Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Choque social

Repasso aqui reflexões de uma conversa com Marcio Neubauer, Diretor- Presidente do C.R.I.A..

Fotos: Arquivo Pessoal

Por ter morado em outros países onde as pessoas têm uma participação mais ativa na sociedade, ao mesmo tempo em que no Brasil, amigos de sua roda sempre reclamam muito das condições do país, sem nunca colocar a mão na massa, inclusive ele mesmo, Marcio resolveu através de um pequeno grupo, em junho de 2006, promover reuniões de debate buscando o que poderiam fazer para de fato melhorar a cidade.

Foi diagnosticada a necessidade de se informar sobre tudo: meio ambiente, segurança, educação, transporte e etc. Como? Nada melhor do que falar com especialistas. E assim surgiu o C.R.I.A (Instituto Cidadão, Responsável, Informado e Atuante), que pelo nome já diz tudo. De fato existe a falta da ação de cidadania, informação e atuação na nossa população. Indiscutível ser uma excelente iniciativa.

Tendo como convidados de Andrea Matarazzo a Ferréz, os encontros são num formato de sarau. Um grupo pequeno em diálogo direto a grandes nomes com fonte de informações preciosas e conhecimento de causas. Estive em vários deles, e a cada um posso dizer que saio com uma bagagem maior. E não à toa, passo a escrever sobre o tema. Essa vontade de fazer diferença é um vício e pega. A idéia é essa mesma, contaminar a todos!

Para essas reuniões em específico, os presentes possuem alto nível de instrução, condições de fazer alguma diferença se "despertado", porém mal informados e pouco participativos. A cultura do país vem caminhando dessa forma, mas temos como mudar esse rumo. Na conversa, Neubauer exclama. "O Floriano quando mostrou o problema da pobreza foi um soco no estomago. A gente não tem a dimensão de qual é o problema social da cidade" (Floriano Pesaro, Secretário Municipal do Desenvolvimento Social de São Paulo), e complementa "Está todo mundo relacionado. Não podemos depositar a responsabilidade em só um agente, todos devemos trabalhar juntos".

Fotos: Arquivo Pessoal

Um bom exemplo de força de cidadania iniciou numa conversa com Gabeira, a qual tinha como foco o tema mobilização. Ele mostrou ao grupo a força da internet, explicou o que é mobilizar e saber se mobilizar. Marcio diz "Aquilo ficou na minha cabeça por um bom tempo, e depois do acidente da TAM, estávamos todos tão revoltados, que resolvi arriscar colocar em prática". Foi então atrás de Sergio Morisson, que logo topou (criador da campanha "Rir Para Não Chorar"). Em uma semana com dedicação quase de 24 horas por dia, considerando-se serem apenas DUAS pessoas, levaram 10.000 cidadões às ruas.

De que forma? Usando o poder da internet, buscando adesão de pessoas influentes, ampliando para rádio, e criando uma rede de pessoas interessadas em ver mudanças. De repente viram chamada na Globo por Ana Maria Braga, tiveram presenças ilustres como a de Seu Jorge, e mesmo sabendo do período de sensibilização, aconteceu de forma melhor do que o esperado. E assim nossos ativistas descobriram o que é organizar de maneira séria e reponsável uma mobilização, envolvendo CET, ambulâncias, e buscando todas as devidas autorizações.

"O maior agente de transformação da sociedade é o governo, portanto não há como não falar em política pública. Sem estarmos aliados a eles, de repente até podemos ajudar 100 crianças, mas se com eles, essas 100 podem ser 1 milhão de crianças". Essa é a lição mais importante que Marcio Neubauer passa hoje, e afirma não ter interesse nenhum em se candidatar, sua busca é outra: "Não adianta blindar meu carro, se nao posso passear com meu filho numa praça pública. Não adianta fazer algo para si próprio, mas sim para a sociedade. Sendo melhor à comunidade é melhor para nós. Um indivíduo tem a capacidade de transformação, e junto de outros faz uma tremenda diferença. Um ser humano bem intencionado, com foco e vontade, faz acontecer".

Quem é a colunista: Fernanda Suplicy, uma pessoa com paixão por projetos e trabalho social.

O que faz: Além da sua empresa, FSUPLICY, é responsável pelo Gueri-Gueri (maior carnaval de rua de SP), colaboradora da revista Vogue Noivas e editora de imagens do Wedding Guide.

Pecado gastronômico: Bolinho de arroz do Ritz

Melhor lugar do Brasil: Fernando de Noronha


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo