Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Welcome to Bondi

Visitada por até 40 mil banhistas na alta temporada, Bondi Beach é uma das praias mais populares da Austrália, misturando sotaques de todas as partes do mundo.

Reprodução
Frequentada por jovens e surfistas, Bondi Beach reúne turistas do mundo inteiro

Conhecido reduto do surfe australiano, Bondi Beach é uma das praias mais famosas e badaladas de Sydney, chegando a reunir até 40 mil banhistas durante o verão. Localizada no distrito de Waverly, o lugar também é conhecido por seu caráter cosmopolita, constatado nos diversos idiomas encontrados em todas as esquinas, que vão do árabe ao japonês.

E não é à toa que viajantes de todos os países têm procurado Bondi para passar temporadas, férias de verão ou até fixar residência. Afinal, de contas, é difícil dizer não a esta combinação de sol, altas ondas e gente bonita, dentro de um bairro charmoso, próximo ao centro e repleto de conveniências.

A Praia

Rodeada por um calçadão de aproximadamente seis quilômetros de extensão, Bondi chama atenção tanto pelo seu tamanho, quanto pela agitação. A larga faixa de areia fica completamente lotada todos os dias no verão, mas mesmo assim não compromete o visual da praia. O topless é comum entre os frequentadores do local, composto em sua grande maioria por jovens australianos, surfistas e estudantes de intercâmbio de várias partes do mundo. Quem quiser ficar longe do agito, pode pegar o Coastal Walk, uma bela caminhada ao redor da costa, que leva às praias de Tamarama e Bronte, suas vizinhas mais tranquilas.

Para ficar longe da areia ou curtir um pós-praia, o calçadão da Campbell Parade, oferece um enorme número de restaurantes, cafeterias, bares e sorveterias. Todos eles, embora com preços um pouco mais caros em relação ao resto da região, costumam ser bastante disputados nos finais de tarde, ficando lotados de turistas e moradores locais, todos eles em busca de uma cerveja gelada ou uma casquinha para refrescar o calor. Aos domingos, no canto esquerdo da praia, ocorre o Campbell Market, versão australiana da tradicional feira hippie, onde podem ser encontradas diversas pechinchas e bugigangas.

Reprodução
Shoppings e casas de câmbio podem ser encontrados em Bondi Junction, o centro comercial local

Bondi Junction

Localizado a cerca de três quilômetros da praia, Bondi Junction é o centro comercial do bairro, onde além dos grandes supermercados e shopping centers, são encontrados bancos, casas de câmbio e escolas de inglês. Lá também está localizado o ponto final da Eastern Suburbs Line, a linha leste de trem, que dá acesso ao resto da cidade de forma mais rápida e direta que os ônibus. O lugar é uma boa pedida para fazer compras nas lojas mais refinadas, sem precisar se deslocar até a City, o movimentado centro de Sydney.

Speak Portuguese?

É bastante comum descer as ruas da Bondi Road (principal avenida) e escutar o português sendo falado, em todos os sotaques. Devido às suas características e estilo de vida praiano e descompromissado, Bondi reúne uma grande comunidade brasileira, composta em sua maioria por jovens estudantes de cursos de inglês. Eles estão em todo lugar, seja na praia, na balada, ou nos restaurantes e cafés, trabalhando de cozinheiros e garçons em vagas temporárias. Se a carne de canguru não agradar, não é difícil encontrar lugares vendendo coxinhas, açaí, guaraná e pão-de-queijo.

Pints e música

Bondi também é famosa pela sua vida noturna. Os pints (copos de cerveja de 500 ml) saem aos montes nos inúmeros pubs espalhados pela orla e por Bondi Junction. Além deles, existem três casas noturnas que lotam quase todas as noites, principalmente das quintas aos sábados. A primeira (e mais famosa) delas é o tradicional Bondi Hotel, que abriga diariamente uma festa em seu deck, onde um DJ diferente toca os hits pop do momento, para o delírio do público de mochileiros. Seguindo a mesma linha está o Beach Road Hotel, em um ambiente fechado, um pouco mais sofisticado, com shows ao vivo e restaurantes.

Reprodução
Restaurantes e baladas concentram-se em frente ao calçadão da praia

Os mais mauricinhos costumam frequentar o The Eastern, localizado em Bondi Junction. Para entrar lá é necessário usar uma roupa mais engomada, estilo esporte fino, além de esperar com paciência pelas longas filas e critérios de entrada um tanto quanto parciais - estar acompanhado por (ou ser) um grupo de belas garotas suecas aumenta bastante as suas chances de entrar no local. Chegando lá, o clima é de clube noturno, com música eletrônica alta, pista de dança e claro, drinques acima do preço. Lembrete para os baladeiros mais hardcore: assim como na maioria dos clubes de Sydney, a casa costuma fechar por volta das 3h30 da madrugada.

Backpackers

Tradicionalmente, quem se hospeda em Bondi costuma optar pelos albergues, também conhecidos como backpackers. Além de preços convidativos, eles oferecem ótimas infraestruturas e facilitam ao viajante fazer novas amizades. Eles existem aos montes, de todos os tipos, dos maiores e mais sofisticados, como o Noah´s até os mais simples e caseiros, como o Tama House. Opções de hoteis também existem, mas nesse caso, é melhor ficar em Sydney (que tem estabelecimentos mais interessantes) e se dirigir até Bondi pelos ônibus expressos 380 e 333, que através de um percurso sem paradas, podem te levar do centro até a praia em cerca de 15 minutos.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça Panama Beach City, destino com praias paradisíacas e muita natureza na Flórida

Viagens

9 passeios imperdíveis em Alfama, bairro tradicional de Lisboa

Viagens

9 castelos incríveis para conhecer na Alemanha

Viagens

Águas de Lindóia é destino perfeito para uma viagem em família; veja passeios imperdíveis por lá

Viagens

9 passeios imperdíveis para fazer em Gent, na Bélgica

Viagens

8 passeios imperdíveis em Serra Negra, destino turístico próximo a São Paulo

Viagens