Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Dubai, o destino do momento

Foto: www.sxc.hu

Com expectativa, embarquei com destino a Dubai e Oman, mas com propósito realmente de conhecer Dubai, que por conta da grande divulgação atrai tantas pessoas e já se tornou um sonho de consumo. E Oman era um mistério, pois não se tem muita informação sobre o local.

Primeiramente fui a Sultanato de Oman, um lugar ainda pouco explorado pelos turistas brasileiros, mas amplamente visitado pelos Ingleses e alemães. O desembarque foi inesquecível: às quatro horas da manhã meus óculos embaçaram, tamanho era o calor de 30 graus.

Muscat, a capital, foi uma surpresa. É uma cidade onde as tradições árabes e muçulmanas estão fortemente enraizadas e a maioria das mulheres usam a Abaya ou burca e os homens, Dishidesh (roupa típica árabe) e o Tarboush (chapéu árabe), além do turbante. Mas também é uma cidade bastante moderna, limpa e segura. O atual sultão Qaboos ibn Sa´id Al ´Bu Sa´id (desde 23 de Julho de 1970. A dinastia Al Sa´id governa Oman há mais de 250 anos) vem implementando e modernizando o país de uma forma bastante significativa. Há o incentivo ao turismo e a prioridade para a educação, bem como a manutenção da cultura e tradições árabes.

Considerada a maior cidade, Muscat, ou Mascate, tem mais de 800 mil habitantes e esteve sob o domínio português de 1507 a 1650. Hoje é uma cidade com inúmeros resorts, hotéis e shopping centers. Como Oman não cobra impostos, os preços são muito convidativos e difíceis de resistir. Os passeios são imperdíveis, como: safári no deserto em veículo 4x4, visita ao Oasis Wadi Bani Khalid e depois deslizar como em uma montanha russa nas areias avermelhadas de Wahiba Sands, aproveitando para tomar uma chá e, se quiser, fumar em um arguile (ou shisha) com os beduínos em suas típicas tendas, que remontam há mais de 7 mil anos de tradição.

Também é muito interessante uma visita ao mercado historic souk, à grande mesquita Sultan Qaboos Grand Mosque ou simplesmente conversar com seus habitantes para entender a cultura árabe e mulçumana.

Agora, se o turista estiver interessado no prédio mais alto, no maior aeroporto, porto ou parque temático (ainda em construção) do mundo, é só visitar Dubai. Lá é um verdadeiro canteiro de obras, com mais de mil acontecendo simultaneamente. Entre elas Dubayland, um parque temático que será oito vezes maior do que a Disneyland, em Orlando, Estados Unidos; o maior prédio, o Burj Dubai (Burj = Torre), que terá entre 700 e 800 metros de altura, com término de construção previsto para 2009 e custo estimado em US$ 8 bilhões. O interior será decorado por Giorgio Armani, que terá o Hotel Armani (o primeiro deste tipo) e ocupará os primeiros 37 andares. Do 45º ao 108º andar haverá cerca de 700 apartamentos que, segundo os responsáveis, foram vendidos em oito horas.

Após visitar vários hotéis, com os mais diferentes estilos, falar com os brasileiros e estrangeiros residentes em Dubai, que hoje representam a maioria (cerca de 82% da população), chego a seguinte conclusão: todos os que estão em Dubai chegaram com muita esperança e perspectiva de construir uma cidade diferente, que possa servir de modelo e, acima de tudo, com garra e vontade.

As construções não param e até quem mora lá se surpreende a cada dia com mais um prédio crescendo em todas as esquinas, além de um metrô de 45 quilômetros. A previsão fornecida pelos habitantes locais é que Dubai estará completamente pronta em 2020 e, por isso, hoje, muitos estrangeiros vêem a capital como uma oportunidade de fazer sua vida profissional e material, inclusive, os brasileiros, que podem ser encontrados nas mais diversas áreas, até como dançarina da dança do ventre, assistentes nos hotéis, garçons, empresários, entre outras ocupações.

Não é tão difícil entender porque Dubai está atraindo tantos turistas. É tudo muito ostentoso e exuberante. Vale a pena conhecer este modelo de modernidade.



Quem é o colunista: Roberto Haro Nedelciu, 47 anos, engenheiro, diretor da Raidho
O que faz: Empresário, largou a engenharia para se dedicar a sua empresa, pois adora o tipo de negócio e também viajar descobrindo novos lugares e opções.
Pecado gastronômico: Algumas comidas Asiáticas, principalmente a Tailandesa e chocolate.
Melhor lugar do Brasil: Fortaleza
Melhores lugar no Mundo: Escócia e Egito
Fale com ele: [email protected]



Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo