Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Malhação na água

Hidroginástica e natação não são as únicas opções para quem quer fazer exercícios aquáticos. Conheça algumas modalidades inovadoras que prometem ser a grande sensação do verão.

O verão está chegando e nada melhor do que unir malhação a uma atividade refrescante em uma piscina. Assim, além de ficar com o corpo em forma para estação, você não passa calor enquanto treina. Pensando nisso, várias academias deixaram um pouco de lado a natação e a hidroginástica e apostaram em atividades inovadoras, que saem da mesmice e prometem resultados mais rápidos.

Segundo o líder técnico da Bio Ritmo, Alécio Salles, modalidades aquáticas trabalham capacidades físicas básicas, como força, resistência e velocidade. Para atingir benefícios posturais e fisiológicos, o ideal é malhar na piscina no mínimo três vezes por semana. "A intensidade e o ritmo também pode ser variados de diversas formas. A força pode ser estimulada através e materiais resistentes", explica.

As aulas duram em média 45 minutos e também são indicadas para quem tem algum tipo de lesão, pois o impacto na água é reduzido. De acordo com Maicon Miranda, professor de atividades aquáticas da Companhia Athletica, dependendo da dedicação do aluno, os objetivos podem ser alcançados rapidamente. "O resultado é como qualquer outra atividade, basta a pessoa ter força de vontade e assiduidade", garante.

Para que você possa ficar com a forma em dia para o verão e, ainda, se refrescar, o Guia da Semana selecionou algumas atividades que estão dominando as academias de todo o país. Confira!

Hidrobike

Foto: Divulgação

Aula de Hidrobike da Fórmula Academia

Pedalar na água. Esta é a proposta desta aula super animada que leva bicicletas especiais para dentro da piscina. Para quem quer reduzir a celulite, perder peso, melhorar o condicionamento físico e fortalecer a musculatura dos membros inferiores, é a atividade ideal. Além disso, a modalidade reduz a sobrecarga na coluna vertebral, joelhos e tornozelos. "São usadas sapatilhas de neoprene e cada aluno define a carga e o ritmo de pedalada. Músicas agitadas são fundamentais para deixar a aula mais empolgante", diz Sheila Oliveira, coordenadora de atividades aquáticas da Fórmula Academia, unidade Morumbi.

Deep Training

Como indica a tradução, esta atividade é um treinamento em suspensão. Durante 45 minutos, o aluno fica faz exercícios suspensos utilizando coletes flutuantes. É como se fosse uma localizada dentro da água. A intensidade pode ser variada em cada atividade. "O ideal é que a aula aconteça em uma piscina de profundidade para que seja possível fazer todos os movimentos sem colocar os pés no chão. É uma aula mais aeróbica e não há muita intensidade. Assim, há um forte trabalho cardiovascular", explica Miranda.

Hidro Cardio e Hidro Condicionamento

Voltado ao condicionamento físico, é um treinamento aeróbico que não utiliza muitos materiais de apoio, com exercícios mais duradouros. É ideal para quem quer perder peso e trabalhar respiração e resitência. Já na Hidro Condicionamento são utilizados alteres, tornozeleiras flutuantes e borrachas. É um trabalho mais muscular, tanto de membros inferiores quanto superiores.

Hidro Relax

Foto: Divulgação

Acqua Zen, aula de relaxamento da Fórmula Academia

Nada melhor do que relaxar em uma água quentinha depois de um dia estressante de trabalho. Assim, esta aula traz exercícios aquáticos leves acompanhados por uma música suave. Para completar, todos os alunos ganham massagem. "As sessões duram em média sete minutos. Faço um trabalho de relaxamento das articulações e alongamento. Quando há menos pessoas, posso massagear cada um por dez minutos. Às vezes, também acendo velas aromáticas para deixar o ambiente mais agradável", explica Maicon Miranda, professor de atividades aquáticas da Companhia Athletica.

Aqua Jump

Imagine pular em um mini-trampolim aquático. Esta é a proposta desta aula de hidroginástica que utiliza uma mini-cama elástica adaptada para a  piscina. Durante a prática, os alunos fazem exercícios aeróbicos de intensidade elevada, mas de baixo impacto, com o mínimo risco de lesões. O equipamento trabalha membros inferiores e tronco, sem contar os benefícios para os aparelhos cardio-respiratório e vascular.

Surf

Quem quer se preparar para pegar altas ondas no verão pode treinar nas piscinas das academias. As aulas oferecem traquilidade e segurança no aprendizado, principalmente para quem nunca teve contato com a prancha. Geralmente, há também um trabalho físico puxado, que simula diversas situações ocorridas no mar, proporcionando então uma melhora do condicionamento neuromuscular e cardiovascular. Depois aprender todos os fundamentos básicos, os alunos são levados para aula prática no mar.

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo