Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Império das Bolachas

Elencamos alguns dos melhores endereços paulistanos quando o assunto é venda de discos de vinil.


Foto: Diego Dacax

Os sebos não são como as demais lojas. Principalmente os especializados em discos de vinil. Aí a história é outra mesmo. Nesses casos, é comum que o estabelecimento seja muito mais que o ganha pão de seus proprietários e funcionários. Boa parte dessas portas foram abertas por conta da afinidade que seus donos têm com o produto que comercializam.

Mais do que uma mera mídia, os discos representam uma forma de escutar música que está mudando, ficando em desuso. Para ouvir um LP, é preciso parar e dedicar um tempo à sua audição. Não basta apertar o play e partir para outros afazeres. Além disso, o vinil traz consigo o conceito de álbum, com uma ordem de canções que tem um porquê de ser, a ficha técnica com as pessoas envolvidas em sua produção, a arte da capa e outras peculiaridades que estão sendo colocadas em cheque com o advento do MP3.

Para os aficionados por vinis e para quem quer conhecer mais de perto essa cultura, o Guia da Semana selecionou alguns dos melhores estabelecimentos dedicados aos LPs em São Paulo e em algumas outras capitais.

Big Papa

Foto: Diego Dacax

Localizado na Galeria Nova Barão, no centro da capital paulista, o Big Papa Records é uma das melhores opções para quem está em busca de discos de jazz. Principalmente quando se trata das vertentes mais experimentais do gênero. O cubano Carlos Suarez, que ao lado de sua esposa, a brasileira Kátia Pimentel, é proprietário do estabelecimento, prefere que seu espaço seja chamado de loja, e não de sebo. Isso por conta do estado dos LPs que são vendidos por lá e da seletividade em relação aos gêneros musicais com que trabalha.

Além disso, eles, de certa forma, são mais que uma loja de discos. O casal participa ativamente da vida cultural da cidade. No último domingo de cada mês, eles realizam uma feira de LPs agregando diversos vendedores e artistas que se apresentam e expõem os seus trabalhos. No Big Papa, também são vendidas obras de artistas locais. "É uma forma de incentivar o pessoal que produz", afirma Suarez. Nesta lista, figuram nomes como m.Takara e Kiko Dinucci, dois expoentes da safra musical paulistana.

Endereço: Galeria Nova Barão, loja 30 - Rua Sete de Abril, 154.
Telefone: (11) 3237-0176.
Site: www.bigpaparecords.com

Baratos Afins

Foto: Diego Dacax

Na ativa desde 1978, a Baratos Afins é um dos pontos de encontro dos colecionadores de vinil da capital paulista. Situada na Galeria do Rock, a loja conta com um acervo diversificado, que oferece tanto discos usados quanto LPs novos que vêm dos Estados Unidos e da Europa. Por lá, é possível encontrar desde o raro Estudando o Samba, de Tom Zé, até o último álbum do Radiohead, In Rainbows. Tudo em vinil.

Fundada por Luiz Calanca, colecionador de discos e amante da música, a Baratos Afins também é um selo, que desde 1981 lança nomes de peso da cena local. Entre os artistas que já passaram pela casa, gente como Rita Lee, Arnaldo Baptista, Bocato e Tom Zé, e grupos como Akira S e Fellini, que marcaram o pós-punk paulistano e figuraram em uma coletânea lançada na Inglaterra em meados dos anos 2000.

Endereço: Galeria do Rock, loja 316 - Avenida São João, 439.
Telefone: (11) 3223-3629.
Site: www.baratosafins.com.br

Disco 7

Foto: Diego Dacax

Especializada em discos de black music nacional e internacional, a Disco 7 está há nove anos no mercado. Em seu acervo, podem ser encontrados desde discos de Erasmo Carlos a clássicos de John Coltrane. Mas o mais buscado mesmo é Tim Maia - ícone da black music brasileira. Frequentada por DJs e aficionados pelas bolachas, a loja é de Carlos Galdy Silveira, que a segmentou de acordo com seu gosto pessoal. Nesses nove anos, ele viu e resistiu a diversos modismos e não acredita que esteja havendo um revival do vinil. "A loja continua sendo frequentada pelo mesmo público de sempre, para quem gosta mesmo, o LP nunca saiu de moda", explica.

Endereço: Galeria Nova Barão, loja 24 - Rua Sete de Abril, 154.
Telefone: (11) 3231-1193.
Site: www.disco7vinil.com.br

Discomania

Foto: Diego Dacax

Com seis lojas espalhadas pela região central de São Paulo, a Discomania é uma das maiores redes de sebo da cidade. Cada um de seus estabelecimentos tem uma característica. "Tem lojas que são voltadas para quem procura mais ofertas, outras para quem está atrás de raridades, cada uma é para um público diferente", conta Fábio Jorge, gerente da Discomania que fica na altura do número 560, da Rua Augusta. A loja está lá há 17 anos e oferece discos que vão desde o sertanejo mais caipira até o rock pesado de bandas como Sepultura. "Eu venho aqui porque os discos são bons, esse aqui mesmo é difícil encontrar nesse estado de conservação", explica Adriano Nunes tendo em mãos um disco de Pena Branca e Xavantinho que iria comprar para a sua coleção. Além disso, por lá também é possível encontrar diversos EPs (early plays), que são aqueles disquinhos que têm apenas uma ou duas músicas de cada lado. Entre as raridades oferecidas pela rede estão o Afro-Sambas, de Baden Powell e Vinícus de Moraes, e o primeiro álbum de Roberto Carlos, que custa mais de R$ 2 mil.

Endereço: Rua Augusta, 560.
Telefone: (11) 3257-2925.

Clique aqui e veja onde é possível comprar vinis em outras capitais brasileiras.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo