Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

O mundo em 2008: 200 países, 6.912 idiomas

Fotos: Getty Images
A língua é o que diferencia, explica e define os homens dos animais. Embora outras espécies também se comuniquem em determinados sons, não chegam à sofisticação da comunicação humana. O dialeto tem uma grande função na sociedade, porque caracteriza a identidade e a cultura, e através desse rico recurso é possível conhecer a história e transmitir o conhecimento de uma pessoa para outra. Assim, podemos ter acesso à cultura de outros povos. Sem dúvida, trata-se de algo fundamental para a evolução da humanidade.

O que dificulta, de certo modo, esta evolução é a diversidade das línguas que encontramos no mundo. A Bíblia diz que, no início, havia somente uma língua entre os homens. Até que Deus confundiu "... a linguagem de toda a terra, e, dali, os dispersou por toda a superfície dela." (Gen. 11, 9b). E Deus confundiu e dispersou tanto o homem que hoje encontramos uma diversidade enorme de línguas no mundo - talvez Ele não precisasse ter exagerado tanto...! Segundo Ethnologue, um catálogo mundial que acompanha há muitos anos a evolução do número de línguas existentes, há hoje 6.912 diferentes línguas no mundo. Se tomarmos como base que o número de países é quase 200, seria uma média de 35 línguas em cada país - parece bastante, não é? O Brasil certamente não chega a tantas línguas, correto? Errado! No Brasil existem cerca de 200 línguas diferentes nos dias de hoje (desse total, 188 são indígenas) - mas, antes da chegada dos Europeus no continente, eram mais de mil línguas!

Mas este número ainda é pequeno comparado com as 820 diferentes línguas que são faladas na Papua-Nova Guiné, ou na Indonésia, onde são 742. A Papua-Nova Guiné ganha no quesito de maior diversidade, pois não tem mais de seis milhões de habitantes e as línguas se distribuem com equilíbrio em termos de número de falantes. Em outros países, como na Indonésia ou também no Brasil, às vezes 99% da população fala a língua dominante e as outras línguas são faladas por uma pequena parte da população. No Brasil, exemplos destas línguas são o Arauan (3 mil falantes), o Chapacura-Wanham (2 mil), o Katukinan (658) ou o Mura (150).

Na contagem de Ethnologue, constantemente novas línguas vêm sendo descobertas - na última revisão dos números, foram acrescentadas 103 línguas que anteriormente eram desconhecidas. A maioria destas línguas, porém, não é propriamente dita como nova, porque eram anteriormente consideradas dialetos. Vale destacar que a tendência mundial é o contrário: o número de línguas diminui constantemente. Veja acima o exemplo do Brasil desde a época da ´descoberta´! Há quem acredite que, no ano 2100, só restarão cerca de 600 línguas no mundo, ou seja, menos que 10% do existente hoje. Talvez não chegue a tanto, mas de qualquer forma é uma tendência desanimadora: a cada língua extinta perdemos uma parte da riqueza cultural do mundo!

Os números atuais da Ethnologue mostram que 347 línguas (ou 5% do total) têm pelo menos um milhão de falantes e somam 94% da população mundial. Ou seja, as outras 6.565 línguas (os 95% restantes) são faladas por somente 6% da população mundial. Dentro delas há 512 línguas que têm menos que 10 falantes (!) ou cujo número de falantes não pode ser identificado.

Uma última curiosidade: O livro mais traduzido e publicado no mundo é a Bíblia. Foi traduzida (ou, pelo menos, partes dela) para 2.422 línguas (35% de todas as línguas vivas).

Resta uma pergunta que é feita frequentemente: Qual é o idioma mais importante do mundo? Bom, primeiramente, "importante" não é a palavra certa; todo idioma é o idioma mais importante do mundo (para quem o fala como língua materna). Por isto, os pesquisadores têm defendido o "idioma mais influenciador". Será que é o Inglês? O Chinês? O Esperanto? Esta pergunta não é fácil de responder, portanto eu gostaria de dedicar a esse tema um próprio artigo - em breve, falaremos sobre este assunto. Até lá!

Quem é o colunista: Sven Dinklage

O que faz: aproximar culturas

Pecado gastronômico: costela de boi

Melhor lugar do Brasil: uma ótima adega na Serra Gaúcha

Fale com ele: [email protected]igmanet.com.br ou pelo site www.svendinklage.com






Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a cidade de Leuven, capital da cerveja belga

Viagens

8 passeios imperdíveis em Seattle, nos Estados Unidos

Viagens

10 passeios imperdíveis no bairro de Belém, em Lisboa

Viagens

Conheça a cidade medieval de Füssen, na Alemanha

Viagens

Conheça Panama Beach City, destino com praias paradisíacas e muita natureza na Flórida

Viagens

9 passeios imperdíveis em Alfama, bairro tradicional de Lisboa

Viagens