Guia da Semana

5 rappers brasileiros que você precisa ouvir

Com discursos rítmicos e improvisações poéticas, nesse estilo musical a letra é mais importante que a melodia

Seja nas rádios, nas festas ou shows, o rap está ganhando cada vez mais espaço. Com discursos rítmicos e improvisações poéticas, nesse estilo musical a letra é mais importante que a melodia. Não é à toa que muitos deles nos tiram da zona de conforto e dos raciocínios convencionais, das discussões viciadas, fazendo-nos refletir de uma forma profunda sobre a vida como um todo. 

Por isso, o Guia da Semana listou 5 rappers que você não pode deixar de ouvir! 

1. Rael

Rael começou a compor com 16 anos e logo em seguida formou o grupo Pentágono, do qual saiu a pouco tempo para dedicar-se a carreira solo. O rapper já fez participações em músicas com artistas como Emicida, Kamau, MC Rashid e outros. 

Para lançar seu novo CD, "Diversoficando”, Rael embutiu MP3 players dentro de muros e paredes espalhados pela cidade de São Paulo.  

2. Emicida

Leandro é considerado uma das maiores revelações do hip hop no Brasil nos últimos anos. O apelido Emicida, como é conhecido, vem da junção de MC com homicida - pelo fato de que nas batalhas de improvisação era considerado um "assassino", que matava os adversários. 

3. Criolo

Kleber Cavalcante Gomes faz rap desde 1989 e até o ano 2000 era praticamente desconhecido. Em 2006 lançou seu primeiro álbum - "Ainda há tempo" - e criou a rinha dos MC's, que existe até hoje.  

Após duas décadas dedicadas ao rap, Criolo decidiu parar com a música. Entretanto, tinha algumas guardadas (incluindo rap, samba e bolero) e o baixista Marcelo Cabral, junto com Daniel Ganjaman, as produziram. Assim nasceu o álbum "Nó na Orelha" e o começo de uma história de sucesso, que também criou uma ponte entre o rap e outros estilos musicais. 

4. Projota 

Projota começou cantar com 12 anos de idade. O apelido vem da junção de profissionalismo com seu nome real, José. Entrou para o rap aos 16 anos, por influência de MV Bill. Começou a ganhar notoriedade nas batalhas de MCs, onde venceu quatro vezes a batalha da Santa Cruz e três vezes a Rinha dos MCs.

5. Racionais MC's

Racionais MC'S é considerado por muitos o grupo de hip hop mais influente e relevante do Brasil. É formado pelos Mc's Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e o dj KL Jay. 

Nas músicas, demonstram a preocupação em denunciar como a destruição da vida de jovens negros e pobres da periferia é resultado do racismo e do sistema capitalista. Suas letras também trazem temas como a violência da polícia, o crime organizado, drogas e exclusão social. 

Atualizado em 22 Jan 2015.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças