Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Saúde

Região predominantemente de classe média alta, o distrito possui mais de 118 mil habitantes.

Fotos: Gabriel Oliveira/ Guia da Semana
Avenida Bosque da Saúde


Considerado um bairro nobre da região sul de São Paulo, a Saúde nasceu como uma parada na passagem de centenas de tropeiros pelo Caminho Cruz das Almas. Naquele ponto (hoje o cruzamento das ruas Santa Cruz e Domingos de Morais) existia um crucifixo onde se acendiam velas e colocavam imagens de santos em homenagem aos mortos. Neste local foi construída a capela de Santa Cruz, que hoje não faz mais parte do bairro, mas marcou sua criação.

Em 1925, a Prefeitura de São Paulo reservou uma parte do distrito, o Bosque da Saúde. A área verde era freqüentada por moradores de bairros vizinhos, que iam até lá fazer piqueniques aos fins de semana. Essa calmaria acabou quando, em 14 de setembro de 1974, a primeira linha do Metrô chegou ao bairro, atraindo inúmeros moradores e comércio para a região.

Onde passear

Como a Saúde é essencialmente residencial, os moradores acabam indo para bairros vizinhos em busca de entretenimento, mas se engana quem pensa que não há nada para fazer por ali. Diversão garantida, principalmente para a criançada, o Zôo Safari possui mais de 300 animais soltos, como girafas, zebras e macacos, em locais que imitam seus habitats naturais. Outra atração é o Zoológico, com mais de 3 mil animais em 80 mil metros quadrados.

Além da bicharada, a região abriga clubes que fazem a alegria das famílias aos fins de semana, como a Associação Atlética Três de Setembro, com mais de 4 mil metros quadrados, piscina semi-olímpica, área de sol, churrasqueira, playground e duas quadras.

Onde comer

Ao contrário do que se pensa, a Saúde guarda diversas opções gastronômicas e barzinhos, principalmente na Avenida Professor Abraão de Morais. Para quem é adepto ao vegetarianismo, o restaurante Vegethus oferece um cardápio 100 % vegetariano, com pratos doces e salgados. Quem prefere um pastel, no Croc 30 é possível provar os sabores clássicos e alguns bastante diferentes, como o de ricota fresca, tomate seco, coração de alcachofra, nozes picadas, azeitona sem caroço e orégano.

O bairro também possui diversos bares, como o Bar do Luiz Nozoie, o Santo Antônio Botequim e a Villa São Paulo, que reúne um botequim, uma hamburgueria, um sushi-bar, uma doceria e um balcão de açaí.

Onde comprar

As principais vias de comércio na Saúde são as avenidas do Cursino, Miguel Estéfano e Bosque da Saúde. Nelas, você pode encontrar todos os bancos, supermercados, lojas de conveniência, de roupas femininas e vários serviços. Nas proximidades da estação do Metrô está a maioria das lojas, mas não espere um grande comércio no bairro.

Confira os serviços que a Saúde possui!

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens