leveza aos magnânimos tons daquele cenário.

Quem é o colunista: costumava me imaginar como a letra de música de uma banda chamada Guided by Voices: "I am a journalist - I write to you to show you: I´am an incurable and nothing else behaves like me..." Porém, com o tempo venho descobrindo que eu, assim como você, todos nós, somos vazios como o espelho e abertos como o espaço. E no intervalo, juntos, criamos o mundo.
O que faz: Jornalista, trabalha com comunicação, marketing, caminha, pedala, mergulha e medita quando pode.
Pecado gastronômico: Sem dúvida, chocolate e tigela de açaí. Chocolate amargo com maior concentração de cacau é saudável e alivia a consciência.
Melhor lugar do mundo: aquele em que reside entre o instante que acabou de terminar e ainda nem começou, mas também aquele que se movimenta, interage, cria e recria, vibra, cintila e pulsa dentro de nós;.
Fale com ele: [email protected]

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo