Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Rota da Liberdade

Agência de turismo promove opções de passeios para mostrar a influência da cultura africana no estado de São Paulo.

A influência do negro africano na cultura brasileira foi, é e será marcante nos nossos costumes atuais. E é exatamente essa história que o roteiro Rota da Liberdade: Dever de Memória da Diáspora Africana no Brasil, criado pela agência de Turismo Reality Tour, pretende mostrar.

Antes de apresentar todos os detalhes dessa viagem, que mapeia os passos do negro pelo Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte Paulista, é importante ressaltar que o roteiro está entre os dez finalistas mundiais do Geoturismo 2009, competição realizada pela National Geographic e o Changemakers da Ashoka. A competição visa premiar os programas inovadores de viagens sustentáveis do mundo.

O Geoturismo é o turismo que mantém ou aprimora a geografia de um lugar. O destino brasileiro foi eleito entre 611 candidatos de 81 países.

Rota da Liberdade

A Agência Reality Tour promove a Rota da Liberdade para mostrar os passos do negro africano pelo Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte de São Paulo. Para isso, o turista tem à disposição seis pacotes. O objetivo é aprofundar o conhecimento em assuntos como cultura, gastronomia, arquitetura e história. São seis roteiros existentes na Rota da Liberdade, sempre com três dias de duração.

O primeiro chama-se O Negro Africano e os Barões do café. Aqui, as cidades visitadas são Taubaté, Tremembé e Pindamonhagaba. Entre os locais visitados está o Sítio do Pica-Pau Amarelo, uma das grandes propriedades do Visconde de Tremembé. Além de guia, a hospedagem inclui café da manhã, almoço, visita ao atelier Arte com Papel e um jantar temático.

No roteiro Na Rota da Abolição, as visitas acontecem em Tremembé, São Luiz do Paraitinga e Redenção da Serra, primeira cidade do Vale do Paraíba que libertou os escravos. O pacote inclui ainda um jantar temático que mostra a dança e a cultura negra.

O terceiro passeio disponível é denominado de Religiosidade e Economia. Aqui, as cidades de Piquete, Lorena e Cruzeiro são visitadas. O objetivo é mostrar a presença do negro na sociedade e na economia do café, por isso os guias mostram o chamado Caminho do Ouro e o Complexo Cultural da Rotunda, em Cruzeiro.
 
Piquete, Guaratinguetá e Cunha fazem parte do roteiro chamado Cultura Afro-brasileira e Caminho do Ouro. Aqui, a intenção é mostrar a expansão cultural negra e também como eram as reações em virtude da presença do negro nos caminhos do ouro. Em Cunha, por exemplo, os guias levam os turistas pelo chamado Caminho da Estrada Real.

Sociedade Escravista e Economia Cafeeira é o nome do quinto roteiro da Rota da Liberdade. Durante três dias, são feitas visitas às cidades de Piquete, São José do Barreiro e Bananal. Nesta viagem, os turistas se aprofundam mais sobre os aspectos da religiosidade afro-brasileiro e a presença cada vez mais forte na economia cafeeira.

As opções se encerram com o roteiro Quilombo e Sítios Arqueológicos. Aqui, as visitas acontecem no litoral norte paulista, nas cidades de São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela. O objetivo é mostrar os remanescentes quilombolas e sítios arqueológicos. No pacote, além de guia, hospedagem com café e almoço há uma palestra com quilombolas.

Mais informações no site www.realitytour.com.br ou pelo telefone (12) 3672-3427.

Foto: Divulgação.

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo