Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Tudo em um só lugar - continuação

Costurados às tradições regionais, os Mercadões do Brasil atravessam o tempo e atraem turistas de todo o mundo.

Terra da festa



O Mercado Central de Fortalezaé tido como o maior do nordeste. A história do local começa em 1809, quando sua construção foi autorizada pela Câmara Municipal. Em 1814, as instalações foram demolidas e um novo prédio foi erguido, mas apenas em 1931 foram ocupadas por produtos de artesanato. Várias reformas foram realizadas, mas em 1975 o mercado foi totalmente modificado e reinaugurado, ocupando um espaço de 1.200 metros quadrados.

Nessa época, o turismo ganhou grande impulso e o Mercado Central se tornou uma atração da cidade. Com o aumento da demanda pelos produtos, um novo espaço foi concebido e em 1998 foi inaugurado o novo prédio do Mercado Central de Fortaleza projetado pelo arquiteto Luiz Fiúza. Assim ele abriga 553 boxes e 18 banheiros, distribuídos em 5 pavimentos, sendo um deles destinado a estacionamento. Os visitantes podem encontrar por lá artigos em couro como sandálias, sapatos, chapéus, bolsas e malas, rendas e bordados, camisetas, as famosas lembrancinhas, bijuterias, jóias em ouro e artigos para decoração. Além disso, os restaurantes oferecem comidas típicas nordestinas e os turistas podem encontrar as cachaças, licores, castanhas de caju, entre outros quitutes.

Longe do fogo



O Mercado Público de Florianópolis tem sua origem em barracas e quitandas construídas pelo governo da Capitania de Santa Catarina no fim do século XVIII. A história do local é um importante marco para a cidade. Depois de ser motivo de disputas políticas, a partir dele que foram criados o Partido Conservador, dos grandes comerciantes locais, e o Partido Liberal, que pertencia aos maçonicos e aos grupos associados na Sociedade Patriótica. Ambos lutaram para que o Mercado fosse construído em locais que fossem de seus interesses, até que o primeiro prédio foi construído em 1851 ao sul do Largo da Matriz, junto ao mar. Em 1899, o local foi transferido para a localização atual e mantém sua configuração desde 1932.

Indicado para quem pretende curtir desde uma tarde animada com samba e pagode ou apenas bater papo com os amigos, o prédio é composto de duas alas separadas por um vão central. No local acontece um variado comércio, principalmente de vestuário, alimentos, utensílios e artesanato. Lá o visitante pode também saborear os diversos pratos da gastronomia local, com destaque para a porção de camarão e de peixe frito. Em 2005 passou por um incêndio e precisou de uma reforma, hoje está em perfeitas condições.

Tradição



Devido as preocupações quanto as condições higiênicas na comercialização de alimentos na região, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa teve sua construção iniciada em 1880. Com pavilhões feitos em estruturas de ferro, importados da Europa, o espaço foi construído de frente para o Rio Negro no período áureo da borracha, e inaugurado em 1883. A grande variedade de produtos é algo que impressiona os visitantes. No local é possível encontrar desde a cultura do povo amazonense que vai do artesanato às ervas medicinais, até relíquias arquitetônicas do Império e início da República, além de hábitos, costumes e tradições repassados ao longo de muitas gerações.

Formado por um galpão de aproximadamente 45 metros de comprimento, e 42 de largura, construído em estrutura de ferro, a estrutura chama muita atenção dos visitantes. Sustentada por 28 colunas, as salas laterais possuem vinte boxes, separados por grades de ferro, possuindo, cada um, balcões de madeira. O mercado não ganhava um reforma desde 1906 e atualmente está em obras.

Atualizado em 26 Set 2011.

Mais notícias

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens

10 montanhas incríveis ao redor do mundo para ver online

Viagens