Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Febre Amarela

Os riscos de se pegar a doença que está na boca do povo.

Foto: David de Lossy/Photodisc

Você está com medo de pegar febre amarela e saiu correndo para um posto de saúde para tomar sua vacina? Se os nove casos de morte confirmados noticiados na imprensa neste ano (até 23/1) lhe impressionaram muito, acalme-se. Principalmente para os moradores de área urbana, a chance é mínima de contrair a doença. O Guia da Semana preparou um roteiro de para quais locais você deve tomar a vacina se for viajar.

Se você mora ou vai viajar para regiões de matas e rios de qualquer estado do Norte ou Centro-Oeste do Brasil, Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia, Minas Gerais, oeste de São Paulo, norte do Espírito Santo, além de oeste dos estados de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, deve tomar a vacina dez dias antes de ir ao local, caso não tenha tomado nos últimos dez anos.

Foto: Keith Brofsky/Photodisc
Na América, há risco de pegar febre amarela em Colômbia, Venezuela, Panamá, Trinidad e Tobago, Guiana, Guiana Francesa, Suriname e partes de Equador, Peru e Bolívia. Grande parte da África também tem focos: Angola, Benin, Burkina Faso, Burundi, Camarões, Chade, Congo, Costa do Marfim, Djibouti, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria, Quênia, República Democrática do Congo, República Centro-Africana, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Somália, Sudão, Tanzânia, Togo, Uganda e Zâmbia. Para estes locais, a Organização Mundial da Saúde exige a vacina.

A doença

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus chamado flavivírus. Pode ser adquirida tanto na área rural como na urbana. Na rural, a transmissão é realizada pelo mosquito Haemagogus, que pica macacos e também homens. Na área urbana, o transmissor é o Aedes aegypty (mosquito da dengue), mas este só fica infectado se picar uma pessoa contaminada. Portanto, não existe risco de contágio direto de uma pessoa para outra.

Foto: Photodisc
No Brasil, não há um caso urbano de febre amarela desde 1942. Os sintomas aparecem de três a seis dias após a picada. A pessoa sente febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo (principalmente abdominal), icterícia e hemorragias de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina. Por causa da icterícia, em que aparecem manchas amarelas na pele e nos olhos, é chamada de febre amarela. Porém, em casos leves, nem chegam a se formar manchas.

A doença tem curta duração, são no máximo duas semanas, e não existe um tratamento específico. O paciente deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e perdas sanguíneas quando necessário. Os casos graves devem ser atendidos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva), de modo que as complicações sejam controladas e o perigo da morte, eliminado. Nos últimos dez anos, a letalidade foi de 46% no Brasil.

Vacina

A vacina contra febre amarela é contra-indicada a gestantes, pessoas com o sistema imunológico debilitado (por exemplo, em tratamentos de câncer, portadores de HIV em que estejam com imunosupressão) e pessoas alérgicas a gema de ovo. Caso estas pessoas não tenham como evitar a permanência em áreas silvestres, devem procurar orientação médica e reforçar o uso de repelentes.

Seis meses é a idade mínima para se tomar a vacina, mas pede-se que se o bebê não morar em áreas silvestres, que seja somente a partir de um ano de idade. Qualquer pessoa pode ter reações no local da injeção, com febre e mal estar, mas esses efeitos são raros.

Como se vacinar

A vacinação normalmente é feita em postos da Anvisa localizados principalmente em portos e aeroportos, além de muitos postos de saúde das cidades com risco maior. Não se esqueça de tomar dez dias antes de viajar, pois o efeito não começa antes disso. Tomar a injeção antes de completar dez anos da vacina anterior pode acarretar em sérias complicações, como febre, dor de cabeça, vômito, enrijecimento dos músculos e até mesmo problemas neurológicos.

Veja aqui todos os postos de vacinação contra febre amarela divulgados pela Anvisa.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

8 pirâmides surreais para conhecer ao redor do mundo

Viagens

Road Trip: 9 paradas obrigatórias em uma viagem pela Califórnia

Viagens

Conheça Barbados, incrível país no Mar do Caribe

Viagens

Conheça Chianti, região com cidades medievais na Itália

Viagens

10 lugares na Europa perfeitos para viajar com amigos

Viagens

7 lugares fascinantes para conhecer em Honduras

Viagens