Guia da Semana

Espaço cultural focado em arte contemporânea é inaugurado no Beco do Batman

Luis Maluf Art Lab é uma espécie de laboratório que oferece oficinas e cursos para novos artistas

Em um dos cenários mais cool e underground de São Paulo, Luis Maluf, jovem galerista de 27 anos, prepara-se para abrir seu novo espaço de arte a partir de 2 de abril. Trata-se da Luis Maluf Art Lab, uma espécie de laboratório, que vai focar em arte contemporânea e oferecer oficinas e cursos para novos artistas. O espaço vai ocupar um cômodo das estreitas ruas do Beco do Batman, reduto da arte de rua da cidade, localizado na Vila Madalena. 

Além de exposições e instalações, o local abrigará cursos, workshops e palestras, além de trazer para o berço do grafite discussões sobre a arte conceitual, indo na contramão dos trabalhos por ali expostos. A intenção é trazer a educação literária para que o artista possa explicar sobre seus traços e técnicas, e o público aprenda a visualizar e analisar trabalhos com maior clareza.

A Luis Maluf Art Lab funcionará de portas fechadas e as visitas deverão ser previamente agendadas pelo telefone: (11) 99344-4238 / 2367-3437ou e-mail: galeria@luismaluf.com.

Cursos

O curso de Alfabetização Visual, ministrado por Francisco Rosa, inaugura as aulas do novo espaço. A proposta é apresentar ao público noções básicas sobre arte contemporânea e também potencializar talentos e poéticas de jovens artistas com apontamentos e informações direcionadas às suas produções.

Data: 10 de abril
Duração: 32 horas
Horário: Segundas e Quartas / 9h às 11h
Preço: R$800
Inscrição: galeria@luismaluf.com

Luis Maluf

Luis Maluf é Bacharel em artes visuais pela Belas Artes de SP, e é o nome à frente da Luis Maluf Art Gallery, localizada no bairro dos Jardins. Atuando há quatro anos no mercado, se consolidou no seguimento de arte contemporânea por apostar em jovens artistas e em trabalhos com preços que variam de R$ 3.000,00 a R$ 50.000,00. 

Sua galeria representa e investe em artistas em ascensão, como: Cranio, Flavio Rossi, Galigrapixo, Pedro Pezte,  Sipros, Vermelho, Jú Violeta, Francisco Rosa, Vinicius Parisi, André Brunharo, Alexandre Orion, Edu Cardoso, Natalie Gasediel e Lucas Iatauro levando suas obras para o mundo, através de seus parceiros localizados em: Miami, Suíça, Alemanha, Maceió, Brasília e Rio de Janeiro.

Atualizado em 30 Mar 2016.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP