Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Noite - São Paulo - Verão 2007

A noite paulistana é perfeita para curtir os amigos, sair para dançar e conhecer pessoas interessantes. Divirta-se!.

Por Viviane Aguiar e Lorelay Magri



Diversidade é a palavra que descreve a noite paulistana. Os bares e casas noturnas fazem de tudo para agradar o público das mais diferentes tribos com uma programação que passa por samba-rock, música eletrônica, funk carioca... Enfim, o que vale é a curtição.

Onde badalar:

CASAS NOTURNAS

  • D-Edge (+ sobre o local)
    Instalada na Lapa, a casa tem João Gordo como DJ residente das segundas e já ficou em quarto lugar na lista dos clubes mais fervidos do mundo segundo a revista inglesa MixMag. Freqüentada por gays e heteros, o local tem uma programação diferente a cada dia da semana, que vai de rock a hip hop e música eletrônica. Aberto de segunda a domingo, a partir da 0h. Entrada: de R$ 15,00 a R$ 35,00.

  • Lotus (+ sobre o local)
    Localizado no segundo andar do prédio do WTC de São Paulo, no Brooklin, a casa segue a mesma linha da matriz, que fica em Nova York. O ambiente é moderno e tem capacidade para 600 pessoas. Os freqüentadores podem curtir apresentações musicais com bandas e DJs. Aberto de quartas, sextas e sábados, das 23h até o último cliente. Entrada: R$ 40,00 (mulheres) e R$ 100,00 (homens). O Club Lotus funcionará até o dia 23/12 e reabrirá no dia 17/01.

  • Lov.e (+sobre o local)
    Erguida na Vila Olímpia, a casa noturna é um galpão de 550 m², que reúne diferentes tribos em um único espaço. Cada dia é dedicado a diferentes segmentos da música eletrônica. A decoração é uma mistura de elementos futuristas e psicodélicos. Aberto de terça a sábado, a partir da 0h. Entrada média: R$ 20,00 a R$ 35,00.

  • Pacha (+ sobre o local)
    Inaugurado por aqui em 2006 na Vila Leopoldina, esse nightclub nasceu em Barcelona, na Espanha, mas logo se mudou para Ibiza - a meca da música eletrônica no mundo. Hoje, com quase meio século de idade, o local acaba de se instalar em um espaço de nada menos que 10 mil m2 em São Paulo e permanece seguindo o estilo "ver e ser visto". Aberto de sexta e sábado, das 22h ao último cliente. Entrada: acima de R$ 60,00. Na noite de 24 de dezembro, a casa programou a Closing Party 2006, que fecha o calendário do local com os DJs Buga, Gui Pimentel e Carlo Dall´anese.

  • The Week (+ sobre o local)
    Instalado na Barra Funda, o clube é referência no mundinho gay nacional. Recentemente, André Almada, um dos sócios, foi escolhido pelo jornal Folha de S.Paulo um dos gays mais influentes do Brasil justamente por comandar a The Week. Com vários ambientes, o local impressiona pela enormidade e no final do ano terá festas especiais. Na noite do dia 24 de dezembro, acontece a festa Babylon Especial, com mesa natalina, açaí na tigela e quick massage. Já no dia 31, a mesma festa inclui queima de fogos, mesa de frutas e telão no jardim. Leve dinheiro porque a casa não aceita cheque. Aberto aos sábados, a partir das 22h. Entrada: R$ 30,00 (H) e R$ 40,00 (M).

  • Vegas (+ sobre o local)
    Localizado em meio ao inferninho da Rua Augusta, o local não só reacendeu a região como se consolidou como balada alternativa. O line-up é bem variado e inclui programações diferenciadas a cada período do mês. Aberto de terça a quinta, das 23h às 4h; sexta, das 23h às 6h; sábado, das 23h às 10h30. Entrada: de R$ 15,00 a R$ 25,00.

    PUBS

  • O´Malley´s (+ sobre o local)
    Na esquina na Rua da Consolação com a Alameda Jaú, o local é um dos pubs mais fiéis aos originais irlandeses em São Paulo. Tanto é que seus vários ambientes costumam ficar lotados de gringos. A casa transmite uma variada programação de esportes nas televisões espalhadas pelo ambiente, que ainda tem espaço para sinuca, shows variados, bar e mesas para comer um dos petiscos do cardápio, acompanhados pelas melhores cervejas importadas. Aberto todos os dias, a partir das 12h. Entrada: a partir de R$ 10,00.

  • Paddy´s Pub (+ sobre o local)
    Na Zona Norte da cidade existe um espacinho para a cultura noturna irlandesa. Antes conhecido como St Patrick´s Pub e apesar de a aparência não lembrar os pequenos pubs originais, o local tem Irish Coffee, Jumping Jack Flash e o melhor das cervejas importadas. O espaço inclui uma pista de dança, palco, dois mezaninos, mesa de bilhar e uma arqueria. Aberto de terça a domingo, a partir das 18h. Entrada: de R$ 15,00 a R$ 25,00.

    BARES E BOTECOS

  • Boteco São Bento (+ sobre o local)
    Na Vila Madalena, o local tem todo o clima de começo de século, com decoração rústica e cardápio bem popular. Ótima para uma tarde de sábado (ou de férias), a casa oferece chope gelado ao lado de fartas opções de petiscos ou saladas. Aberto de segunda a sexta, das 12h às 15h e a partir das 16h; sábados e domingos, a partir das 12h.

  • Buco (+ sobre o local)
    Inaugurado em 2006 no Itaim Bibi, o local segue a linha dos botecos de luxo, freqüentados por celebridades, a nascer na cidade. Com teto transparente, a casa destaca-se pelo cardápio à italiana elaborado pela renomada chef Ana Soares. Aberto de segunda a quinta, das 12h às 15h e a partir das 17h; sextas e sábados, a partir das 12h.

  • Diquinta (+ sobre o local)
    Localizado na Vila Leopoldina, o bar recebe sempre a presença de bandas e músicos que tocam samba-rock, soul, rb, MPB e funk. Nas quintas-feiras, o Dj Chicão anima os freqüentadores da casa com músicas que passam por Chico Buarque, Sidney Magal e Roberto Carlos. O bar fica na Rua Baumann, 1435, Vila Leopoldina. Abre de quinta à sábado, das 21h30 às 4h. O preço da entrada é de R$ 20,00 - mulher, e R$ 25,00 - homem. O bar estará fechado do dia 24/12 à 07/01.

  • Papagaio Vintém (+ sobre o local)
    Próximo do metrô Santana, na Zona Norte, os destaques do local são as noites de quartas e sextas, quando anões comandam um correio elegante bastante animado. A casa conta também com palco para shows, que acontecem esporadicamente. Aberto às terças a partir das 20h; quinta a sábado, a partir das 19h; quarta e domingos, a partir das 18h.

    SAMBA, PAGODE E AFINS

  • Armazém da Vila (+ sobre o local)
    Instalado na Vila Olímpia, o local costuma receber grupos conhecidos de pagode, como os Inimigos da HP. A casa também tem um projeto de funk, que costuma acontecer às quartas, e nos dias de calor suspende a grande cúpula retrátil que cobre o espaço. Aberto de terça a domingo, a partir das 21h. Entrada:

  • Traço de União (+ sobre o local)
    Localizada no Largo da Batata, um ponto de fácil acesso, a casa de samba é ideal para quem gosta do ritmo das antigas. As noites de quinta costumam ferver e aos sábados o local promove uma roda de samba abastecida com feijoada. Nomes como Beth Carvalho e Nelson Sargento já passaram pelo palco da casa. Aberto de quinta, das 21h às 3h; e sábado, das 13h30 às 23h30. Couvert artístico: de R$ 10,00 a R$ 20,00.

    PONTOS BADALADOS

  • Vila Madalena (+ bares e casas noturnas da região)
    Ao lado do bairro de Pinheiros, a Vila Madalena destaca-se por abrigar bares, baladas e restaurantes de todos os estilos.
    Perfil de público: avessos a baladação eletrônica; adoradores de comida de boteco; quem está a fim apenas de conversar com os amigos; galera universitária; pessoas que gostam de pop rock, mpb e samba de raiz; sobreviventes da alta madrugada.

  • Vila Olímpia (+ bares e casas noturnas da região)
    Muito próxima ao Itaim Bibi, a Vila Olímpia é povoada por baladas que já tiveram seu período de glória. Mesmo assim, as filas de gente bem-arrumada nas entradas dos locais comprovam que o bairro ainda é ponto obrigatório nos finais de semana de muita gente.
    Perfil de público: adoradores de música eletrônica e todas suas variações; endinheirados da região; turistas e gente de todos os lugares do Estado; mulheres arrumadas e metrossexuais; gente bonita, modelos e celebridades.

    LITORAL E INTERIOR

  • Maresias: Sirena (+ sobre o local)
    O Sirena é conhecido como a casa mais badalada do verão. Os DJ´s agitam a noite de Maresias com o melhor do house, trance, drum´n´bass e tecno. Grandes nomes como Fat Boy Slim, Slam e DJ Mau Mau já circularam pela cabine do clube. A casa fica na Rua Sirena, 148, em Maresias. A entrada é de R$ 25,00 para mulher e R$ 70,00 para homem. A casa funciona aos sábados, das 23h às 6h. Para saber mais informações, o telefone é (12) 3865-6681, ou (11) 3071-2445.

  • Maresias: Morocco (+ sobre o local)
    Em Maresias, o local é ponto de encontro de um público que tem mais de 30 anos. A casa segue o conceito de dining club e mistura em um mesmo espaço restaurante de cozinha mediterrânea, bar e nightclub. Aberto de sexta a domingo, a partir das 20h.

  • Itu: Anzu (+ sobre o local)
    Localizada em Itu, a menos de 100km da capital, a Anzu é um dos redutos de música eletrônica do interior de São Paulo. Com vários ambientes e programação variada, a casa já apresentou DJs reconhecidos internacionalmente, como Armin Van Buuren e Felix Da Housecat. As festas de fim de ano do local costumam ser bem agitadas. Aberto diariamente a partir das 22h. Entrada: de R$ 10,00 a R$ 60,00.



  • Onde ficar: Lugar para ficar em São Paulo não falta. A cidade dispõe de uma grande rede de hoteleira. Saiba mais!

    Onde comer: Gastronomia é a palavra-chave de São Paulo. Tem tudo para todos os gostos e bolsos. Saiba mais!

    Onde passear: Conheça os lugares próprios para relaxar, passear, aprender e se divertir durante o verão. Saiba mais!


    Atualizado em 6 Set 2011.

    Mais notícias

    Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

    Turismo

    Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

    Turismo

    Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

    Turismo

    Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

    Turismo

    Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

    Turismo

    5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

    Turismo