Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

O antigo virou novo

Local onde só havia tristeza, hoje há paz, tranquilidade e esporte.

Foto: Divulgação

Aproveitando essa primavera quente em São Paulo, uma boa opção de passeio é bater perna, andar de bicicleta ou simplesmente relaxar na sombra dos vários parques espalhados pela cidade.

Como a ideia não é muito original e muitos pensarão o mesmo, já que é preciso respirar um pouco além das quatro paredes e ar-condicionado, não vá para parques famosos. Parque do Ibirapuera e Villa Lobos são grandes, mas parece que não o suficiente para os moradores de Sampa. Se o passeio acontecer no final de semana, você poderá se estressar mais com o trânsito de pedestres do que relaxar.

Busque os pertos de sua residência ou aqueles que ainda não foram descobertos. A minha dica está próxima à estação Carandiru de metrô. Lembra do Carandiru, aquele que foi até cenário de filme? Pois bem, ele foi demolido e no lugar dele surgiu o Parque da Juventude.

Em 2003, a prefeitura inaugurou o parque com espaço esportivo, área natural e espaço com cursos (presença da Escola Técnica Centro Paula Souza) e exposições. Tudo muito bem distribuído. Quem passa pela Avenida Cruzeiro do Sul ou avista o parque do metrô, não tem noção do que está por trás das grades.

A vista da praça é linda e diferente, mas o trabalho feito por dentro também não deixa nada a desejar. Ele é espaçoso, confortável e agradável. Na parte esportiva, você encontra as quadras poliesportivas e pistas de skate e patins, para as manobras mais radicais.

Já no espaço natural, o verde mescla com a história vivenciada ali. Foi deixada uma muralha que antes servia para separar presidiários e a sociedade. Você pode andar por cima e ter uma dimensão do que era visto pelos guardas. Em chão, pilares de um pavilhão não terminado foram abraçados pela natureza; o concreto e o natural juntos dão um visual interessante.

A melhor parte: não é lotado. Você não precisa ficar horas procurando por lugar para relaxar e muito menos ficar pedindo licença a cada passo dado. A segurança é muito boa, o que tranqüiliza. Se não acredita, fique mais de 10 minutos parado no alto da muralha para ver se algum segurança não aparecerá!

 Diria que é uma opção e tanto de passeio. Barato, confortável e de fato desestressante. Além de se permitir, sua imaginação viajará e criará boas estórias enquanto estiver caminhando pelas muralhas do Carandiru.

Parque da Juventude
Parque Esportivo: Avenida Zaki Narchi, 1.309 - Santana.
Parque Central: Avenida Ataliba Leonel, 500 - Santana.
Parque Institucional: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.500 - Santana.
Contato: (11) 2251-2706.
Horário: Área central: segunda a domingo, das 6h às 21h30; Área esportiva: segunda, das 6h às 24h; terça a sábado, das 6h às 2h; e domingo, das 6h às 23h.
Entrada: Grátis.


Quem é a colunista: Carolina Teixeira, 23 anos, turismóloga.

O que faz: É consultora educacional de intercâmbio cultural, se entregou ao mundo do turismo, pois, desde que se conhece por gente, fica mudando de um lugar para outro.. Também come, fala (muito), dorme, se diverte e viaja igual a tantos, além de escrever vez ou outra.

Pecado gastronômico: Café (não importa como), uma boa massa, sorvete no frio, bolinho de chuva e sonhos aos domingos.

Melhor lugar do Brasil: São Paulo.

Fale com ela: carolinatex @gmail.com ou acesse seu blog


Atualizado em 26 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo