Guia da Semana
Viagens
Por Redação Guia da Semana

Zig zag hoy hoy hoy!

Prestes a completar duzentos anos, a Oktoberfest de Munique atrai pessoas de todo o globo para celebrar a festa alemã da cerveja.


Fotos: Getty Images


Todo ano, Munique é palco da maior festa popular do mundo. Em 2010 não será diferente e, durante 17 dias, turistas do mundo inteiro vão invadir o parque Theresienwiese para desfrutar as iguarias alemãs, acompanhar danças típicas e saborear litros e mais litros de cerveja, na tradicional Oktoberfest.

Origem

O evento surgiu em 1810, com a festa de casamento do príncipe herdeiro Luís com a princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen. A festa aconteceu em um parque longe do centro, batizado de em homenagem à noiva e, o ponto alto do evento era a corrida de cavalos, com a presença da família real da Baviera. O sucesso foi tão grande que a comemoração foi marcada para o ano seguinte, dando início à tradição.

Em sua 177ª edição, o Oktoberfest só não foi realizado 25 vezes, em função de guerras e epidemias na região. A festa reúne atualmente cerca de 6 milhões de pessoas e se tornou uma espécie de rito de passagem para o apreciador da loira gelada.

Números e curiosidades

- Em 2009, 5,7 milhões de pessoas visitaram a festa, consumindo 6,5 milhões de litros de cerveja, 488 mil frangos, 51.500 joelhos de porco, 117 mil pares de salsichas e 111 bois inteiros assados.

- 81% dos visitantes são alemães, e o restantes são provenientes de outros países, principalmente da Italia, Estados Unidos e Grã Bretanha.

- Em 2009 foram encontrados cerca de 4.100 objetos extraviados, dentre os quais 1.250 peças de roupas, 770 documentos, 420 carteiras, 330 chaves, 275 bolsas e mochilas, 75 máquinas fotográficas, 330 pares de óculos e 320 telefones celulares.

- O evento gera um movimento financeiro de aproximadamente 950 milhões de euros e emprega cerca de 12.000 pessoas, durante o evento.

- A Oktoberfest de 2009 atraiu 55 mil brasileiros para Munique.


E que comecem os trabalhos

As festividades iniciam às 12 horas do primeiro dia, quando o prefeito de Munique quebra o barril de cerveja exclamando "Ou 'zapft is!" (Já está aberto). Com 30 hectares, o parque é dividido em 600 concessionários, sendo um sexto deles dedicados à gastronomia, 200 para atrações e brinquedos e o restante é formado por pontos de vendas de artigos diversos. O público tem o transito livre e limita suas despesas ao consumo individual de alimentos, bebidas, atrações turísticas ou compra de suvenires.



As principais atrações encontram-se em 15 tendas, com capacidade total para 100 mil lugares sentados, cada uma oferecendo cerveja de diferentes locais e tipos, entre elas, grandes cervejarias de Munique: Augustiner, Hacker-Pschorr, Löwenbräu, Paulaner, Spaten e Hofbräuhaus. Para quem não é tão afim da bebida fermentada, o espaço conta com 15 tipos de vinho, e mais sucos, refrigerantes, chás, cafés.

O cardápio gastronômico inclui especialidades da culinária bávara, como o chucrute, shlachtplatte (chapa de lingüiça), hassenpfeffer (carne de coelho) e schweinshaxe (joelho de porco). Além disso, há uma variedade de pretzels, que servem como um bom acompanhamento para as canecas de 1 litro de cerveja.

Versão nacional

No Brasil, algumas celebrações se inspiraram em Munique como forma dos imigrantes alemães expressarem seu amor pela vida e tradições. O início foi em Blumenau (1984), em Santa Catarina; depois vieram Santa Cruz do Sul (1985) e Igrejinha (1988), no Rio Grande do Sul. Destas, a primeira ostenta o título de maior festa alemã das Américas, com a presença de mais de 17 milhões de pessoas em 26 edições e uma média de 700 mil pessoas.

Em 2010, o evento está programado para acontecer de 7 a 24 de outubro, no Parque Vila Germânica. Serão 18 dias de evento com danças típicas, culinária local e apresentação de bandas. As cervejas são diversas, com rótulos artesanais da região, marcas importadas, além do chope oficial Brahma. Os ingressos custam a partir de R$ 6,00.

Programação de Munique



Sábado, 18 de setembro

Desfile das pessoas que trabalharão nos pavilhões: os cervejeiros, suas famílias, músicos e garçonetes. Em carroças adornadas, eles dirigem-se ao local da Oktoberfest para dar início às suas atividades. Com início às 10h45, partindo da rua Sonnenstrasse, a atividade dura cerca de uma hora.

Domingo, 19 de setembro

Oito mil participantes partem da rua Maximilianstrasse, passando pelo centro da cidade até chegar a Theresenwiese, em um percurso de sete quilômetros. Com eles, vão bandas musicais, fanfarras, carros alegóricos, grupos folclóricos e de dança da Alemanha e de países vizinhos. O início se dá às 10h e dura cerca de 2h.

Domingo, 26 de setembro

As bandas que tocam nos pavilhões e cervejarias se reúnem para tocar juntos as marchas e melodias típicas da Oktoberfest. O evento acontece a partir das 11h, em frente à estátua Bavária, no parque.

Em comemoração ao bicentenário da festa, até 31 de outubro também ocorre a exposição especial Oktoberfest 1810 - 2010, no Münchner Stadtmuseum. Na mostra serão exibidos objetos que fazem parte da história do evento, como o vestido de casamento da princesa Teresa, trajes típicos, pinturas, fotografias e filmes. A exposição fica na região central de Munique.

Serviço:

A empresa aérea Lufthansa oferece tarifas promocionais para viagem direta entre Brasil e Munique. Para embarque no período de 21 de setembro a 14 de dezembro, a passagem para classe econômica custa a partir de R$ 1692,95 ( US$ 983).


Atualizado em 13 Set 2011.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens