Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Cuidados com os pés

Antes de cair na folia, saiba como preparar os pés para aguentar a maratona e não ficar mancando na avenida.

Eles são os responsáveis pelos passos bem definidos do samba e por sustentar passistas, rainhas e destaques das escolas na avenida. Mas não há pés que resistam ao ritmo frenético dos ensaios, ao peso das fantasias e aos intermináveis desfiles. O resultado? Calos, frieiras, bolhas, vermelhidões, ferimentos e sensação de cansaço.

Mas o que parece consequência natural dos dias de folia pode e deve ser evitado - ou, pelo menos, amenizado. Para isso, bastam alguns cuidados simples, que devem começar antes dos dias de farra.

Antes de tudo, dê um pouco de atenção e tempo àqueles que te aguentam o dia inteiro - no carnaval e o ano todo. "Talvez a dica mais simples e eficiente seja escolher um calçado confortável, pois sapatos apertados podem causar ferimentos e unhas encravadas", orienta Alessandro Guerra, coordenador técnico da rede Doctor Feet.

Outra recomendação do especialista é não retirar totalmente as cutículas nem lixar as solas dos pés em excesso, já que essas são proteções naturais que impedem a entrada de microoganismos no corpo e a formação de calos e bolhas. "O truque, quanto à estética, é empurrar as cutículas, retirar a pele morta, lixar e hidratar", reforça Luiz Pedreira, podoterapeuta e idealizador da rede Spé, O Spa do Pé.


Fotos: Getty Images

 
Ao contrário do que muita gente pensa, partir para a folia sem sapatos ou com rasteirinhas não ajuda em nada no conforto e na segurança dos pés. "Os sapatos devem ser fechados para proteger de materiais que possam machucá-los, como cacos de vidro e pedras; e baixos, para evitar torções e quedas", completa Alessandro.

As unhas também necessitam de cuidados e de atenção. Nada de deixá-las sujas, compridas ou tortas. "O ideal é cortá-las sempre acompanhando o formato dos dedos e evitar arredondar os cantos, pois isso facilita o encravamento. Também devem ser evitados calçados de bico fino e apertados, que comprimem os dedos", ressalta Luiz.


Depois do pula-pula



Após horas e horas de muita música, dança, desfiles, micaretas e trios elétricos, é chegada a hora de tirar os sapatos e conferir a situação dos pés - ou o estrago feito neles.

Caso estejam com ferimentos, bolhas e calos, nada de cutucar com as unhas ou com objetos pontiagudos. "Os calos são uma resposta do organismo às agressões, e o ideal é mudar para calçados adequados. Se não for possível, há os protetores de silicone. Em casos graves, é recomendado procurar um podólogo formado", afirma o especialista do Spé, O Spa do Pé.

Para dar descanso a quem tanto saltitou e melhorar a circulação sanguínea, os melhores cuidados são massagens e escalda-pés, este último contraindicado para pessoas com diabetes por causa da redução da sensibilidade nas extremidades inferiores.

"O ideal é fazer uma hidratação seguida de massagem nas pernas e nos pés e, depois, colocar os pés para cima por pelo menos 15 minutos. No escalda-pés, a água morna pode ser acrescida de duas ou três gotas de óleo essencial de melaleuca, que tem ação antifúngica, ou óleo essencial de lavanda, que é relaxante. Outra opção é colocar na água um punhado de sal, que ajuda na circulação", recomenda Mônica Rodrigues, coordenadora de Podologia da Doctor Feet.

E os cuidados com os pés devem continuar mesmo após a quarta-feira de cinzas. Confira 21 dicas de especialistas para garantir conforto e saúde o ano inteiro.



Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo