Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Tá estressado? Vá Pescar!

Além de lazer e tranqüilidade, a pescaria é uma atividade que requer conhecimentos e cuidados para não pescar tubarão no lugar de pintado.

Por Lorelay G. Magri


Tá estressado? Vá pescar! Essa é a frase-lema para os pescadores que saem de suas casas em busca de momentos de sossego e lazer. O carinho e o respeito pela pescaria é algo passado de uma geração para outra.

A admiração e dedicação dos envolvidos nesse tipo de atividade geralmente são transmitidas pela própria família, como no caso do eterno pescador José Paulo Gobatto, que relembra histórias de quando ia pescar, aos 5 anos de idade (hoje, com 70), com uma vara de bambu e na ponta linha com uma minhoca amarrada, e por influência de seu pai e de seu avô, costumava passar as tardes à margem do Rio Piracicaba.

Hoje, muitos grupos seguem para os pesqueiros, represas, rios e lagos de água doce; ou se dedicam à pesca marítima, realizada em água salgada ou salobra. De acordo com o pescador e proprietário da loja Miraguaia (artigos de pesca), João Tadeu Gama, pescar é uma atividade prazerosa que exige silêncio e atenção.

Artigos de Pesca

Iscas, anzóis, linhas, varas, molinetes...

Clique Aqui e conheça algumas tralhas que não podem faltar na vida de um pescador.


O pescador Alfredo Mazza faz diversas viagens durante o ano. Seu lugar favorito é o Rio Araguaia, em Goiânia. Ele e um grupo de amigos alugam um barco-hotel, e depois da divisão dos grupos (dois pescadores e um piloteiro por barco), partem para a aventura. Todos possuem uma licença de pesca, incluindo o barco.

Alfredo conta que em vários lugares é necessário tomar uma vacina, e que de novembro a fevereiro a pesca é proibida, por ser época de desova. A atenção tem que ser redobrada ao pescar um peixe. Muitos barcos possuem uma tabela com a medida permitida para pesca de cada espécie, se o peixe for menor, tem que ser devolvido ao rio.

A pescaria pode ser destinada a diversas finalidades, seja para comércio de vendas em empresas ou de maneira artesanal; ou a pesca amadora, praticada por puro lazer ou esporte. Nesse caso, os peixes não podem ser capturados por redes e não tem permissão para serem comercializados.

Continua...


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

7 passeios imperdíveis na cidade de Jaú, interior de São Paulo

Viagens

7 museus de figuras importantes brasileiras que você precisa conhecer

Viagens

O que fazer na cidade de El Calafate, na Argentina

Viagens

Conheça o incrível Parque Nacional Anavilhanas, no Amazonas

Viagens

7 cidades incríveis para visitar na Serra da Mantiqueira

Viagens

Conheça Penedo, a "Finlândia brasileira" no Rio de Janeiro

Viagens