Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Explorando Alto Caparaó

Com pouco mais de cinco mil habitantes, região concentra a cadeia de montanhas mais altas do Brasil, com picos de até 2.890 metros.

Antes que o frio acabe, que tal resgatar a velha barraca do guarda-roupa, colocá-la no porta-malas do carro e seguir para um acampamento em meio às montanhas? Temperaturas amenas, ar puro, natureza preservada, ecoturismo, passeios de aventura e, para os mais corajosos, banhos em cachoeiras refrescantes e com águas nada mornas nessa época do ano são alguns dos atrativos de Alto Caparaó , região serrana de Minas Gerais.

Se o roteiro agradou, é só reunir a turma e botar o pé na estrada. São 330 quilômetros pela BR-262, sentido Vitória. As cerca de três horas de viagem são compensadoras: a região da Serra do Caparaó possui a cadeia de montanhas mais alta do país, com o famoso Pico da Bandeira, com 2.892 metros de altitude, a terceira montanha mais alta do Brasil, e os picos Do Cristal (2776 metros) e Do Calçado (2766 metros). Aqui, a natureza é praticamente intocada, protegida pelo Parque Nacional do Caparaó.

Com pouco mais de cinco mil habitantes, a cidade atrai os turistas pelas belas paisagens e pela tranquilidade e hospitalidade típicas do interior mineiro. Pelas ruas da cidade ainda é possível ver reuniões de jovens na praça, após as missas. O nome do município tem origem indígena e significa "águas que rolam das pedras", sentido fácil de entender ao se conhecer as cachoeiras do local, como a Das Andorinhas e a Bonita. Para quem prefere mais conforto ao camping no Parque Nacional, a cidade oferece ótimas opções de hospedagem próximas ao centro e ao parque.

Parque Nacional

O Parque Nacional Caparaó é o principal atrativo turístico da cidade. Coberto por mata atlântica possui cachoeiras, piscinas naturais e picos, além de muitos animais e rica vegetação. A flora é composta, basicamente, por jequitibás, palmeiras, ipês, bromélias, orquídeas e angicos. Já a fauna conta com gambás, cuícas, pacas, tapetis, caxinguelês, guaxinins, cachorros-do-mato, gaviões, beija-flores e tico-ticos. Durante o inverno, as áreas mais altas podem chegar a temperaturas próximas a 4 graus negativos e os cumes das montanhas podem ficar cobertos por gelo, um retoque a mais na paisagem.

No parque, os turistas contam com apoio técnico para a escalada ao Pico da Bandeira e para os passeios. Estão disponíveis jipes, charretes, cavalos e animais de carga para o transporte, mas quem vai de carro tem o conforto, a segurança e a vantagem de poder fazer seu próprio roteiro e horário. Também vale a pena dar uma esticada às cidades vizinhas ao parque e conhecer a Cachoeira das Andorinhas e a do Egito, a 14 quilômetros de Caparaó, e a Cachoeira do Escorrega, a 25 km. Para aproveitar melhor o passeio, a dica é colocar no porta-malas repelente, protetor solar, toalhas, roupas secas, agasalhos, lanternas, bonés e tênis, além de garrafas de água e lanches.

Como Chegar: A partir de Belo Horizonte, BR-262.


Foto:
Divulgação/ Secretaria de Turismo de Alto Caparaó

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens