Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Explorando Alto Caparaó

Com pouco mais de cinco mil habitantes, região concentra a cadeia de montanhas mais altas do Brasil, com picos de até 2.890 metros.

Antes que o frio acabe, que tal resgatar a velha barraca do guarda-roupa, colocá-la no porta-malas do carro e seguir para um acampamento em meio às montanhas? Temperaturas amenas, ar puro, natureza preservada, ecoturismo, passeios de aventura e, para os mais corajosos, banhos em cachoeiras refrescantes e com águas nada mornas nessa época do ano são alguns dos atrativos de Alto Caparaó , região serrana de Minas Gerais.

Se o roteiro agradou, é só reunir a turma e botar o pé na estrada. São 330 quilômetros pela BR-262, sentido Vitória. As cerca de três horas de viagem são compensadoras: a região da Serra do Caparaó possui a cadeia de montanhas mais alta do país, com o famoso Pico da Bandeira, com 2.892 metros de altitude, a terceira montanha mais alta do Brasil, e os picos Do Cristal (2776 metros) e Do Calçado (2766 metros). Aqui, a natureza é praticamente intocada, protegida pelo Parque Nacional do Caparaó.

Com pouco mais de cinco mil habitantes, a cidade atrai os turistas pelas belas paisagens e pela tranquilidade e hospitalidade típicas do interior mineiro. Pelas ruas da cidade ainda é possível ver reuniões de jovens na praça, após as missas. O nome do município tem origem indígena e significa "águas que rolam das pedras", sentido fácil de entender ao se conhecer as cachoeiras do local, como a Das Andorinhas e a Bonita. Para quem prefere mais conforto ao camping no Parque Nacional, a cidade oferece ótimas opções de hospedagem próximas ao centro e ao parque.

Parque Nacional

O Parque Nacional Caparaó é o principal atrativo turístico da cidade. Coberto por mata atlântica possui cachoeiras, piscinas naturais e picos, além de muitos animais e rica vegetação. A flora é composta, basicamente, por jequitibás, palmeiras, ipês, bromélias, orquídeas e angicos. Já a fauna conta com gambás, cuícas, pacas, tapetis, caxinguelês, guaxinins, cachorros-do-mato, gaviões, beija-flores e tico-ticos. Durante o inverno, as áreas mais altas podem chegar a temperaturas próximas a 4 graus negativos e os cumes das montanhas podem ficar cobertos por gelo, um retoque a mais na paisagem.

No parque, os turistas contam com apoio técnico para a escalada ao Pico da Bandeira e para os passeios. Estão disponíveis jipes, charretes, cavalos e animais de carga para o transporte, mas quem vai de carro tem o conforto, a segurança e a vantagem de poder fazer seu próprio roteiro e horário. Também vale a pena dar uma esticada às cidades vizinhas ao parque e conhecer a Cachoeira das Andorinhas e a do Egito, a 14 quilômetros de Caparaó, e a Cachoeira do Escorrega, a 25 km. Para aproveitar melhor o passeio, a dica é colocar no porta-malas repelente, protetor solar, toalhas, roupas secas, agasalhos, lanternas, bonés e tênis, além de garrafas de água e lanches.

Como Chegar: A partir de Belo Horizonte, BR-262.


Foto:
Divulgação/ Secretaria de Turismo de Alto Caparaó

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo