Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Fórmula 1 dos Ares

Nova modalidade esportiva nos ares chega ao Brasil.

Etapa Budapeste na competição de 2006

Já imaginou olhar pela janela e avistar um superavião voando rasante? No próximo dia 21 de abril, a Enseada de Botafogo, na Baía de Guanabara, recebe um esporte aéreo inédito na América Latina, a Fórmula 1 dos Ares, evento patrocinado pela Red Bull. A corrida de aviões é uma disputa contra o cronômetro entre 13 aeronaves. Além do Brasil, esta edição 2007 passa por outros 11 países. Apesar da modalidade ser nova, tem ganhado cada vez mais admiradores. Só para se ter uma idéia, cerca de seis milhões de pessoas prestigiaram o campeonato no ano passado.

Etapa Istambul na competição 2006

? No Rio de Janeiro

Os cariocas têm uma prévia com os treinos que antecedem o grande dia. Na quarta (18) e quinta (19) os pilotos testam suas aeronaves e o percurso no treino livre. Na sexta acontece o treino classificatório das 14h30 às 16h. A prova oficial, no sábado, começa às 13h. Os aviões partem do Aeroporto Santos Dummont direto para a Baía de Guanabara. Não haverá conflito com o tráfego regular, pois a decolagem será feita da pista auxiliar. O Aterro ficará interditado para os carros das 10h às 22h. Após a performance dos pilotos, haverá a classificação e premiação no podium montado na praia. O evento gratuito será transmitido para 80 países.

? Detalhes da competição

O evento estreou em 2003 com apenas duas corridas, uma na Áustria e outra na Hungria. No ano seguinte, mais uma etapa foi adicionada e outros países se interessaram. Em 2005 foi realizado o primeiro circuito mundial de corrida aérea efetivo, sete cidades receberam as aeronaves. No ano passado foram oito países e agora, em 2007, o número aumentou para 11 paradas ao redor do mundo.

Etapa Abu Dhabi na competição 2006

Cada etapa tem um circuito de aproximadamente 1,4 km de extensão, demarcado por torres infláveis, os chamados Air Gates. O posicionamento deles determina o percurso da prova e suas cores, a manobra do avião. Os Air Gates em paralelo e azuis indicam que o avião deve passar na posição horizontal, já nos vermelhos é na vertical. Quando as torres estão enfileiradas, o piloto deve fazer ziguezague entre elas. O vencedor é aquele que completar o circuito em menos tempo.

? As Aeronaves

Etapa São Francisco na competição 2006

As aeronaves da competição são as Edge, Extra e MX2. Pela exigência de manobras e o objetivo da prova, realizar o percurso em menor tempo possível, elas chegam a 400 km/h, pesando aproximadamente 500 kg. O peso, combinado a um sistema de direção necessariamente eficiente, resulta em uma agilidade que as aeronaves normais nem sonham em atingir.

? Os Pilotos

A grande experiência dos pilotos é primordial. O competidor deve ter conquistas em competições aéreas internacionais, milhares de horas de vôo e possuir uma aeronave adequada para a competição, respeitando todas as exigências e pré-requisitos. Conheça os pilotos desta edição:


Alejandro Maclean
O espanhol é pai de dois filhos e proprietário de uma produtora de filmes.
(EDGE 540)



Frank Versteegh
O holandês, com dois metros de altura, já foi proprietário de uma escola de dança.
(EDGE 540)



Hannes Arch
O austríaco participa pela primeira vez de um Red Bull Air Race.
(EDGE 540)



Kirby Chambliss
O americano e a esposa são pilotos e têm uma pista de pouso no jardim da casa.
(EDGE 540)



Klaus Schrodt
O alemão, de 60 anos, trabalhou na África transportando suprimentos e pára-quedistas.
(EXTRA 300S)


Michael Goulian
O americano cresceu dentro de uma escola de avião, cujos pais eram donos. O hangar era seu parque de diversão.
(EDGE 540)


Mike Mangold
O americano pilota desde os 15 anos e se formou com excelência na Força Aérea Americana.
(EDGE 540)


Nicolas Ivanoff
O franco-russo, de 39 anos, tomou gosto pelas acrobacias ensinando um aluno a pilotar.
(EXTRA 300S)


Nigel Lamb
Vindo do Zimbábue, aos 11 anos escreveu uma carta para a Força Aérea dizendo que queria se alistar.
(MX2)


Paul Bonhomme
A aviação está no sangue do inglês. Sua mãe é comissária de bordo, o irmão é piloto comercial e o pai é da Força Aérea.
(EDGE 540)


Peter Besenyei
O húngaro voa desde os 15 anos, reúne 21 títulos e foi bicampeão do Red Bull no ano passado.
(EDGE 540)


Steve Jones
O inglês tem melhorado suas aeronaves ano a ano. Nesta edição, ele aposta na vitória.
(EDGE 540)


Sergey Rakhmanin
O russo fez seu primeiro vôo solo em 1980, tornando-se um dos instrutores mais conhecidos de sua geração.
(EDGE 540)


Quem sabe no próximo ano a competição não tenha um piloto brasileiro no time!


Fotos: www.redbullairrace.com
Vídeos: clique aqui.

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo