Guia da Semana
Turismo
Por Redação Guia da Semana

Verão 2010

O Guia da Semana testou os níveis de ocupação da rede hoteleira nos principais destinos de verão procurados pelos brasileiros, assim como preços de serviços, gastronomia, opções de passeios e noitada. Veja onde estender a canga na alta temporada!.

Antes de começar a produção dessa reportagem, os jornalistas do Guia da Semana solicitaram a experts em pacotes turísticos uma pesquisa sobre quais os melhores destinos para descansar ou ferver na alta temporada do verão no país.

 

 

O objetivo dessa matéria é poupar o leitor de ter que sair à caça em sites de viagem atrás de informações sobre onde ficar, onde comer, o que fazer à noite, quanto custa isso, quanto custa aquilo.

 

Tudo o que você precisa saber foi filtrado em um roteiro suprassumo, que apurou a real situação dos destinos com dados pontuais, como pontos onde nenhum celular pega, praias de natureza exuberante, mas sem infraestrutura, lugares que apesar de muito concorridos, não tem caixas eletrônicos, cidades cativantes e pouco conhecidas, além de locais que desafiam os modismos.

 

Consulte nossa escalação de destinos e escolha o que mais se enquadra em suas merecidas férias:

 

Praia do Forte

Referência em ecoturismo, é indicada para quem quer sossego e contato com a natureza. O ideal é ficar pelo menos cinco dias para fazer todos os passeios indicados para quem visita o local, tais como mergulho, canoagem, trilhas e windesurf. As opções de hospedagem são variadas, o turista encontra desde imponentes resorts até albergues bem modestos.


Barra Grande
A vila de pescadores na Península de Maraú, no sul da Bahia, está na moda. De uns 5 anos pra cá, virou roteiro cool, apesar disso, ainda não há muita estrutura. A vida noturna é quase que inexistente e não tem caixas eletrônicos no local. Os hotéis e pousadas são simpáticos, tem que procurar muito. O preço de um para o outro pode aumentar em até 50%. Ideal para quem gosta de praia tranquila para contemplar a natureza.

Trancoso
Apesar de paradisíaca, o grande inconveniente da região é o preço, tanto a hospedagem como a comida são caríssimas. Ainda assim, a rede hoteleira do local está quase com ocupação total. Reserve antes de chegar até lá para não cair numa roubada.


Jatiúca - Maceió

É uma praia urbana com ondas fortes, por isso é destino certo de surfistas, aliás, tem campeonato de surf lá o ano todo. O serviço de praia é completo e os arredores oferecem estabelecimentos comerciais e gastronômicos bem estruturados, com conforto para o viajante.


Natal

É conhecida como a Cidade do Sol e tem o segundo maior parque florestal do país. Entre as praias, a mais badalada é  Ponta Negra. As águas claras e quentes facilitam a visualização da fauna marinha, por isso mergulhar por lá é um dos passeios mais interessantes.


Fortaleza

Apesar de ser um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil, a cidade tem um problema grave com a criminalidade. Turista por lá deve andar sempre de táxi evitar passear com dinheiro e equipamentos eletrônicos. Praias fantásticas e intensa vida noturna. Preços bons na hotelaria e na gastronomia.


Itacaré

O agito não é o forte do local. Durante a noite, as opções são restritas para quem gosta de  cair na pista e existem poucos espaços para balada. O principal atrativo é o famoso rastapé que rola nas casas de forró. A natureza é o chamariz da cidade. Fique esperto ao fechar a hospedagem, prefira dicas de lugares onde conhecidos já estiveram, pois existe muita propaganda enganosa na Internet.  


Praia Brava

O nome entrega, praia pra quem sabe nadar muito bem, com ondas agressivas e forte correnteza. Boa infra e preços bacanas de hospedagem. É um lugar indicado pra quem gosta de esportes radicais.


Jurerê Internacional

Uma das praias mais bem estruturadas do Brasil, com muitas opções de baladas e restaurantes é ponto de encontro de playboys e patricinhas de todos os estados brasileiros na alta temporada.


Praia do Rosa

Perfeita para o windsurfe e para trilhas ecológicas, o local atrai uma galera tipo "geração saúde". É mais frequentada por jovens e oferece passeios interessantes organizados por agências de turismo. Os preços de hospedagem e alimentação são bons.


Praia Mole

Um dos melhores pontos do sul do Brasil, a praia é indicada para quem gosta de surf. O preço da hospedagem, assim como dos estabelecimentos gastronômicos é bem em conta. É uma praia mais frequentada por jovens que por famílias.


Paraty

Apesar de ser uma cidade histórica muito charmosa, suas praias não são indicadas para banho. Pela calmaria, é mais frequentada por casais, até por isso seu forte não é a balada, apesar de possuir inúmeras opções de bares e bons restaurantes. As ruas de Paraty são feitas de pedra, portanto a dica para as mulheres é não levar salto.


Búzios

Tem intensa vida noturna e muitas lojas de grife espalhadas pela Rua das Pedras, onde ficam também restaurantes e pousadas. Tanto a alimentação quanto a hospedagem são caras. A cidade é pequena, e em alta temporada, sua população triplica, causando transtornos na infraestrutura local. Em alta por conta da novela Viver a Vida, a cidade está ainda mais cheia.


Fernando de Noronha

Taxas e poucas opções noturnas são contratempos da ilha de beleza incontestável no tocante à natureza rústica. As praias têm pouco ou nenhuma infra, além dos altos preços nos restaurantes e hotéis.


Rio de Janeiro
Dividimos estas informações por bairro. Você vai encontrar preços de hospedagem e opções de balada e gastronomia em Ipanema, Leblon, Barra e Copacabana. Vale um lembrete: a cidade fica lotadíssima na alta temporada e os preços estão lá em cima.

Maresias
A praia mais bem frequentada do litoral de São Paulo tem diárias caras na alta temporada, além de muita lotação nos restaurantes. É melhor visitar depois do carnaval. Muito corpo sarado desfilando pelas areias, principalmente perto das redes onde o pessoal joga futevôlei.

Guarujá
A cidade do litoral sul oferece ótima infra, com muitas lojas e restaurantes, no entanto, as praias são lotadas, o que dificulta a vida de quem procura tranquilidade nas férias. O preço das refeições, mesmo em estabelecimentos mais simples, não é muito convidativo.

Riviera

A praia localizada dentro de um condomínio de classe média alta é mais indicada para famílias. Por lá, pouquíssima variedade de restaurantes e nenhum agito noturno para os jovens. O ideal é alugar apartamentos para a temporada, não compensa ficar em hotéis na região.


Ilhabela

É de longe a praia mais bonita do litoral norte de São Paulo. Apesar de muito visitada, ainda existem praias quase desertas, mas com boa infra para comer, beber e descansar. A hospedagem é cara, assim como a gastronomia. A balsa é um problema sério, pois demora demais e tira a paciência do turista.

 


Atualizado em 12 Set 2012.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo