Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Serras Catarinenses

Programe suas férias na região que agrega infraestrutura, tranquilidade e paisagens inesquecíveis.

Foto: Seja Comunicação/Santur


A região serrana de Santa Catarina encanta pelas paisagens e costumes tradicionais ainda praticados na região. O clima ameno, a culinária com influência europeia e a hospitalidade também são fatores que tem atraído cada vez mais turistas para a região. O Guia da Semana elencou seis cidades que formam a rota e apresenta os principais pontos a se conhecer. Monte o seu roteiro.

Rio Rufino

A cidade pacata tem pouco mais de 2,6 mil habitantes. O artesanato do vime é um de seus principais destaques. De lá saem cestarias e móveis em geral, tudo feito a partir do material. Com ecoturismo pouco desenvolvido e com grandes recursos naturais para tal, o município é banhado pelo Rio Canoas e conta com muitas quedas d'água em seu percurso.

Conheça:

Cascata da Serra
A 12 Km do centro, está fixada na comunidade do Alto da Serra. Sua queda tem altura de 70 metros.

Morro do Campo Novo
Ar fresco e uma paisagem encantadora pode ser contemplada a 1,7 mil metros de altitude, com acesso fácil via automóvel.

Caverna do Rio do Leste
Distante 18 Km do centro da cidade, a caverna é um dos pontos mais curiosos da cidade. Diz a lenda que, na década de 1970, um ermitão a habitou, tornando-se figura conhecida na cidade.

Lages

Foto: Iolita Cunha/Santur



Um dos principais municípios do estado, Lages contabiliza quase 170 mil habitantes. Além disso, é a maior cidade de Santa Catarina em extensão territorial, com 2.664,313 km². De altitude bem elevada, é comum ver geadas e neves durante o inverno, em temperaturas que chegam a 7° C negativos. Já no verão, os marcadores apontam 35°C.
  
Por ser considerada a "Capital do Turismo Rural" e por realizar a Festa do Pinhão, mais de 50 mil turistas visitam-na anualmente. Entre seus atrativos estão as fazendas, que continuam desenvolvendo atividades primárias e oferecem infraestrutura para receber turistas, tudo sem perder os costumes e as tradições instauradas há séculos. Entre eles, destaque para as cavalgadas, o fogo de chão e as comidas típicas.

Conheça:

Catedral Diocesana
Inaugurada em 1922, demorou 10 anos para ser construída. Toda em pedras, possui vitrais vindos da Alemanha nas paredes e seu altar remete ao estilo gótico.

Salto do Rio Caveiras
A 20 Km do centro de Lages, o salto é uma cascata artificial provocada pelo regresso das águas do rio, em local que antes funcionava uma antiga usina. Para os aventureiros, a área verde no entorno é usada como ponto de lazer, especialmente acampamento e pescaria.

Parque Pedra Branca
Distante 11 Km da área central, o parque apresenta formações rochosas de formas instigantes, além de uma bela paisagem. Para entrar, é preciso autorização, já que está dentro da Fazenda Pedras Brancas, que também funciona como ponto de hospedagem para turistas.

Morro da Cruz
Daqui há uma visão privilegiada do município. Ao alto, uma cruz de 19 metros é alcançada após subir 365 degraus.

Bom Jardim da Serra

Foto: Divulgação/Santur



Um dos municípios mais frios do país, Bom Jardim da Serra tem média de 9° C em julho e 17° C em janeiro. As temperaturas baixas são responsáveis por criar cenários inimagináveis para grande parte dos brasileiros. É comum ver ruas e campos cobertos por neve. A cidade também tem reconhecimento ao ser chamada de "Capital das Águas". Tudo por causa do número de rios que nascem aqui. Suas serras, muitas com vegetação intocada, formam contornos incríveis e vistas de encher os olhos. Com poucos mais de 4.300 habitantes, a cidade não possui qualquer tipo de poluição e seu ar é considerado um dos melhores do país.

Conheça:

Serra da Veneza
Aqui dá para trilhar somente a pé ou a cavalo em caminho aberto há mais de 200 anos pelos tropeiros que cruzaram a região.

Serra do Rastro
De carro, é possível percorrer os 12 km da serra numa altura de 1460 metros. Em determinado ponto há um mirante. Dele, avista-se a maioria das cidades da região. Se tiver sorte, em dia de visibilidade total é possível ver o mar em último plano.

Cânion da Ronda
Chega-se de carro até certo ponto, depois o percurso precisa ser a pé. Localizado perto do mirante da Serra do Rastro, o espaço tem território de terra de aproximadamente 100 hectares, com penhascos dos dois lados.

Quer conhecer mais três destinos das Serras Catarinenses? Clique aqui!


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

7 lugares fascinantes para conhecer em Honduras

Viagens

Confira 8 dicas para comprar passagens aéreas mais baratas

Viagens

10 montanhas-russas ao redor do mundo que você precisa conhecer

Viagens

7 destinos perfeitos para velejar ao redor do mundo

Viagens

10 fontes espetaculares para visitar ao redor do mundo

Viagens

Conheça Rishikesh, cidade na Índia que é a capital do Yoga

Viagens