Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Pinheiros

Considerado por muitos como o bairro mais antigo de São Paulo, o distrito abriga mais de 60 mil habitantes e um dos maiores comércios da capital.

Fotos: Gabriel Oliveira/ Guia da Semana
Avenida Pedroso de Morais


Os primeiros indícios de Pinheiros são de 1532, quando os jesuítas chegaram a São Paulo e um grupo de índios se instalou na região. A vila, que ficava as margens do rio, começou a ser conhecida por Vila dos Pinheiros por causa da grande quantidade de árvores existentes ali. Além dos indígenas, diversos quilombos se fixaram no bairro.

Anos depois, o progresso e os imigrantes italianos só chegaram a região com o café. A partir daí o bairro era composto pela classe média e possuía muito comércio e indústrias. Com a chegada da Sociedade Hípica Paulista, os endinheirados começaram a freqüentar o distrito. Em 1944 chega o Hospital das Clínicas, considerado o maior complexo hospitalar da América Latina. Hoje a região abriga o reduto da elite de São Paulo, como os bairros Jardim Europa, Jardim Paulista e Jardim Paulistano.

Onde passear

Com 750 metros quadrados de área verde, ciclovia, quadras, campos de futebol, parede de alpinismo, playground, concha acústica para shows e concertos, além de um bosque de Mata Atlântica, o Parque Vila Lobos é uma das opções para passear com a família em Pinheiros. Se você é daqueles que gosta de história ou é bastante religioso, a Igreja do Calvário até 1990 abrigava um convento, que foi demolido e a área virou estacionamento. Por lá estão um conjunto de cinco sinos de cobre moldados em Curitiba.

Para a diversão da criançada o bairro abriga o Parque da Mônica, que deixa de lado as geringonças eletrônicas e aposta em escorregadores, pontes e circuitos com cordas. O distrito também guarda lugares para entretenimento e artes, como o Sesc Pinheiros, onde acontecem a maioria dos shows de artistas de renome. Se a fome chegar, não esqueça de passar no Mercado Municipal de Pinheiros.

Onde comer

Pinheiros guarda em suas ruas e avenidas gastronomia para todos os tipos de paladares. Assim como o bairro, que recebeu inúmeros italianos, grande parte dos restaurantes possui culinária típica do país de Leonardo da Vinci, como o Aguzzo Caffè e Cucina, o Buttina e o Vinheria Percussi. Há, também, estabelecimentos que, como os moradores da região, são bastante requintados e oferecem culinária contemporânea. É o caso do Balneário das Pedras, do Braverie, do Chou e do Drake´s.

Se a pedida é a gastronomia de outros países, você pode passar no argentino Arturito, no mexicano El Kabomg ou no francês Villa Eugênio. Os frutos do mar ficam por conta do Mediterrâneo.

Onde comprar

Talvez um dos bairros de São Paulo mais completos no quesito serviços, Pinheiros possui o shopping mais antigo da cidade, o Iguatemi. Além disso, há também o Shopping Eldorado.

Para aqueles que não abrem mão do comércio de rua, a Cardeal Arco Verde e a Artur de Azevedo e a João Moura possuem diversas farmácias, bancos e serviços. Para comprar instrumentos musicais e CDs vá até a Rua Teodoro Sampaio. As roupas de grandes marcas com preços de outlets podem ser compradas na Cristiano Vianna.

O Lago de Pinheiros e a Rua Pinheiros também têm vários magazines, óticas e relojoarias. Para alugar roupas para festas, comprar móveis ou carros de luxo vá até a Avenida Rebouças.

Confira os serviços que Pinheiros possui!

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça Panama Beach City, destino com praias paradisíacas e muita natureza na Flórida

Viagens

9 castelos incríveis para conhecer na Alemanha

Viagens

Águas de Lindóia é destino perfeito para uma viagem em família; veja passeios imperdíveis por lá

Viagens

9 passeios imperdíveis para fazer em Gent, na Bélgica

Viagens

8 passeios imperdíveis em Serra Negra, destino turístico próximo a São Paulo

Viagens

Conheça Sevilha, cidade encantadora da Espanha

Viagens