Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Gula nas alturas

Sofisticação e variedades são as novas marcas das comidas servidas nos aviões. Confira os cardápios das principais companhias aéreas e desfrute seu voo por completo.

Foto: Getty Images

Cada vez mais as companhias aéreas vêm investindo na melhoria do serviço de bordo, aumentando a qualidade e oferecendo opções

Há companhias aéreas que primam pelo requinte das refeições, com a elaboração de cardápios por chefs de cozinha renomados e com ingredientes especiais. A econômica, executiva e a primeira classe diferem-se mais na quantidade de opções a escolher no menu, mas, no geral, os principais pratos são os mesmos.

Muitas vezes, taxados como insossos ou sem tempero, os alimentos servidos à bordo possuem uma justificativa para isso. A médica nutróloga Liliane Oppermann explica que o menu executado com menos sal é proposital, pois além da possibilidade de se ter passageiros hipertensos, a comida mais salgada ajudaria na retenção de líquidos, que intensifica o inchaço das pernas provocado pelos excessos de horas no avião, principalmente em voos internacionais. Ela ainda sugere que não seja acrescentado sal ou pimenta que, às vezes, ficam disponíveis na bandeja.

O ideal é que as comidas sejam mais leves, livres de gorduras e condimentos fortes. As pessoas, sobretudo as que possuem problemas digestivos, precisam controlar a quantidade de alimentos que ingerem, pois a pressurização do avião e a altitude ajudam a prejudicar a digestão. Isso explica o fato dos pratos servidos serem 30%  menor do que uma refeição normal em terra.

"Costuma-se comer menos quantidade de alimentos, mas em um intervalo de tempo curto. As refeições no avião acabam sendo um atrativo e entretendo os que estão nervosos com o voo", comenta Liliane. As companhias também estão pensando nas pessoas que possuem algumas restrições alimentares, como vegetarianos, judeus, hindus e diabéticos, disponibilizando um cardápio exclusivo.

Para requisitar essa alimentação especial, o passageiro precisa apenas avisar a aviação no momento da reserva das passagens ou até 24 horas antes do embarque. As refeições são sempre feitas por empresas especializadas e suas cozinhas são instaladas no aeroporto. Todos os pratos são levados, em compartimentos e temperatura ideais, para o avião. Eles devem ser esquentados apenas uma vez e o que não for consumido em um dia deve ser descartado, de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

TAM

O mês de janeiro começa bem para os passageiros da companhia, pois há a renovação do cardápio de bordo para destinos internacionais. Em 2009, a elaboração dos pratos ficou por conta da chef paulista Ana Luiza Trajano, que comanda o restaurante Brasil a Gosto. Toda sua experiência foi empregada no cardápio 'Brasil a Bordo', em que a culinária nacional foi levada para dentro das aeronaves da TAM para agradar e divulgar as iguarias brasileiras.

Esse ano é a vez da chef Helena Rizzo, responsável pela cozinha do Maní, de São Paulo, colocar em prática todo seu talento nos pratos de serviço de bordo da TAM. Foram feitos cerca de 500 opções, entre entradas, pratos principais e sobremesas para atender desde a primeira classe até a econômica. A preocupação com o cardápio se estende aos bebês e as crianças, oferecendo comidas especialmente preparadas para eles. Os pais precisam apenas solicitá-las durante as reservas das passagens de voos internacionais.

Curiosidade: Nas rotas para o exterior, os passageiros da TAM podem usufruir dos itens da carta de bebidas, que variam entre uísque, vodca, gin, vinho, licor, suco, café, chocolate quente, entre outros. A carta de vinhos foi elaborada por Artur Azevedo, diretor da Associação Brasileira de Sommeliers. Para a classe econômica, foram escolhidos os vinhos argentinos Grafigna Malbec e o Etchart Torrontés. Na área mais nobre do avião são servidos os tintos franceses L'Etoile de Bergey e Bordeaux.

Site:  www.tam.com.br

American Airlines

Todas as refeições da companhia são elaboradas pelo 'Conclave de Chefs', que reúne nomes consagrados como Stephan Pyles, Dean Fearing e Nancy Brussat. No menu básico de bordo da primeira classe da companhia há opções para o prato principal de Filé ao molho ratatouille servido com couve-flor gratinada e mix de legumes ou Frango tailandês ao curry servido com arroz aromático.

Em voos para a América Latina, os passageiros podem desfrutar do prato de Camarões com alecrim salpicado com molho de alho e servido com arroz indiano e alcachofras ou Frutos do mar com polenta. Com base nos comentários dos clientes, a American Airlines oferece opções de café da manhã com baixo nível de carboidratos, para atender a demanda por mais proteínas. "Principalmente às pessoas com hipoglicemia devem optar por refeições com proteínas ao invés de muita glicose, para não correr o risco de sentir tontura pelo aumento da glicemia", adverte a nutróloga Liliane.

Curiosidade: Um dos diferenciais da Amercan Airlines são as refeições especiais, muito bem elaboradas pelos chefs, destinadas as pessoas com restrições alimentares, dentre os tipos pode-se encontrar: Comida Kosher (judeus), Comida Muçulmana, Refeição Hindu, Dieta livre de Glúten, Comida Vegetariana e para Diabéticos. Para solicitar a refeição especial, ligue para (11) 4502-4000 (São Paulo), (21) 4502-5005 (Rio de Janeiro) e 0300-789-7778 (demais cidades).

Site: http://www.aa.com.br/intl/br/index.jsp?locale=pt_BR

Foto: Divulgação TAM

O prato da TAM é um exemplar do que se serve na primeira classe: Costela de cordeiro ao jus de alecrim, apresentado com caponata de alcachofra e tomate

Emirates

As atrações da viagem já começam durante o voo para os passageiros da Emirates. A empresa está entre as que servem os melhores bufês de bordo. De acordo com a empresa, o compromisso deles não é fornecer apenas a mais fina gastronomia nos céus, mas sim uma experiência digna dos melhores restaurantes.

Na mais chique de todas, a primeira classe, os passageiros vão passar a maior parte da viagem comendo, caso optem por aproveitar todas as ofertas da companhia. Dentre os pratos de alto nível, está o caviar iraniano como aperitivo, filés de peixes marinados e peito de pato caramelizado. Cheesecake de morango é uma das sobremesas. Além, de frutas, chocolates e cafés à vontade.

A executiva não possui menos luxo, sofre apenas uma redução na variedade dos produtos. No café da manhã é servido suco de frutas, iogurte, três opções de pratos quentes, massas, pães e geleias, além de chá e café. Liliane sugere que os passageiros optem por sucos light ou com pouca adição de açúcar, para ser mais saudável para todos.

Uma mostra do menu do setor econômico traz duas opções de aperitivos, uma salada e duas variedades de pratos principais, entre eles o Filé de cordeiro marinado em especiarias árabes, combinado com pimentões variados, grelhado no carvão e servido com molho aromatizado de canela, acompanhado de brócolis, mini-milho assado e arroz cozido no vapor. Duas opções de sobremesa, queijos diversos, bebidas, chocolates e café completam a refeição.

Curiosidade: Em voos longos na executiva, são servidos canapés frios antes do almoço ou jantar. As refeições são complementadas por vinho do porto com cinco tipos de queijos, frutas frescas, chá e café, além de licores e doces.

Site: http://www.emirates.com/br/portuguese/          

 Iberia

A empresa de origem européia também oferece uma boa experiência gastronômica nos ares. O cardápio foi elaborado pelo famoso chef Sergi Arola, que transpôs até mesmo a disposição da comida dos pratos da alta gastronomia para a bandeja de bordo. Um dos destaques na reformulação, feita no serviço de atendimento ao passageiro da Ibéria, é a priorização pelo uso de produtos frescos da época, com uma influência relevante da gastronomia espanhola.

Os alérgicos a amendoins, comuns nos lanches e aperitivos de avião, ganharam mais atenção com a política de alimentos, que não se admite a utilização de nenhum derivado da semente. Nesse caso - ou em outros de alergia a alimentos -, o passageiro deve avisar os serviços da Ibéria para não ser exposto a nada que possa prejudicá-lo.

Há uma nova carta de menu, chamada Fresh&Good, que serve produtos saudáveis como mistura de maçãs, biscoitos AllBran® ou suco de frutas Minute Maid®. Se preferir algo algo que remeta a Espanha, as pessoas podem optar pelo queijo 'manchego', lombo ibérico ou azeitonas típicas da região da Europa.

Curiosidade: O chef Sergi Arola disponibiliza no site da Iberia as receitas do prato do mês servido pela companhia. Em abril, está no ar o Frango cozido com ameixas, damascos e baunilha. Vale a pena conferir!

Site: http://www.iberia.com/br/

Delta

O mais alto nível dos passageiros que ocupam a área Business Elite poderão saborear cinco pratos elaborados pela chef Michelle Bernstein. Antes, durante e após as refeições todos poderão degustar os novos vinhos da seleção feita pela sommelier Andrea Robinson, que reúne as melhores garrafas de vinicultores de todo o mundo. Para finalizar a refeição, os passageiros poderão deliciar-se com uma variedade de queijos de alta qualidade e, como sobremesa, sorvete sundae.

Na maioria dos percursos com seis horas ou mais, é oferecido serviço de refeições de cortesia, ou seja, que já está incluso no preço da passagem. Para os passageiros que optam por uma extravagância, cardápios diferenciados podem ser pedidos e cobrados à parte em qualquer classe. Em viagens mais curtas, o cardápio baseia-se em café, chá, sucos e refrigerantes, acompanhando por biscoitos doce ou salgado.

Curiosidade: A Delta alterna entre dois cardápios de acordo com os meses do ano. A chef Michelle Bernstein elaborou opções de pratos principais que variam entre carnes, massas e frutos do mar.

Site: http://pt.delta.com/delta/enpt/?24;http://www.delta.com/

Foto: Divulgação TAM

Na classe econômica, o menu pode ser o mix de folhas verdes com cenoura e erva-doce, a caçarola de carne ao molho roti acompanhada de purê de batata e legumes sauté e uma Pannacota de erva-cidreira com calda de framboesa, como sobremesa

Air Canada

O menu da classe Executive First é trocado todos os meses, sempre inovando nas receitas da cozinha internacional. São oferecidos aperitivos diversos, três pratos principais -inspirados nas culinárias canadense, asiática e vegetariana- queijos e sobremesas selecionados.

Entre os exemplos de prato principal da cozinha canadense servidos na classe A estão: Filé de carne sauté marinado em xarope de Maple e vinagre balsâmico, Bacalhau preto canadense assado com xarope de Maple cristalizado ou Carneiro assado na panela acompanhado de purê de batata com cebolinha e seleta de vegetais com cherivia frita. 

Já na classe mais econômica, chamada de Hospitality, há três opções de pratos principais, que variam entre a Carne grelhada com vegetais, Salmão com arroz e vagem e grão de bico ou Frango à Putanesca com tomates e molho de olivas e fusilli.

Curiosidade: Voando pelo setor executivo, os passageiros poderão saborear o novo coquetel da Air Canadá, chamado Iceberg de Vodca e também buscar as frutas que quiser, à disposição na frente da geladeira, assim como petiscos.

Site: www.aircanada.com.br

Dica: Os curiosos em saber como é a comida das companhias aéreas podem acessar o site airlinemeals.net. O portal é um empreendimento de um webdesigner holandês, chamado Marco Hart, que o criou para poder avaliar os alimentos servidos nos aviões. A ideia surgiu após retornar de uma viagem à Turquia, em 2001, quando seus pais perguntaram sobre o que foi servido à bordo. A partir de então, ele começou a colecionar fotos das bandejas dos aviões do mundo inteiro e seu site ganhou tanta visibilidade, que Marco passou a atuar como crítico de comida de avião.



Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo