Guia da Semana

Guia da Semana

As férias estão se aproximando e um dos destinos preferidos dos brasileiros é viajar para a Europa. Obviamente, os países mais tradicionais como França, Itália ou Inglaterra sempre estão na rota dos turistas. Porém, uma tendência nos últimos anos é viajar pelo Leste Europeu.

Devido à Guerra Civil Iugoslava, o turismo nesses países foi esquecido, mas agora voltou com força total. A Croácia ganhou destaque e se tornou referência na escolha dos viajantes, e a bela cidade de Hvar se tornou uma das queridinhas do Velho Continente.

O Guia da Semana dá dicas para fazer uma viagem no estilo mochilão e conhecer a riqueza e a cultura desses países. Confira a rota sugerida e o que fazer em cada cidade.

SÉRVIA

Belgrado

Belgrado se reinventou após a separação da Iugoslávia e se tornou um lugar mais jovem e moderno, que apresenta arte e história nas ruas e noites agitadas, em um cenário underground. Durante a manhã, a cidade é tranquila, mas à noite os bares e baladas são os destinos preferidos dos turistas.

Onde ficar: Hostel Bongo – gasto diário de 15 a 20 euros por pessoa (45 a 60 reais).

O que conhecer: Kalemegdan, a forteleza de Belgrado; O templo de São Sava e a Catedral São Marcos.

Bares e baladas: Akademija e KST, além dos bares que ficam nos rios Sava e Danúbio.

BÓSNIA E HERZEGOVINA

Sarajevo

A capital da Bósnia é um dos lugares que mais expõe as batalhas da guerra, mas também foi redescoberta para o turismo. A cidade conta com diversas belezas naturais e lugares históricos, que atraem pessoas interessadas em saber mais sobre o passado sangrento do local.

Onde ficar: Balkan Han Hostel – gasto diário de 10 a 13 euros por pessoa (30 a 40 reais)

O que conhecer: Túnel de Guerra, Museu da História de Sarajevo e a ponte Mostar.

Bares e baladas: Tito, localizado atrás do museu da cidade.

CROÁCIA

Dubrovnik

Hvar

O país é o queridinho da região pelas mais de 1200 belíssimas ilhas que possui. O país é considerado jovem e animado e o forte verão atrai turistas de todo mundo. O Brasil é o 5º país que mais leva pessoas para a Croácia. Hvar é um dos destinos preferidos dos jovens e amantes de um cenário agitado, com baladas e festas incríveis. Já a cidade de Dubrovnik é uma viagem ao passado, uma cidade quase medieval, com grande influência da Idade Média, mas belíssimos pontos turísticos.

Dubrovnik

Onde ficar: Hostel Villa Angelina Old Town – gasto diário de 50 a 55 euros por pessoa (150 a 165 reais).

O que conhecer: Centro histórico; Fonte de Onofrio; Muralha de Dubrovnik; Teleférico da cidade.

Hvar

Onde ficar: A hospedagem de hostel em Hvar tem preços acima da média, uma boa saída é alugar casas ou apartamentos via o AIRBNB, gasto médio de 30 a 35 euros (90 a 105 reais).

Bares e baladas: Hula Hula Bar; Kiva Bar; Veneranda Club e Carpe Diem.

ESLOVÊNIA

Ljubljana

Localizada entre os Alpes e o Mar Adriático, o local exibe uma mescla de culturas. A capital eslovena é um lugar pacato com diversidades culturais. O rio separa a cidade em duas partes: a parte antiga e a parte comercial.

Onde ficar: Zeppelin Hostel, gasto diário de 15 a 20 euros por pessoa (30 a 40 reais).

O que conhecer: Praça Preseren, o Castelo da cidade e os restaurantes e cafés que ficam na área comercial.

Bares e baladas: Metelkova Mesto.

HUNGRIA

Budapeste

A capital húngara é uma das maiores cidades da União Europeia. Como a cidade é muito grande, é difícil escolher os passeios que deve fazer. A cidade é muito intelectual e a culinária bastante requintada com pratos com muitos temperos.

Onde ficar: Wombats Hostel, gasto diário de 15 a 18 euros por pessoa (30 a 36 reais).

O que conhecer: Basílica de Santo Estevão, Estátua da Liberdade, Museu de Belas Artes, Museu Etnográfico, Termas Gellért e Rua Váci.

Bares e baladas: Kolour, Szimpla Kert, Hello Baby Bar e Ötkert.

POLÔNIA

Cracóvia

A cidade milenar da Polônia ainda encanta os turistas do mundo inteiro. Charmosa e moderna, é acessível aos turistas, oferece bons restaurantes e ótimos passeios culturais. A cidade é tranquila para fazer muitas coisas a pé, mas o transporte público também é recomendável.

Onde ficar: One World Hostel, gasto diário de 10 euros (média de 30 reais).

O que conhecer: Centro Histórico da Cracóvia (tombado pela UNESCO), Praça do Mercado e Castelo Wawel.

Bares e baladas: Wodka Bar e Krawl Through Krakow.

REPÚBLICA TCHECA

Praga

Famosa por suas construções em diferentes estilos arquitetônicos, a capital mais visitada do leste europeu oferece uma vasta opção para os amantes de arte, cultura e gastronomia. Praga mistura modernidade com antiguidade e torna-se um cenário incrível para qualquer atividade.

Onde ficar: Hostel Prague Tyn, gasto diário de 20 a 25 euros por pessoa (60 a 75 reais).

O que conhecer: Ponte Carlos, Praça da Cidade Velha, Castelo de Praga e Catedral de São Vito.

Bares e baladas: Karlovy Làzne, Chapeau Rouge, Venue Music Club, The Pub e Cross Club.

Por Guilherme Schiff

Atualizado em 29 Mai 2015.