Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Vamos às compras?

Não tem graã ir a Orlando e não fazer a festa em compras!.

Foto: Arquivo Pessoal

Quem não se sente bem fazendo compras, que atire a primeira pedra! Ainda mais quando há a possibilidade de levar para casa artigos de ótima qualidade por preços que parecem ser uma piada.

Pois era isso que eu fazia quando me sentia triste, feliz, ou quando não tinha o que fazer: compras! Camisetas, tênis, calças, perfumes, blusas. Mesmo que não precisasse de alguma coisa, ao ver na vitrine o valor do desconto, sentia a necessidade de, pelo menos, entrar para dar uma olhada.

Não há como ir a Orlando e não dar uma passadinha ali no Premium Outlet (e que, a propósito, abriu uma unidade no interior de São Paulo). Imagine só comprar um par de tênis daquela marca com três listrinhas pela bagatela de US$ 25? E, tem mais: comprando o segundo par, esse teria um desconto de 50%. Calcule: DOIS pares de tênis por APENAS US$ 37,50. É ter que ter muito autocontrole para não sair comprando tudo que se vê pela frente.

Eu, por exemplo, não tenho. Comprei mesmo. Camisetas Rauph Lauren por US$ 5. Outras, da Armani, por US$ 10. Um casaco impermeável Guess pela ninharia de US$ 45. Não. Não dá para aguentar. As peças praticamente se jogavam em minhas mãos e eu sabia que se as deixassem lá, elas se sentiriam mal. Eu, com certeza, me sentiria dessa forma assim que chegasse em casa.

E assim era o tempo todo. Descontos absurdos em tudo. Depois do Natal, então, preços ainda mais baixos. No Florida Mall, em um dia de janeiro, encontrei uma loja que tinha faixas de "50% OFF". Sem dúvida entrei para dar uma checada. Assim, como quem não quer nada. Então, perguntei se tudo estava naquela promoção, mas, a vendedora me disse que não: As araras do fundo da loja estavam com até 70% de desconto. Não é necessário comentar que quase tive uma parada cardíaca nesse instante.

Olhei daqui, olhei dali. Achei uma calça muito legal com o preço remarcado na etiqueta. O único problema era: o novo valor não correspondia a 70% menos do que o preço original. Perguntei à vendedora e ela me disse: "O desconto é em cima da remarcação!".

Uma calça, de uma marca conhecida, por menos de US$ 6? É para levar para casa sem medo de ser feliz (o único problema mesmo foi a hora que chegou a fatura do cartão de crédito, mas isso a gente deixa pra lá).

Leia as colunas anteriores de Bruno Martins:

Mais Aventuras!

Nova casa, novo roommates

Nunca esquece

Quem é o colunista: Bruno Martins.

O que faz: Jornalista, professor e curioso!

Pecado Gastronômico: Lasanha, Pavê, Brigadeiro, ... São tantos!

Melhor lugar do mundo: Qualquer lugar com amigos e comida! hahaha Se tudo isso for na Times Square enquanto neva, melhor ainda!!!!

O que está ouvindo no iPod, mp3, carro: Puts, puts SEMPRE!

Fale com ele: [email protected] ou o siga no twitter: @bomartins ou acesse seu blog.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo