Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Terra seca, aventura selvagem

Espaços ricos em cultura, aventura e até conforto. Jogue fora tudo o que achava sobre os desertos e embarque nessas viagens.

Foto: PH Schneider

O mítico Saara, em sua parte marroquina. Deserto é muito mais que areia e miragem

Do um terço de terra que compõe a superfície do planeta, 20% são regiões desérticas. No entanto, engana-se quem pensar em extensas e inóspitas áreas arenosas sem água nem verde. Pelo contrário! Paisagens exuberantes e diversificadas compõem essa categoria geográfica espalhada pelo globo. O milenar Saara, as montanhas do Himalaia, o coração vermelho da Austrália, as gélidas planícies da Antártida: é tudo deserto. E em cada um deles, quase sempre há fortes marcas e aspectos culturais deixados pelos povos que os desbravaram.

É importante entender o conceito geográfico. Desertos são áreas que recebem pouca ou quase nenhuma chuva durante o ano, e por consequência, são extremamente secos. Muitos, inclusive, são cruzados por rios ou possuem lagos. Mas isso não muda o ar seco e o ambiente mais hostil que o encontrado nas áreas à beira-mar ou em grandes bacias hidrográficas.

Para satisfazer a sede da aventura, ninguém precisa congelar a 40° negativos nem torrar debaixo de 50°. O Guia da Semana destacou quatro pontos do planeta onde é possível juntar paisagens agrestes, pontos turísticos e berços culturais. Há opções de acomodação para todos os gostos, de camping a chiques bangalôs, bem como as melhores épocas para serem explorados. Encha seu squizze d'água e entre nessa viagem.

Deserto do Arizona - Estados Unidos

É o deserto de maior ocupação humana, mas nem por isso menos interessante. Localizado no Oeste dos EUA, seu principal símbolo é o Parque Nacional do Grand Canyon. Dividido em duas partes (North Rim e South Rim), o setor sul está aberto à visitação todos os meses do ano. Já a parte ao norte, somente do meio de maio ao meio de outubro. Em ambas, há estruturas para camping, resorts e restaurantes.

Foto: Wikipedia

Foto aérea de Scottsdale, encravada no meio do Deserto do Arizona

A natureza selvagem é desenhada pelo curso do rio Colorado e acompanhada pelas grandes railways. Algumas ligam o nada ao lugar nenhum. Outras são famosas, como a Rota 66, que cruza grandes cidades, condados-dormitórios e vilarejos que pararam na época do Velho Oeste, como a cidade de Selligman.

Quem se cansar de tanta iguana, cactus e cowboys, a próxima estrada poderá levar ao luxo e ostentação de Las Vegas. E você continuará no mesmo deserto.

Quem leva: Via Régia Turismo
Contato: (11) 2592 - 9470 - [email protected]
  Saídas 1º semestre 2011: 15/01, 29/01, 12/02, 26/02, 12/03 e 26/03
Duração do roteiro: 13 dias
Principais pontos do percurso: Los Angeles - Scottsdale - Grand Canyon (South Rim) - Monument Valley - Las Vegas - Yosemite - Santa Maria.
Valores: De US$1.449,00 a US$2.877,00 (Parte terrestre, quartos triplo, duplo ou individual, pensão completa).

Foto: Divulgação Tierra Atacama Hotel & SPA

Mesmo sendo um deserto, Atacama possui belezas hídricas, como lagos e geiseres

Deserto do Atacama - Chile

O belo e frio Atacama seduz cada vez mais os brasileiros que querem unir aventura com sentimento latino-americano. Considerado como um dos mais áridos do planeta, o deserto oferece belezas naturais que permitem o visitante desfrutar das mais diversas sensações.

Ao Norte do Chile, os desertos de sal - salares - se extendem entre as camadas de neve. Em destaque, o Atacama, que reúne locais de rara beleza, como o gêiser del Tatio. Seu vapor consegue atingir 12 metros de altura e os lagos de água fervente fazem belos espelhos d'água. Outro destaque é o Mirante da Cordilheira do Sal, que possibilita a apreciação de pontos notáveis da região, como os Valles de La Luna e La Muerte, e as cordilheiras dos Andes e Domeyko. 

Na parte cultural, o Museu Padre Le Peige conta um pouco a história da ocupação da região por meio dos petróglifos, pedras inscritas ou gravadas à mão pelos membros das caravanas que por ali passavam e deixavam suas marcas.

Quem leva:
TGK Operadora
Contato: (11) 3283 - 3233 - [email protected]
Saídas 1º Semestre 2011: Diárias.
Duração do roteiro: variável, incluindo hospedagens no Hotel Tierra Atacama e em outros na capital chilena.
Principais pontos de percurso: Santiago, San Pedro de Atacama, Salares de Atacama, Valle de La Luna, de la Muerte, entre outros.
Valores: A partir de US$ 2.740 (Acomodação dupla por pessoa e pensão completa).


Vale do Rio Gandaki - Nepal 

Outra região que reúne clima seco, gelo e altitude é o Himalaia. Nessa parte do mundo, religiões milenares, casas esculpidas na pedra e hábitos medievais ainda estão presentes no dia a dia, fazendo a aventura ser ainda mais radical.

Foto: Divulgação Grade 6

Pequenas stupas budistas compõem o cenário no Kali Gandaki

De toda a região da maior cordilheira do mundo, o vale do Rio Gandaki (Ou Kali Gandaki) é um dos mais interessantes. O pequeno filete d'água serve há séculos como caminho para o Reino do Alto Mustang, uma lendária parte do mundo habitada por tibetanos. Por ali, caravanas do comércio do sal e da seda ligavam a capital, Lo Montang (ou Lo Manthang), a cerca de 3.200 metros, com as demais cidades nepalesas e tibetanas.

Hoje, é território dos aventureiros e dos budistas. O desafio começa em Kathmandu, vai até a cidade de Pokhara por carro, para então alcançar a cidade de Jomsom, já ao pé da cordilheira, de avião. A partir daí, pequenos vilarejos, templos e monastérios budistas, cumbucas de lentilha, batata, pimenta e arroz, platôs com plantações rudimentares e vários Iaks, um tipo boi com pelagem abundante e pesada. Tudo emoldurado pelos picos como o Annapurna e Dhaulagiri , ambos com mais oito mil metros de altura.

Quem leva: Grade 6
Contatos:  (19) 3241-9709 - [email protected]
Saídas 1º Semestre 2011
: Março e Outubro de 2011.
Duração do roteiro: 17 dias
Pontos do percurso: Kathmandu, Pokhara, Jomsom, KagBeni, Charang, Lo Montag
Valores: U$ 5.390 (incluso parte terrestre, hospedagens e pensão variada. Grupos de no mínimo cinco participantes).

Deserto Vermelho - Austrália

Foto: Wikipedia

Kata Tjuta são os nomes que os aborígenes deram aos morros do Parque Ayers Rock, na Austrália

A maior ilha do mundo possui também uma das desertificações mais secas. O Deserto Vermelho, Grande Deserto ou Outback, como chamam os australianos, ocupa 414 mil Km² da parte central da Austrália.

O programa pede aventura, seja acampando e pegando carona ou alugando um Motorhome. Há companhias que montam diversos percursos, e o melhor para explorar o Outback é o que liga as cidades de Adelaide até Darwin. 

A Stuart Railway divide o seco deserto ao meio, acompanhando o desenho da acidentada serra Mac Donnell. Na bela e desenvolvida Alice Springs, desfiladeiros próximos são outro convite para explorar o território. As maiores atrações é a Uluru, o maior monólito do mundo e o Kings Canyon. Essas formações emolduram um céu azul rajado de nuvens sobre planícies semi-áridas cheias de pastagens e formações rochosas.

Dingos (um tipo de lobo australiano) e wallabies (cangurus anões) serão os companheiros de mais dois dias de estrada até Ayers Rock. O parque nacional tem na formação Kata Tjuta ou Olgas sua principal atração. São 26 cúpulas de 600 m de altura espalhadas num descampado. Outro espaço de destaque é o Vale dos Ventos. Para além do Parque, a cidade East MacDonnels é uma ótima parada para explorar pinturas aborígenes e ouvir o som do didjeridu, a flauta local de mais de 1 metro.

Quem leva: Kangaroo Tours 
Contato: (11) 3509 - 3800 - [email protected]
Saídas 1° semestre 2011: Diárias.
Duração do roteiro: 8 dias.
Principais pontos do percurso: Adelaide - Alice Springs -Kings Canyons Valley - Parque Ayers Rock - East MacDonnels - Darwin.
Valores: A partir de US$2.691 (Locação de um motorhome com 3 camas, utensílios de cozinha, material de viagem; mapas de rodovias e campings, assistência 24 horas; GST; taxa de registro; taxa para motorista adicional; kilometragem livre. Alimentação por conta dos viajantes).


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

7 destinos perfeitos para velejar ao redor do mundo

Viagens

10 fontes espetaculares para visitar ao redor do mundo

Viagens

Conheça Rishikesh, cidade na Índia que é a capital do Yoga

Viagens

7 destinos ao redor do mundo para explorar de carro com o seu amor

Viagens

8 fascinantes templos budistas para conhecer ao redor do mundo

Viagens

6 festas populares imperdíveis para curtir na Espanha

Viagens