Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Vila Olímpia

Além de bastante comercial, o bairro possui noite agitada e residências de alto padrão.

Fotos: Gabriel Oliveira/ Guia da Semana
Avenida Faria Lima


Formada por chácaras no inicio do século XX, a Vila Olímpia começou a progredir na década de 30, quando surgiram as primeiras construções de residências, armazéns e galpões. Desde então, os empreendimentos comerciais tomaram conta da região, que passou a ser endereço de grandes empresas multinacionais.

Na época, as ruas da região eram identificadas por números. Em 1937, surgiu a entidade Casa do Ator que, além de abrigar artistas aposentados, deu o nome da primeira rua do bairro. Na década de 90, a prefeitura de São Paulo realizou grandes projetos, como as avenidas Nova Faria Lima e Hélio Pellegrino, o que trouxe mais acesso ao local.

Com o progresso, os imóveis ganharam cada vez mais valorização. Os prédios inteligentes e a fibra ótica atraíram, em 1999, diversas empresas de Internet (A Vila Olímpia ganhou o apelido de Vila do Silício). As indústrias que ficam na parte de baixo do bairro se transformaram em casas noturnas, bares e danceterias. Hoje o bairro é uma mistura de residências, empresas e uma noite para lá de agitada.

Onde passear

Com tanto crescimento, a área verde se perdeu e deu lugar às casas de show, como a Via Funchal, que já recebeu grandes nomes da música mundial e alguns shows da Broadway, como Grease e Smokey Joe´s Café. Para as crianças existe uma oficina cultural que atrai os pequenos a partir dos 4 anos, o Atelier Arte e Expressão.

Para aqueles que gostam de artigos de luxo, a Villa Daslu chegou ao bairro em 2005. Como mais de 15 mil metros quadrados, o espaço abriga as principais marcas mundiais de moda, decoração, além de jóias, restaurantes e bares.

Onde comer

Não é difícil encontrar um bom lugar para saciar o apetite na Vila Olímpia. Todas as culinárias, os diversos tipos de pratos, do requintado ao popular, fazem parte da gastronomia da região. Além disso, o local se transformou em redutos dos boêmios, que frequentam as centenas de casas noturnas e bares existentes ali.

O que não faltam são opções, como a comida argentina do 348 Parilla Porteña, a francesa do Chef di Jour, a árabe do Arábia ou a italiana do In Cità Classico, a japonesa do In Cità Hakka Sushi ou a chinesa do Hi Pin Shan.

Para os apreciadore de carne, no Jardineira Grill o rodízio oferece 17 variedades de carne. Já os amantes da culinária mexicana podem provar os pratos tradicionais do país no Pueblo de México e os que gostam da cozinha contemporânea acham no Bistrô Na Faria Lima ou no Maori pratos com misturas de diversas gastronomias. Para a sobremesa, Celui Ci.

Onde comprar

O comércio da Vila Olímpia está espalhado por algumas vias principais. Quem quer comprar roupas, pode ir nas ruas Ferreira de Sousa, Clodomiro Amazonas e Lopes Amaral. A avenida Brigadeiro Faria Lima e a Rua Ribeirão Claro concentram os serviços, como bancos.

Objetos de decoração podem ser encontrados nas ruas Baluarte e Fiandeiras, além da Avenida Santo Amaro, que tem movimento bastante intenso e um corredor de ônibus com diversas linhas.

Confira os serviços que a Vila Olímpia possui!

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens