Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Para todos os gostos, tipos e bolsos

O Salão Internacional do Automóvel apresenta os lançamentos das montadoras para o próximo ano.

Fotos: Leonardo Filomeno
O Volt é a nova aposta para veículos elétricos da Chevrolet. Chega a fazer 64 quilômetros na cidade.

Durante onze dias, o Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, se transforma no lugar ideal para conhecer os automóveis que estarão nas ruas a partir dos próximos anos. Sob o tema Carro Para Todo Mundo, Inclusive Você, a feira apresenta um leque de opções para todos os bolsos, com veículos a partir de R$ 22 mil até cifras milionárias, entre modelos futuristas, superesportivos e protótipos.

Pela primeira vez, o Salão entrou no calendário Motor Show OICA (Organização Internacional dos Construtores de Automóveis), se igualando a outros eventos do gênero no mundo, como os salões de Detroit, Paris, Frankfurt, Amsterdã, Moscou e Nova York. A expectativa dos organizadores é de levar 600 mil pessoas a um dos eventos mais populares da cidade (atrás apenas da Virada Cultural, da Parada GLBT e da Bienal do Livro).

O evento reúne 170 expositores, 40 marcas e 450 veículos, exibidos em uma área de 85 mil metros quadrados (o equivalente a 77 campos de futebol). Entre as montadoras, empresas notórias do mercado nacional, como Fiat, Volkswagen, General Motors, Renault, Peugeut, Citroën, Mitsubishi, Honda e Toyota. Todas elas dividindo o espaço com estrangeiras menos conhecidas, como a sul-coreana Sangyong, a indiana Mahindra e as chinesas EFFA e Chana.

Embora a crise econômica mundial continue a assustar os compradores de veículos, a indústria automotiva brasileira calcula que até o final de 2008, as vendas de carros superem 3,8 milhões de unidades (800 mil a mais que em 2007). Ainda com o dólar oscilando, os importados estão mais acessíveis e tornaram-se opções, com mais conforto e itens de segurança diferenciados.

Fotos: Leonardo Filomeno
O Lotus Elise faz de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e desenvolve velocidade máxima de 248 km/h.

Assim como nas edições anteriores, os destaques continuam sendo os veículos da Ferrari, Lamborghini, Lotus, Porsche, BMW e Mercedes-Benz. O Lamborguini Murciélago LP640, carro que Bruce Waine usou no filme Batman, o Cavaleiro das Trevas está com um preço sugerido de R$ 2,1 milhões. Já a Ferrari F430 Scuderia, dirigida por Scumacher, custa R$ 1,6 milhão. Merece destaque o superesportivo Pagani Zonda F, que vai de 0 a 100km/h em apenas 3,5 segundos. É o automóvel mais caro a chegar no Brasil e não sai por menos de R$ 4 milhões.

Para se ter uma idéia, com esse valor seria possível comprar 160 carros Ford K 2009. O IPVA anual cobrado do superesportivo daria para adquirir sete Fiat Unos Mille Fire. O Pagani Zonta F é uma edição limitada e deve estar diponível no mercado nacional no próximo ano. Segundo o fabricante, três brasileiros já demonstraram interesse em adquirir a máquina.

No segmento de utilitários esportivos, a Mitsubishi, traz a quarta geração do Pajero Full, modelo que ganhou por 12 vezes o Rali Dakar. O espaço também conta com a exposição de uma picape L200 Triton, montada com 35 mil carrinhos de brinquedo. Já a Hyundai apresentou a nova geração da Tucson, assim como a Toyota e a Suzuki, que exibem os modelos Hilux e Vitara para o próximo ano.

Novas tendências

Pegando carona na sutentabilidade, várias marcas demonstraram interesse sobre os combustíveis alternativos e modelos híbridos. A Chevrolet aposta no Volt, veículo a gasolina e elétrico, com autonomia de 64 km, após abastecimento de seis horas. Já o Fiat Siena Tetrafuel roda com álcool hidratado, gasolina brasileira (com adição de álcool), gasolina pura e Gás Natural Veicular (GNV). A Toyota chamou atenção com modelo RiN, um novo tipo de carro conceito. Ele possui tecnologias para amenizar o estresse do motorista, como vidros que filtram os raios ultravioletas e sensor no volante para identificar o estado de humor.

Após conferir todas essas inovações, basta selecionar o modelo, a cor e principalmente o quanto você quer (e pode) gastar. Lembrando que sempre antes de uma compra, o interessado precisa botar no papel os gastos embutidos, como IPVA, seguro e a própria manutenção do veículo. Embora alguns automóveis expostos no Salão ainda permanecerão nos sonhos dos visitantes por muito tempo, outros já são realidade e esperam pela sua escolha.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens