Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Cartão-postal cheio de cultura

Fotografia, grafite, escultura e pintura fazem do MASP uma ótima opção para as férias.

Foto: Divulgação

Imagem da Exposição "De Dentro Para Fora - De Fora Para Dentro", de Carlos Dias

O Museu de Arte de São Paulo (MASP), referência tradicional da cultura paulistana, faz jus à sua reputação neste fim de ano e traz ao público algumas belas exposições.

Alternativas para todos os gostos, em uma visita que pode ser questionadora. Os artistas em cartaz vão além da conexão emocional e se igualam em inspirar reflexões sobre a natureza da arte.

Confira abaixo algumas das razões para se chamar esta visita de obrigatória!

Walker Evans

Grandes artistas são frequentemente associados a épocas marcantes e momentos históricos. São muitos os exemplos recentes: os Beatles simbolizaram os revolucionários anos 60, Dylan cantou as incoerências do Vietnam e, no Brasil, Caetano e Chico resistiram com graça ao regime militar.

Com Walker Evans não é diferente. Sua exposição resgata um ícone ilustrativo da fotografia documental, reconhecido pela crítica como a testemunha mais humana e fiel da América de joelhos durante a Grande Depressão dos anos 30.

O mais interessante é perceber como toda a erudição sobre Evans parece supérflua diante de suas fotos, que retratam o desamparo de populações no campo e na cidade após a maior crise econômica do século, mas ao mesmo tempo estampam esperança.

Imagens congeladas de um tempo que se foi, mas ainda nos parece moderno, em cartaz até 10 de janeiro de 2010.

De Dentro Para Fora - De Fora Para Dentro

O grafite invade de vez as galerias de arte de São Paulo. Após OSGEMEOS no MAB-FAAP, agora é a vez de Carlos Dias, Daniel Melim, Ramon Martins, Stephan Doitschinoff, Titi Freak e Zezão ganharem o MASP. Seis artistas que adotaram as ruas como espaço para falar, expostos em um museu agora de janelas abertas à cidade.

A impressão é de testemunhar um momento histórico, de inversão de valores. A rua se torna arte, que se apropria da rua. Proporções, materiais, quebras de limites e referências inusitadas demais, ao mesmo tempo em que são espelhos de nós mesmos.

Todos são incríveis, mas com o perdão da injustiça (e do clichê), destacarei Zezão. Seus desenhos em azul metálico insinuam graça em muros, calçadas, bueiros e subterrâneos da cidade e contrastam com os óbvios e predominantes tons de cinzas. A técnica de pintura nos subterrâneos, com traços de psicodelia e crítica social, foi retratada em uma instalação que simula, com cenografia e vídeos, sua experiência abaixo dos homens.

A exposição conta ainda com um cantinho para o desabafo artístico dos visitantes, convidados ao giz de cera e às paredes, e vai até 5 de fevereiro de 2010.

Rodin - do Ateliê ao Museu

Um presente no Ano da França no Brasil, esta exposição traz pela primeira vez algumas obras que jamais saíram de Paris e nos permite conhecer melhor o francês Auguste Rodin.

São conversas entre a escultura e a fotografia, cujo surgimento, no século XIX, influenciou Rodin e os artistas em geral, a partir de então livres da obrigação de representar realismos.

O melhor desta montagem é que se serve das fotografias como documentário criativo e, ao mesmo tempo, também como um atalho para se compreender a intenção do artista. Em cartaz até 13 de dezembro.

As outras três exposições do acervo próprio do MASP também merecem atenção.

Minhas recomendações vão para Olhar e Ser Visto, com retratos e auto-retratos de grandes artistas como Van Gogh, Picasso e Salvador Dalí, naturalmente fascinantes.

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand funciona de terça a domingo, das 11h às 18h, e nas quintas-feiras das 11h às 20h. O ingresso custa R$ 15, e estudantes pagam metade R$ 7, com exceção da terça-feira, quando a entrada é gratuita a todos. O MASP fica na Avenida Paulista, número 1.578. Visite o site: http://www.masp.art.br.

Quem é o colunista: Rafael Martins Gregório.

O que faz: Jornalista, músico, advogado e escritor.

Pecado Gastronômico: Pizza, chocolate, sorvete. Guloseimas exóticas em geral.

Melhor lugar do mundo: Minha cama e um colinho bom.

Fale com ele: rafaelmgregorio @gmail.com ou acesse seu blog.


Atualizado em 26 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo