Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Menina dos olhos

No posto de uma das cidades mais antigas do país, Santos atrai pessoas de todo os estados e ainda é um dos grandes ponto turístico brasileiro.

Foto: Reprodução


Para quem imagina uma imensidão de praias e nada mais, se engana ao chegar a Santos. Fixada a 68 quilômetros de São Paulo e apenas dois metros acima do nível do mar, a cidade atrai pessoas que buscam diversão e conforto à beira do Oceano Atlântico. A região chama atenção por sua história e atrativos culturais aliados a uma beleza natural peculiar. Com monumentos históricos, museus, jardins e seu famoso Porto, é uma urbe preparada para receber turistas durante todo o ano.

História

Os primeiros relatos a respeito da Ilha de São Vicente, como era chamada antigamente, surgiram apenas dois anos após o descobrimento oficial do Brasil, em 1502. A coroa portuguesa interessou-se pouco pela região nos trinta anos que se seguiram à expedição e durante este tempo, vários corsários e piratas procuravam à região em busca do pau-brasil.

Dividida, o espaço transformou-se em Santos e São Vicente - primeira vila do Brasil, fundada em 1532 por Martim Afonso de Souza. Elevada à categoria de cidade em 26 de janeiro de 1839, data da sua fundação por Brás Cubas.

Cidade

Santos é sede da Região Metropolitana da Baixada Santista e abriga o maior Porto da América Latina, responsável pela dinâmica econômica da cidade ao lado do turismo, pesca e comércio. A cidade, durante bom tempo, centrou sua economia na comercialização do café, abrigando no centro o que é hoje um de seus pontos turísticos a Bolsa Oficial do Café. Inaugurada em 1922, hoje transformou-se no Museu do Café, espaço decorado com obras do artista Benedito Calixto que promove exposições sobre a trajetória do produto pelo Brasil e pela cidade.

Com 417.983 habitantes, segundo dados do IBGE de 2009, durante os últimos anos, Santos viu o turismo crescer. Seu principal cartão postal é o maior jardim à beira-mar da América Latina. São 7 quilômetros repletos de amendoeiras e palmeiras que colorem o visual da região. Já as praias, possuem um visual característico. As principais são a do Boqueirão, Embaré e Gonzaga. A Praia do José Menino atrai praticantes da asa-delta, que saltam do Morro do José Menino, além de ser bastante agitada durante a noite.

Turismo

Foto: Reprodução


Toda a região recebe desde famílias com crianças, que vão aproveitar o passeio pelo jardim da praia, o popular Aquário Municipal e um encontro com aves exóticas no Orquidário, até jovens em busca da agitada vida noturna na orla. A gastronomia também é outro ponto alto, oferecendo não apenas pescados, como também pizzarias, cantinas e boas churrascarias. Também há feiras de artesanato, museus e mirantes, passeios de barco e infra-estrutura de cidade grande.

A cidade tornou-se ponto turístico por volta de 1910, com a construção de hotéis e o surgimento dos jardins da orla a partir de 1935. Com a presença dos turistas, o comércio cresceu na cidade, e surgiram casas noturnas, agências de recepção turística, hotéis e flats. Por volta de 1993, a prefeitura passou a investir no turismo, com revitalizações paisagísticas e construções de ciclovias na cidade. Deste modo, Santos foi considerada a cidade mais visitada por turistas estrangeiros no litoral paulista.

Com isso as programações culturais e artísticas cresceram e atraíram restaurantes e clubes, como a reativação do Teatro Coliseu Santista e a implantação do Bonde Turístico. Hoje são 1.700 metros de trilhos que levam visitantes para um passeio de 15 minutos por algumas ruas do centro. Considerado um marco da revitalização do local, é muito querido pela população.

Onde ir

Um dos pontos mais procurados é o  Aquário, com peixes da várias espécies, tartarugas e até um lobo-marinho. Outros requisitados são o Orquidário, o Museu de Pesca, o Morro da Asa Delta, o Bondinho, onde é possível passear por ruas do centro histórico e ouvir sobre seus edifícios e casarões e o Teatro Coliseu. Ainda merecem destaque o Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube e o Museu do Mar.

Passeio ideal para os amantes de futebol em geral, o espaço dedicado a história do time de Pelé recebe turistas em um espaço de mais de 380 metros quadrados. O local inova, pois apresenta vários equipamentos multimídia, que permitem a visualização de jogadas históricas, além da exibição de filmes e clipes especiais sobre o clube santista.

Foto: Reprodução


A outra opção, o Museu do Mar, é dono de um acervo mundialmente conhecido há mais de 25 anos, o que o faz ser considerado como um dos mais atuais da América Latina. Dentre as principais atrações destacam-se os principais grupos de algas marinhas, esponjas marinhas das Bahamas, conchas e corais, várias espécies de tubarões, aquário marinho com diversas espécies de peixes, equipamentos de mergulho, arqueologia submarina, animais marinhos curiosos, etc.

Onde comer

Opções para todos os paladares. Algumas sugestões para quem aprecia uma boa massa, por exemplo, é a Cantina Liliana. O menu variado vai desde macarrões até lasanhas, pizzas, sopas e porções. Entre os restaurantes estão o Van Gogh, um dos pontos mais movimentados da cidade, que serve pizzas, além dos variados pratos de carnes, frangos e peixes.

O Restaurante São Paulo oferece menu de saladas, sopas e cremes, omeletes, feijoada, strogonoff, churrasco, peixes e petiscos. E outro ponto forte da gastronomia local fica por conta do Vista al Mar, conhecido como o Rei da Paella Valenciana na região. Para os amantes da culinária japonesa há o Baiaku Sushi.  Quem prefere uma opção mais rápida, pode escolher a Hamburgueria Santista ou então o Rockabilly que oferece opções de lanches com hambúrguer em tamanho baby (100 gramas de carne) e G (200 gramas).

Para refrescar o calor, a sorveteria Rochinha é uma opção. Com picolés e gelatos em massa, os sorvetes são feitos em uma receita artesanal, com polpa natural de frutas e ingredientes fabricados na cidade de São Sebastião. O destaque do cardápio são os sabores de fruta tipicamente tropicais e exóticas.

Bares

Foto: Reprodução


Com uma vida noturna intensa, a região traz uma gama de opções em bares, tanto para curtir com amigos ou em casal. O Santos Chopp petiscos oferece clima de um boteco típico dos anos 50. Eleito por dois anos o melhor chope da cidade, fica em um das esquinas mais famosas da região e oferece noites de música ao vivo.

 No Cheers Pub o cliente pode se sentir em um verdadeiro pub gringo. Considerada a primeira casa rock de Santos, o espaço oferece um clima aconchegante ideal para curtir um bom papo e paquerar. Outro tradicional espaço é o Bar e Café Carioca. Com 69 anos de tradição, está situado no centro histórico de Santos. Ao passar por lá, vale a pena saborear o pastel, com recheios diferenciados, e apreciar um chope.

Baladas

Foto: Reprodução


A vida noturna por aqui é intensa. Algumas baladas são tradicionais na cidade como o Moby Dick que fica a beira mar e abre de quarta a domingo. A casa oferece atrações variadas com programação de música eletrônica, pop e rock. Já o Mango's Tropical Bar oferece o projeto Sexta-feira Universitária, trazendo o pop rock da banda Vitrola e o pagode do grupo De Jeito Maneira.

Outro espaço divertido é o tradicional Chopp Santista. Aberto de segunda a domingo está situado na frente da orla da praia e é indicado tanto pra quem gosta de uma happy hour ou para quem curte o agito de uma balada. Outra opção para os festeiros  é o Bikkini Barista. Composto por um confortável lounge, um moderno dancefloor, dois bares completos e um espaço vip com acesso exclusivo a casa.


Atualizado em 10 Jan 2012.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo