Guia da Semana
Viagens Internacionais
Por Redação Guia da Semana

Destinos gastronômicos na Europa

Conheça quitutes seculares de duas cidades próximas a Berlim e Amsterdã.

Dresden, na Alemanha, é um ótimo destino gastronômico na Europa

A gastronomia é uma das melhores formas de conhecer os costumes de uma região. Alguns pratos, bebidas e produtos ficaram tão famosos que são destacados como patrimônio cultural de diversos lugares. Muitos viajantes são atraídos exatamente por essa temática e não dispensam a chance de provar essas iguarias.

Para os turistas gourmets que estão viajando pelo Velho Continente existem duas cidades de passagem obrigatória: Gouda, na Holanda, e Dresden, na Alemanha. Clássicos da confeitaria mundial típicos destes lugares estão esperando para serem apreciados pelos visitantes.

Para você que busca o que fazer em Amsterdã vale a pena reservar um dia, nem que seja para um “bate e volta” em Gouda, charmosa cidade a 70 quilômetros da capital. O lugar é famoso pelo queijo homônimo, mas também é o berço do Stroopwafel, um tipo de bolacha recheada de caramelo, única no mundo. Nada se compara a esse maravilhoso quitute holandês com origem no século 18.

Provar um Stroopwafel em um dos cafés da cidade, apreciando os encantadores canais e prédios históricos, é um dos passeios marcantes da viagem aos Países Baixos. Os biscoitos podem ser encontrados por toda parte, preparados seguindo as tradições dos habitantes hospitaleiros.

Distância de Amsterdã – Gouda: Aproximadamente 70 quilômetros. De trem, partindo da Estação Central de Amsterdã, a viagem demora 1 hora.

Outro destino imperdível é Dresden, na Alemanha, bem próximo a Berlim. Se você está procurando onde ficar em Berlim inclua a cidade em um dos seus passeios. Lá é o reinado do Stollen, aquele pão cheio de frutas secas e coberto com uma camada de açúcar que parece neve. A famosa Rosca de Dresden tem sua origem datada de 1400 AC. Entretanto, algumas publicações apontam o século 16 com os primeiros registros de sua comercialização em mercados de Natal da região.

A cidade de Dresden é cortada pelo rio Elba, cujas margens estão o Bruhlsche Terrasse, um terraço no alto do antigo muro da cidade e grandes áreas verdes para andar de bicicleta e fazer piquenique, incluindo uma Stollen Dresden na cesta, é claro.

Muitos monumentos e prédios destruídos durante a Segunda Guerra foram restaurados devolvendo à cidade um dos conjuntos arquitetônicos mais incríveis da Europa.

Distância de Berlim – Dresden: Aproximadamente 165 quilômetros. De trem, a viagem demora, em média, 3h.





Atualizado em 5 Jan 2017.

Mais notícias

7 cidades para conhecer na região de Flanders, norte da Bélgica

Viagens Internacionais

Rota dos Alpes: conheça a road trip pelas montanhas da Alemanha

Viagens Internacionais

Conheça El Chaltén, destino de aventura na Patagônia Argentina

Viagens Internacionais

8 viagens românticas pela Europa perfeitas para fazer a dois

Viagens Internacionais

10 passeios imperdíveis por Salta, na Argentina

Viagens Internacionais

4 roteiros imperdíveis para fazer de trem em Portugal

Viagens Internacionais