Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Dois lados e uma história

Dividida pelo Estreito de Bósforo, a maior cidade da Turquia, Istambul, revela diferentes culturas e os mais diversos pontos turísticos.

Foto: Wikipedia.org

Basílica de Santa Sofia

Uma cidade localizada em dois continentes, Europa e Ásia, dividida pelo Estreito de Bósforo. Além dessa divisão, também revela muita história, cultura e religião. Istambul, que também já foi chamada de Bizância e Constantinopla, é uma cidade que marca um fato histórico, pois, quando chamada Constantinopla, foi invadida pelos turcos, o que marcou o início da Idade Moderna.

Hoje é uma região de contrastes, com inúmeras mesquitas, e também marcada por uma sociedade machista, com mulheres e seus corpos cobertos por véus que convivem ao lado de pessoas que usam roupas típicas do ocidente. Com essa mistura de culturas, história e religião, a cidade é um ótimo destino para os que desejam procurar por lugares diferentes e esse em questão, divide ocidente e oriente. O Guia da Semana listou algumas dicas de mesquitas, palácios e outros pontos turísticos dessa cidade histórica.

Foto: Getty Images


Lado Europeu

Do lado europeu, Istambul possui quatro regiões que estão no roteiro de qualquer pacote de viagem ou na lista de locais a serem visitados por turistas que fazem seus próprios roteiros: Beyoglu, onde fica Taksim Square, cheio de praças e hotéis; a Região do Palácio do Sultão, o Bairro dos Bazares, onde localiza-se o maior bazar da cidade e a Sultanhamet, onde estão a basílica Santa Sofia e a Mesquita Azul.

A Basílica de Santa Sofia é uma das maiores construções de todos os tempos. Hoje é um museu, mas foi inaugurada como igreja católica em 537 d.C. Após a tomada de Bizâncio pelos turcos Otomanos, foi transformada em uma mesquita, com a construção de quatro minaretes (quanto maior o número de minaretes, maior a importância da mesquita).


Os religiosos faziam suas orações, cinco vezes por dia, no topo destes minaretes. Porém, hoje, as orações continuam, mas são ouvidas por toda a cidade, transmitidas por alto-falantes. Cerca de 98% da população turca é islâmica.

Já a Mesquita Azul, localizada em frente à Basílica de Santa Sofia, é a única em Istambul que possui seis minaretes. Considerada a principal mesquita da cidade, também é chamada de Mesquita de Sultão Ahmet, e foi construída pelo chefe dos arquitetos imperiais da corte turca, Sinán, que, durante 50 anos, serviu às ordens de três sultões.

Lembrando um cenário de filme árabe e parecendo um labirinto, o Grande Bazar existe há séculos, sendo o mais tradicional em Istambul. Lá encontram-se desde tapetes, jóias de ouro ou prata, até artesanato, alimentos típicos, temperos, perfumes, roupas, cerâmicas, narguilés.

Foto: Wikipedia.org

Mesquita Azul

Lado Asiático

Se quiser conhecer o lado oriental de Istambul é só pegar uma balsa ou barcos que saem dos portos de Kabatas ou Eminonu e atravessar o Estreito de Bósforo. Nesse lado fica Uskudar, considerado o principal bairro asiático de Istambul . Lá também encontra-se a maior estação de trem da cidade: Haydarpasa.

Outro ponto de destaque do lado asiático de Istambul é a Torre de Leander, também chamada de Kiz Kulesi (que significa Torre da Moça), situada em uma ilhota próxima à encosta do bairro Uskudar. O edifício, datado do século XVIII, funciona como farol, alfândega e também como casa para oficiais aposentados.

A Mesquita do Semsi Pasa também está do lado oriental. Construída durante o século XVI, o projeto também foi criado pelo arquiteto Sinán, sendo um de suas menores realizações arquitetônicas. Outra dica é o Palácio de Kucuksu construído pelo Sultão Mahmut II, em 1751, todo em madeira. O nome Kucuksu significa "água pequena" e foi dado ao palácio por possuir um pequeno rio perto dele. A fachada é toda decorada no estilo barroco e seu interior possui lareiras, espelhos e lustres.

Curiosidades

- Os turistas que permanecerão apenas 90 dias não precisam de visto para entrar na cidade.

- As melhores épocas para conhecer Istambul são entre abril e maio, setembro e outrubo.

- Durante a primavera, Istambul fica recoberta de tulipas. São cerca de três milhões plantadas em suas praças, parques e canteiros.

- Sempre que for caminhar pela cidade, recomenda-se levar um mapa, pois o lado mais antigo da cidade é parecido com um labirinto, cheio de estreitas ruas e calçadas que, às vezes, é preciso disputar o mesmo espaço com os carros.

- Uma das mais antigas tradições do país é o banho turco, chamado Hamam. É uma sauna a vapor e massagens que, apesar dos massagistas torcer os músculos dos clientes, ninguém sai de lá reclamando.


Quem leva:

Mundo Viagens 
Contato: (11) 3555-8999
Pacote: 11 dias - 1.279,00 euros (vendas somente a partir de março).


Bon Voyage 
Contato:
(11) 3258 6522       
Pacotes: A partir de US$ 860,00 (com parte aérea inclusa); A partir de US$ 892,00 (somente parte terrestre).


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo