Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Para todos os gostos, tipos e bolsos

O Salão Internacional do Automóvel apresenta os lançamentos das montadoras para o próximo ano.

Fotos: Leonardo Filomeno
O Volt é a nova aposta para veículos elétricos da Chevrolet. Chega a fazer 64 quilômetros na cidade.

Durante onze dias, o Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, se transforma no lugar ideal para conhecer os automóveis que estarão nas ruas a partir dos próximos anos. Sob o tema Carro Para Todo Mundo, Inclusive Você, a feira apresenta um leque de opções para todos os bolsos, com veículos a partir de R$ 22 mil até cifras milionárias, entre modelos futuristas, superesportivos e protótipos.

Pela primeira vez, o Salão entrou no calendário Motor Show OICA (Organização Internacional dos Construtores de Automóveis), se igualando a outros eventos do gênero no mundo, como os salões de Detroit, Paris, Frankfurt, Amsterdã, Moscou e Nova York. A expectativa dos organizadores é de levar 600 mil pessoas a um dos eventos mais populares da cidade (atrás apenas da Virada Cultural, da Parada GLBT e da Bienal do Livro).

O evento reúne 170 expositores, 40 marcas e 450 veículos, exibidos em uma área de 85 mil metros quadrados (o equivalente a 77 campos de futebol). Entre as montadoras, empresas notórias do mercado nacional, como Fiat, Volkswagen, General Motors, Renault, Peugeut, Citroën, Mitsubishi, Honda e Toyota. Todas elas dividindo o espaço com estrangeiras menos conhecidas, como a sul-coreana Sangyong, a indiana Mahindra e as chinesas EFFA e Chana.

Embora a crise econômica mundial continue a assustar os compradores de veículos, a indústria automotiva brasileira calcula que até o final de 2008, as vendas de carros superem 3,8 milhões de unidades (800 mil a mais que em 2007). Ainda com o dólar oscilando, os importados estão mais acessíveis e tornaram-se opções, com mais conforto e itens de segurança diferenciados.

Fotos: Leonardo Filomeno
O Lotus Elise faz de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e desenvolve velocidade máxima de 248 km/h.

Assim como nas edições anteriores, os destaques continuam sendo os veículos da Ferrari, Lamborghini, Lotus, Porsche, BMW e Mercedes-Benz. O Lamborguini Murciélago LP640, carro que Bruce Waine usou no filme Batman, o Cavaleiro das Trevas está com um preço sugerido de R$ 2,1 milhões. Já a Ferrari F430 Scuderia, dirigida por Scumacher, custa R$ 1,6 milhão. Merece destaque o superesportivo Pagani Zonda F, que vai de 0 a 100km/h em apenas 3,5 segundos. É o automóvel mais caro a chegar no Brasil e não sai por menos de R$ 4 milhões.

Para se ter uma idéia, com esse valor seria possível comprar 160 carros Ford K 2009. O IPVA anual cobrado do superesportivo daria para adquirir sete Fiat Unos Mille Fire. O Pagani Zonta F é uma edição limitada e deve estar diponível no mercado nacional no próximo ano. Segundo o fabricante, três brasileiros já demonstraram interesse em adquirir a máquina.

No segmento de utilitários esportivos, a Mitsubishi, traz a quarta geração do Pajero Full, modelo que ganhou por 12 vezes o Rali Dakar. O espaço também conta com a exposição de uma picape L200 Triton, montada com 35 mil carrinhos de brinquedo. Já a Hyundai apresentou a nova geração da Tucson, assim como a Toyota e a Suzuki, que exibem os modelos Hilux e Vitara para o próximo ano.

Novas tendências

Pegando carona na sutentabilidade, várias marcas demonstraram interesse sobre os combustíveis alternativos e modelos híbridos. A Chevrolet aposta no Volt, veículo a gasolina e elétrico, com autonomia de 64 km, após abastecimento de seis horas. Já o Fiat Siena Tetrafuel roda com álcool hidratado, gasolina brasileira (com adição de álcool), gasolina pura e Gás Natural Veicular (GNV). A Toyota chamou atenção com modelo RiN, um novo tipo de carro conceito. Ele possui tecnologias para amenizar o estresse do motorista, como vidros que filtram os raios ultravioletas e sensor no volante para identificar o estado de humor.

Após conferir todas essas inovações, basta selecionar o modelo, a cor e principalmente o quanto você quer (e pode) gastar. Lembrando que sempre antes de uma compra, o interessado precisa botar no papel os gastos embutidos, como IPVA, seguro e a própria manutenção do veículo. Embora alguns automóveis expostos no Salão ainda permanecerão nos sonhos dos visitantes por muito tempo, outros já são realidade e esperam pela sua escolha.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo