Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Prepare-se para a São Silvestre

Conheça os principais truques para ter um bom desempenho na principal prova de corrida do Brasil.

A São Silvestre é a prova de corrida mais importante de São Paulo (Divulgação)

Um dos eventos mais importantes do calendário esportivo nacional é a Corrida de São Silvestre. A prova atrai atletas profissionais do Brasil e do exterior, além de também abrir espaço para os corredores amadores. Fora os participantes de Elite -  ou seja, os que correm para vencer - os outros acabam confraternizando-se durante a prova e tendo a meta de finalizar a corrida, sem a obrigatoriedade de fazer o melhor tempo.

+ Saiba mais sobre a edição 2012 da São Silvestre
+ Veja alguns dos melhores lugares para correr em SP

"Essa prova tem todo um charme social e muitos (participantes) vão apenas para celebrar, até inspirados pela data: véspera de Ano Novo", revela o professor de educação física, Valmir de Souza. Como tradição, a São Silvestre será realizada no dia 31 de dezembro, em São Paulo, com horários de largada diferenciados de acordo com a categoria do atleta. O primeiro grupo sai às 7h10 com os cadeirantes e finaliza às 9h com a saída da Elite 'A', 'B' e Especial 'C'.

Se você já é corredor, agora é hora de evitar lesões e ficar de olho na dieta. Mas, se você começou a correr agora e vai arriscar a participação na São Silvestre, tenha muito cuidado para não prejudicar seu corpo. A fim de esclarecer esse e outros cuidados que você precisa ter para participar da maior prova de rua do país, o Guia da Semana entrou em contato com preparadores físicos renomados, que deram boas dicas aos corredores.

Aos iniciantes


A primeira coisa que uma pessoa precisa fazer para praticar qualquer atividade esportiva é uma avaliação física, realizada por um por médico, especializado em medicina esportiva ou um professor de educação física autorizado. De acordo com Valmir, a avaliação nutricional é importante, mas, se a pessoa já for praticante de corrida, precisa apenas de alguns ajustes para conseguir extrair o seu melhor na prova.

Para os novatos em corrida, que almejam participar de uma São Silvestre e ter um bom desempenho na prova, é necessário ter pelo menos seis meses de treinamento, segundo Valmir. "Um iniciante começaria correndo três vezes por semana, em treinos de 1 hora. Evoluiria para quatro a seis treinamentos, variando de 1 hora e 30 minutos a 2 horas de duração", explica o professor.

O preparador físico Marcos Paulo Reis, ex-técnico da Seleção Brasileira de Triathlon, considera ser necessário pelo menos um ano de treinamento sério de corrida para uma pessoa sem preparo participar da São Silvestre, não pela quilometragem da prova - 15Km - mas, pela dificuldade que ela apresenta em seu percurso. "Os trajetos com subidas, as ruas com desníveis e o calor intenso, que costuma estar na prova, prejudica principalmente os iniciantes", comenta.

O especialista sugere a pessoa precisa encontrar um equilíbrio nos treinos, para repetir isso durante a prova. É preciso se poupar nos desgastes mais intensos, ir conhecendo seu corpo para saber onde pode desempenhar mais força e seguir para a corrida sem muitas ambições, caminhando ou com trote leve, optando por uma prova de sobrevivência - finalizar a corrida -, sem se machucar.

Para um bom desempenho



Os especialistas indicam aos atletas que exijam treinos de corrida personalizados, mesmo que feitos em grupo, pois o estímulo correto é essencial para o bom desempenho em provas, além de cada pessoa possuir seu ritmo e suas intenções com o treino de corrida. Robson Alvarenga, que trabalha com mercado financeiro, corre há mais de dez anos e prefere treinar sozinho para seguir seu ritmo.

"Pouca gente que conheço consegue acompanhar a velocidade que corro - em torno de 15Km/h - e conciliar com meus horários", conta. Ele treina em torno de três vezes por semana, corre de 10Km a 15Km. Robson revela que para manter o bom desempenho no esporte mantém uma alimentação balanceada e hidrata-se muito com água e isotônico, durante os treinos.

Marcos Paulo considera que as regras básicas para um bom corredor são: ter continuidade e sequência evolutiva nos treinos, cuidar da alimentação - antes, durante e depois da competição - e também da hidratação, percepção de esforço em relação ao que está rendendo e o que pode desempenhar na prova, além de não ter pressa para evoluir. Valmir frisa que a alimentação deve ser adequada em termos nutricionais, pois ela possui a função de repor as energias do corpo e recompor os tecidos.



"O ser humano deveria agir como os carros de Fórmula 1, que é abastecido várias vezes e em pequenas quantidades para não ficar com peso extra e ter bom desempenho", compara Souza. Em relação à hidratação, ele sugere o consumo de 200ml a 300ml de água ou isotônicos a cada 20 ou 30 minutos. Mesmo que a tentação das comilanças das festas de final de ano sejam grandes, o especialista indica que o atleta deva evitar ingerir carnes e massas gordurosas e álcool, pois desidrata.

A vestimenta e o tênis são itens importantes também para a prática da corrida. O corredor precisa sentir-se confortável com as roupas, que devem ter tecidos leves e não barrar a transpiração do corpo. Já o tênis precisa de amortecedor na sola toda e, normalmente, usa-se um para treinar e outro para as provas. No entanto, para a São Silvestre o atleta precisa usar o tênis que costuma treinar a fim de dar mais estabilidade no percurso com a pista instável.


Atualizado em 17 Dez 2012.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo