Guia da Semana

Que babado!

Um mês antes do carnaval, Cláudia Leitte fala sobre o novo disco e revela que vai casar depois da festa popular

Por Humberto Baraldi


Nana Moraes

"Perto de você existe alguma ilha deserta?". O questionamento pode parecer o de uma pessoa estressada, em busca de um refúgio para viver o resto da vida. Mas, a dona da frase, que marcou o início dessa entrevista, está longe do perfil acima. Apesar de viver basicamente em cima dos palcos e trios elétricos, a loirinha Cláudia Leitte, vocalista do Babado Novo, está feliz da vida e confessa adorar essa dura rotina, principalmente nas vésperas do carnaval baiano. "São shows, gravações, ensaios... Às vezes sinto vontade de me isolar, mas tudo isso é muito bom. Cantar é um vício", confessa. Fã de Etta James e Susan Tedeschi, a artista investe em um novo disco e, para a tristeza dos marmanjos, garante que vai substituir as fantasias de carnaval pelo véu e grinalda, em 7 de março, data de seu casamento com o empresário Márcio Pedreira. Entre um papo e outro, ela comenta ainda sobre os hobbies e se diz tranqüila quando comparada a Ivete Sangalo.

Nascida em São Gonçalo, Rio de Janeiro, mas criada em Salvador, Claudinha tem fôlego para baiano nenhum botar defeito. Com um corpo esculpido por algumas horas diárias de academia, a jovem de 26 anos revela o segredo para agüentar mais de sete horas seguidas em cima de um trio elétrico, durante o carnaval. "Além da malhação, tomo cuidado com a voz, bebo muito líquido, e, acima de tudo, sou apaixonada pelo que faço". Durante cada apresentação, a fluminense chega a perder mais de dois quilos. "Logo depois dos shows, eu reponho tudo. Como um pratão de comida", brinca.

Nana Moraes

Com um histórico de 400 mil CDs e DVDs vendidos, a loura promete um novo trabalho para 2007: o disco Ver-te mar. O CD estará nas lojas antes mesmo do primeiro trio pisar nos tradicionais circuitos soteropolitanos, garantia da própria líder do Babado Novo. "Este ano, queremos que o público já conheça todos os hits do material, na avenida".

Com o tema "paz, carnaval e futebol", o álbum "deu trabalho", palavras da vocalista. Foram alguns meses para a escolha do repertório e outros para a gravação. "Sempre demoramos muito para produzir um material. Todos da banda são muito exigentes e é difícil chegarmos a um fator comum", confessa.

Nana Moraes

Apesar do enorme sucesso com o Babado Novo, nome sugerido pelo empresário da banda, Cláudia pensa em um dia partir para a carreira solo. "Ainda não sei a data, por enquanto não quero mexer neste time que está ganhando", garante.

A bela moça de classe média que trocou os cursos de direito, comunicação social e até música pela vida de cantora de axé, adora cães e tem uma cultura pop bastante diversificada. Em sua estante há Coldplay, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Djavan, Etta James e Susan Tedesch - estas duas últimas são suas prediletas.

Nana Moraes

Agora quem pensava em ter alguma chance com a musa, pode tirar o cavalinho da chuva. Cláudia Cristina Leite Inácio (nome de batismo) sobe ao altar em março deste ano. O felizardo é o empresário Márcio Pedreira. "Sou tradicional. Quero casar com véu e grinalda". Os pombinhos escolheram as ilhas gregas como destino da lua-de-mel.

Quando o assunto são as comparações, Claudinha enfrenta numa boa. "Acho uma honra ser equiparada a Ivete Sangalo ou mesmo a Daniela Mercury. Elas são divas do axé music e eu estou começando só agora. Acho o máximo".

Leo Lemos
Desde 2001, a artista integra o Babado Novo. Mas, a paixão pela música não é de agora. Aos três anos cantava pela primeira vez. Aos sete, fazia parte de uma banda infantil, tendo se profissionalizado aos treze, acompanhando o artista Nando Borges. "Na adolescência, as minhas brincadeiras sempre eram relacionadas aos palcos", lembra.

Cantou em bares da noite de Salvador e passou por diversos grupos, até participar da formação de um novo conjunto, sob comando da empresa Bicho da Cara-Preta, especializada em conjuntos populares, como o É o Tchan.

Verônica Campos

Com a fama, Cláudia apresentou-se em praticamente todos os programas de televisão e, tornou-se alvo das atenções masculina. Em 2006, foi capa da revista brasileira VIP, da editora Abril. Mesmo assim, não pensa em posar nua.

O disco
Ver-te Mar (2006)
Hits: Insolação do coração, Doce paixão, E mesmo que a Lua vá, Pedindo um pouco mais, Ver-te mar, Recife de fora, Abra aí, Coladinho, Banho de chuva, Rock tribal, Distante de você, Pensando em você, Stay, Amantes cinzas (Ao vivo).
Preço sugerido: R$ 30,50



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças