Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

São Paulo já é boa, no feriado fica melhor ainda

Com tantas atrações, fica difícil não ter opção de passeio em São Paulo.

Quando cheguei em São Paulo, não acreditei na quantidade de coisas que tem pra fazer por aqui. Tédio é realmente uma palavra que não combina com a cidade (nem comigo, diga-se de passagem). Sem distinção de sexo, idade, gosto ou mood. Tem pra todo mundo, sete dias por semana. Claro que os programas mais bacanas, de tão bacanas, vivem cheios e, às vezes, com alguma espera. Por isso, quem vai ficar aqui no feriado pode - e deve - aproveitar pra curtir cada pedacinho de SP. Melhor ainda: sem trânsito pra chegar até eles.

A dica é começar com um café da manhã no capricho e acumular energias para um sabadão cultural. Eu recomendo o Lá da Venda, na Vila Madalena, um café com cara de mercearia do interior que serve o melhor pão de minuto da cidade, entre outras delícias. Abastecido, siga para o Beco do Aprendiz, que fica ali do lado, onde rolam várias atividades artísticas e culturais. De lá, a sugestão é uma passadinha pela Galeria Choque Cultural, que representa jovens artistas (entre eles, os principais grafiteiros de SP) e sempre tem alguma coisa nova pra mostrar. Para terminar o tour, vá para o MASP, para ver a exposição Lugares Estranhos e Quietos. Termine o dia na Reserva Cultural, onde passam os filmes menos comerciais. Tudo a ver com o mood do dia.

Foto: Divulgação

Lá da Venda


Foto: Acervo/ Bold

Beco do Aprendiz

Domingo é dia de intercâmbio. Vá praticando o seu portunhol no caminho da sua casa até o Pari (dá tempo de chegar lá bilíngue), bairro onde acontece a Feira Boliviana. Artesanato, comidinhas típicas e bolivianos a perder de vista. Acredite: você vai se sentir realmente na Bolívia. Outra opção é a Feira da Liberdade, bairro que reúne a maior comunidade japonesa fora do Japão. Mas vá sem almoçar, porque as barraquinhas servem comida japonesa fresquinha a preços superhonestos.


Foto: Divulgação

Feira Boliviana

Reserve a segunda, dia que muita gente trabalha, para visitar a 29ª Bienal de São Paulo. É um clichê, mas não dá pra deixar de ir. Algumas obras você vai gostar, outras não, mas o fato é que não é sempre que a gente vê tantos artistas expressivos reunidos por aqui. Eu já fui e adorei. De quebra, vale um passeio pelo Parque do Ibirapuera ou um café no Restaurante do MAM.

O centro antigo da cidade é o passeio de terça, quando quase tudo vai estar fechado na cidade e você pode andar por ali, sem esbarrar na multidão como nos dias de semana. Comece pelo Mosteiro de São Bento, siga para o Pateo do Colégio e termine no Edifício Martinelli, o primeiro arranha-céu de São Paulo. Depois da caminhada, você merece um chope bem tirado no Bar Brahma. Aproveite e tome um por mim também.

Foto: Divulgação/ Roberto Stelzer


Leia  todas as colunas de Alice Zanetti: 


A cidade das Artes 

Caindo na noite em Sampa

Os brechós mais legais de SP 

Música para os nossos ouvidos

X-Tudo e mais um pouco

Para ficar e sentir-se em casa

Quem é a colunista: Inquieta, intensa e curiosa, acima de tudo.

O que faz: vive um dia de cada vez, mas como se fosse o último.

Pecado gastronômico: no amor, na guerra e na cozinha, vale tudo.

Melhor lugar do Brasil: São Paulo, com certeza.

Fale com ela: www.twitter.com/alicezanetti ou www.facebook.com/alicezanetti82



Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo