Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Louvado seja

O Espírito Santo esbanja praias paradisíacas, regiões montanhosas, turismo de aventura e famosa culinária à base de peixes e frutos do mar.

Foto: Thiago Guimarães/ Setur

Guarapari é o principal destino turístico do estado

A benção do nome remete à data histórica em que os portugueses desembarcaram em suas areias escuras pela primeira vez. Mas a verdade é que a alusão santificada poderia facilmente estar relacionada ao trio "praias-serras-gastronomia" que faz do Espírito Santo uma terra digna de louvor.

Mesmo que pequeno se comparado às três grandes metrópoles que o cercam, o modesto estado é referência nacional quando o assunto é beleza natural. E o melhor: as terras capixabas agradam a gregos e troianos. As belíssimas paisagens à beira do mar atraem os mais diversos amantes do clima praiano, já as trilhas e cachoeiras seduzem os fãs do turismo ecológico e de aventura. E, se não bastasse, os apaixonados pelo friozinho típico das montanhas podem se deleitar em ótimas pousadas e desfrutar da rica culinária regional, reconhecida em todo o país. 

Para esticar a canga

Com mais de 400 km de litoral, um dos destinos mais procurados do Espírito Santo é Guarapari. São mais de vinte praias que ficaram famosas por suas areias de coloração escura (monozática) que, na década de 1960, foram identificadas com propriedades terapêuticas e curativas. A partir de então, a "Cidade Saúde" passou a seduzir turistas de todas as regiões do Brasil, curiosos em experimentar os efeitos arenoso sob a pele.

Suas águas são próprias para a prática do surfe, como é o caso da Praia do Riacho, e mergulho, principalmente em Ilhas Rasas. Durante o verão, as movimentadas praias de Areia Preta, dos Namorados, das Castanheiras e do Morro são as que ficam mais lotadas. Para quem deseja badalação, a dica é Meaípe, que atraí jovens de todos os estados.

Outra cidade praiana que merece destaque no Espírito Santo é Vila Velha. A Praia de Itaparica é a mais badalada, enquanto a da Costa é a mais indicada para viagem em família. Itaúnas é o destino mais requisitado para quem deseja tranquilidade em meio à natureza. Com dunas, restingas e maguezais, fica nos domínios do Parque Estadual de Itaúnas, verdadeiro reduto para os aficionados pelo ecoturismo. 

Foto: Palê Zuppani/ Setur

A Pedra Azul, em Domingos Martins, fica com coloração azulada de acordo com o Sol

Verde e montanha

Trilhas ecológicas, parques e centros de estudos como o Projeto Tamar são também atrativos que ajudam a compor o mosaico do estado. O município de Linhares oferece lagoas exuberantes, uma das maiores reservas naturais da Mata Atlântica, a Goitacazes, e ainda a Reserva da Companha Vale do Rio Doce.

E para quem quer se aventurar, o point é Alfredo Chaves. Repleto de montanhas, cachoeiras e rios, sua temperatura amena propicia a prática de esportes radicais como o voo livre. A pequena cidade serrana de Domingos Martins também é famosa pelo turismo de aventura como o rapel. É lá que fica também a famosa Pedra Azul, cartão postal do Espírito Santo.

Um pé na história, outro na cozinha

Apesar de contar com ótimas praias, como Camburi, e parques, como o da Pedra da Cebola, o forte da capital Vitória não são os pontos turísticos naturais. A cidade portuária é a terceira mais antiga do Brasil, o que faz com que ela agregue riqueza histórica e cultura tradicional.

Foto: Tadeu Bianconi/ Setur

Diferente da moqueca baiana, a capixaba não leva azeite de dendê

Vila Velha também exibe traços do tempo em construções como o Convento da Penha, um dos santuários mais remotos do país. Duas outras atrações da cidade são a Terceira Ponte, que revela um verdadeiro espetáculo arquitetônico aliado à natureza, e a fábrica de chocolates da Garoto, fundada há mais de 70 anos.

E não tem como falar do Espírito Santo sem citar sua saborosa culinária, reconhecida e elogiada nacionalmente. A famosa moqueca capixaba com coloração avermelhada é uma herança indígena e feita hoje em dia artesanalmente na panela de barro. A grande estrela da gastronomia regional dá, inclusive, nome a duas rotas turísticas: a Rota da Moqueca e a Rota do Sol, que segue por Vitória, Vila Velha, Guarapari e Anchieta.

Pacotes de viagens

Sem aéreo

Vitória (4 noites)
Inclui: hospedagem em apartamento duplo com café da manha no Novotel Vitória Accor
Preço: R$ 274 o quarto, por noite
Empresa: Decolar.com
Telefone: (11) 4003-9444

Vila Velha (4 noites)
Inclui: hospedagem em apartamento duplo com café da manha no Mercure Vitória
Preço: R$ 246 o quarto, por noite
Empresa: Decolar.com
Telefone: (11) 4003-9444

Com aéreo

Vitória (4 noites)
Inclui: passagens aéreas (saída de São Paulo) e hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Bristol La Residence
Preço: R$ 1.004 o pacote
Empresa: TAM Viagens
Telefone: (11) 3274-1313

Guaraparí (4 noites)
Inclui: passagens aéreas (saída de São Paulo) e hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Bristol Guarapari Residence
Preço: R$ 1.080,14 o pacote
Empresa: TAM Viagens
Telefone: (11) 3274-1313

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo