Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Carnaval Multicultural

Além do tradicional desfile dos blocos de rua, a festa em Recife traz shows de Maria Gadú, Fernanda Takai, Nação Zumbi, Elba Ramalho, Jorge Aragão e Marcelo D2.

Respire fundo e guarde seu fôlego para as 18h do dia 4 de março. Essa é a data e o horário que começa a festa mais esperada do ano na capital pernambucana. São 390 shows e 800 apresentações de agremiações em 17 polos oficiais, sendo oito no centro e nove em comunidades, mantendo a fama de um carnaval multicultural que se espalha por toda a cidade. A expectativa deste ano é reunir nada menos que 220 mil pessoas no Bairro Recife.

A abertura do festejo fica por conta do tradicional cortejo de 500 batuqueiros de nações de maracatu, regidos por Naná Vasconcelos, que traz como novidade nessa edição, os afoxés, caboclinhos e corte de maracatu. Em seguida, o Maestro Duda conduz sua orquestra com a participação ilustre dos mestres instrumentistas Hermeto Pascoal, Carlos Malta e Yamandú Costa.

E a primeira noite em clima de Momo prossegue com o espetáculo "Sob o mesmo Céu - Mulheres do Brasil", guiado por Lenine. Sobem aos palcos as famosas vozes femininas de Maria Gadú, Fernanda Takai, Elba Ramalho, Zélia Duncan, Marina Lima, Roberta Sá, Céu, Mariana Aydar, Karina Buhr, Nena Queiroga e Isaar.

As cantoras interpretam tanto músicas carnavalescas quanto canções do seu próprio repertório, em uma homenagem festiva às mulheres, já que o carnaval deste ano coincide com o Dia Internacional da Mulher, em 8 de março.

Marco Zero

Além dos desfiles das agremiações e encontros de blocos de rua, é no Marco Zero que acontecem as esperadas apresentações de Marcelo D2, Jorge Aragão, Lenine, Vanessa da Mata, Mart`nália, Antônio Carlos Nóbrega e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério.

Outras atrações de destaque, e que não poderiam ficar de fora da folia, são os artistas pernambucanos que ajudam a disseminar a riqueza musical do estado por todo o Brasil, como Nação Zumbi, Otto, Lirinha Mombojó, Geraldo Azevedo, Banda Eddie e Di Melo. 

O último dia reserva um grande show de despedida. Elba Ramalho e Alceu Valença preparam os foliões para receber a apoteose do frevo com a grande Orquestra Multicultural do Recife, guiada pelo maestro Spok. A festa recifense, que é conhecida popularmente como a mais democrática do Brasil, reitera a diversidade musical com Demônios da Garoa, Reginaldo Rossi, Pitty, Ortinho e Raimundos.

Polos

Foto: Fernando Silva

O frevo já é marca registrada do carnaval e da cultura recifenses

No Polo das fantasias, destaca-se o Coral de Edgar Morais, Nena Queiroga e Josildo Sá, com a participação de Leo Gandelman e João Donato entoarem. Já no Polo de Todos os Frevos, os ritmos regionais são representados pela Orquestra Popular do Recife e Ed Carlos. E quem quiser ver Preta Gil, Marina Lima, Karina Buhr, Zé Cafofinho e B Negão o point é o Polo de Todos os Ritmos.

O descolado e já consagrado Festival Rec Beat, que acontece no Polo do Mangue, apresenta uma programação de músicos da cena independente, com Mombojó, Baiana System, Felipe Cordeiro e Patrick Tor4. Na tenda eletrônica, desfiles dos estilistas Joana Gatis, Rogay por nós e Manoel Z e, nos picapes, os djs Marky, Lúcio K, KL - Jay - Racionais comandam o agito.

Como de costume, o Polo do Corredor do Frevo traz orquestras e passistas para animar a festa característica da região pernambucana. Quer mais? Os traços da cultura afro-brasileira são resgatados e reverenciados no Polo Afro, onde é apresentado todo o encanto do ritual da noite dos tambores silenciosos.   

Fora do eixo central, 43 carnavais comunitários são organizados pela prefeitura. Com o intuito de preservar a cultura do estado, são os moradores que definem a programação que traz além de desfiles de blocos, troças, orquestras e shows diversificados.

Galo da Madrugada

Foto: Milton Masilha

O maior bloco carnavalesco desfila no sábado, 5 de março

O famoso Galo da Madrugada é parada obrigatória para o festeiro que não quer perder o mais animado bloco de rua. Acompanhando o Grupo Galo, são 30 trios elétricos, quatro carros alegóricos, 100 cabeções, bonecos gigantes e passistas. Ano passado, foram nada menos que 1,5 milhão de pessoas que acompanharam a sua passagem.

Este ano, o bloco desfila com novo percurso. A concentração acontece às 9h, em 5 de março, no mesmo lugar de costume, o Forte das Cinco Pontas, seguindo até a Praça Sérgio Loreto. A mudança ocorre a partir daí: o Galo da Madrugada, que antes seguia em frente pela Rua da Concórdia, dobra agora na Rua do Muniz e continua na Avenida Dantas Barreto. A apoteose na Avenida Guararapes acontece, assim, em sentido contrário aos desfiles anteriores.

Concurso de Agremiações

Em 6, 7 e 8 de março, acontecem os desfiles dos blocos que participam do Concurso de Agremiações.  A partir das 13h, eles se reúnem no Pátio de Santa Cruz e nas Avenida do Forte, Nossa Senhora do Carmo e Guararapes.

Para quem quiser conferir a belíssima competição em forma de festa de rua, são 11 modalidades participantes: Blocos de Pau e Corda, Clubes de Frevo, Clubes de Boneco, Troças, Maracatu Baque Solto, Maracatu Baque Virado, Caboclinhos, Tribos de Índios, Bois de Carnaval, Ursos, e Escolas de Samba.

Leia mais:

Programação completa

Blocos carnavalescos infantis

Frevo

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo