Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Louvado seja

O Espírito Santo esbanja praias paradisíacas, regiões montanhosas, turismo de aventura e famosa culinária à base de peixes e frutos do mar.

Foto: Thiago Guimarães/ Setur

Guarapari é o principal destino turístico do estado

A benção do nome remete à data histórica em que os portugueses desembarcaram em suas areias escuras pela primeira vez. Mas a verdade é que a alusão santificada poderia facilmente estar relacionada ao trio "praias-serras-gastronomia" que faz do Espírito Santo uma terra digna de louvor.

Mesmo que pequeno se comparado às três grandes metrópoles que o cercam, o modesto estado é referência nacional quando o assunto é beleza natural. E o melhor: as terras capixabas agradam a gregos e troianos. As belíssimas paisagens à beira do mar atraem os mais diversos amantes do clima praiano, já as trilhas e cachoeiras seduzem os fãs do turismo ecológico e de aventura. E, se não bastasse, os apaixonados pelo friozinho típico das montanhas podem se deleitar em ótimas pousadas e desfrutar da rica culinária regional, reconhecida em todo o país.

Para esticar a canga

Com mais de 400 km de litoral, um dos destinos mais procurados do Espírito Santo é Guarapari. São mais de vinte praias que ficaram famosas por suas areias de coloração escura (monozática) que, na década de 1960, foram identificadas com propriedades terapêuticas e curativas. A partir de então, a "Cidade Saúde" passou a seduzir turistas de todas as regiões do Brasil, curiosos em experimentar os efeitos arenoso sob a pele.

Suas águas são próprias para a prática do surfe, como é o caso da Praia do Riacho, e mergulho, principalmente em Ilhas Rasas. Durante o verão, as movimentadas praias de Areia Preta, dos Namorados, das Castanheiras e do Morro são as que ficam mais lotadas. Para quem deseja badalação, a dica é Meaípe, que atraí jovens de todos os estados.

Outra cidade praiana que merece destaque no Espírito Santo é Vila Velha. A Praia de Itaparica é a mais badalada, enquanto a da Costa é a mais indicada para viagem em família. Itaúnas é o destino mais requisitado para quem deseja tranquilidade em meio à natureza. Com dunas, restingas e maguezais, fica nos domínios do Parque Estadual de Itaúnas, verdadeiro reduto para os aficionados pelo ecoturismo.

Foto: Palê Zuppani/ Setur

A Pedra Azul, em Domingos Martins, fica com coloração azulada de acordo com o Sol

Verde e montanha

Trilhas ecológicas, parques e centros de estudos como o Projeto Tamar são também atrativos que ajudam a compor o mosaico do estado. O município de Linhares oferece lagoas exuberantes, uma das maiores reservas naturais da Mata Atlântica, a Goitacazes, e ainda a Reserva da Companha Vale do Rio Doce.

E para quem quer se aventurar, o point é Alfredo Chaves. Repleto de montanhas, cachoeiras e rios, sua temperatura amena propicia a prática de esportes radicais como o voo livre. A pequena cidade serrana de Domingos Martins também é famosa pelo turismo de aventura como o rapel. É lá que fica também a famosa Pedra Azul, cartão postal do Espírito Santo.

Um pé na história, outro na cozinha

Apesar de contar com ótimas praias, como Camburi, e parques, como o da Pedra da Cebola, o forte da capital Vitória não são os pontos turísticos naturais. A cidade portuária é a terceira mais antiga do Brasil, o que faz com que ela agregue riqueza histórica e cultura tradicional.

Foto: Tadeu Bianconi/ Setur

Diferente da moqueca baiana, a capixaba não leva azeite de dendê

Vila Velha também exibe traços do tempo em construções como o Convento da Penha, um dos santuários mais remotos do país. Duas outras atrações da cidade são a Terceira Ponte, que revela um verdadeiro espetáculo arquitetônico aliado à natureza, e a fábrica de chocolates da Garoto, fundada há mais de 70 anos.

E não tem como falar do Espírito Santo sem citar sua saborosa culinária, reconhecida e elogiada nacionalmente. A famosa moqueca capixaba com coloração avermelhada é uma herança indígena e feita hoje em dia artesanalmente na panela de barro. A grande estrela da gastronomia regional dá, inclusive, nome a duas rotas turísticas: a Rota da Moqueca e a Rota do Sol, que segue por Vitória, Vila Velha, Guarapari e Anchieta.

Pacotes de viagens

Sem aéreo

Vitória (4 noites)
Inclui: hospedagem em apartamento duplo com café da manha no Novotel Vitória Accor
Preço: R$ 274 o quarto, por noite
Empresa: Decolar.com
Telefone: (11) 4003-9444

Vila Velha (4 noites)
Inclui: hospedagem em apartamento duplo com café da manha no Mercure Vitória
Preço: R$ 246 o quarto, por noite
Empresa: Decolar.com
Telefone: (11) 4003-9444

Com aéreo

Vitória (4 noites)
Inclui: passagens aéreas (saída de São Paulo) e hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Bristol La Residence
Preço: R$ 1.004 o pacote
Empresa: TAM Viagens
Telefone: (11) 3274-1313

Guaraparí (4 noites)
Inclui: passagens aéreas (saída de São Paulo) e hospedagem em apartamento duplo com café da manhã no Bristol Guarapari Residence
Preço: R$ 1.080,14 o pacote
Empresa: TAM Viagens
Telefone: (11) 3274-1313

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Parque da Cerveja Campos do Jordão tem mirante com vista 180° da Serra da Mantiqueira, saiba tudo!

Viagens

Projeto de crowdfunding quer ajudar o povo Kuikuro a trazer de volta o Kuarup; saiba tudo!

Viagens

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens