Guia da Semana

Renascimento cultural

O Teatro Sérgio Cardoso passa por reforma e receberá novos atrativos, além de uma estrutura adequada aos dias de hoje

Foto: Divulgação


Nydia Licia e Sérgio Cardoso passavam na frente do local e pareciam sentir que ali nasceria um reduto de arte. Começava assim a história do até então Bela Vista. Os atores alugaram, em 1954, o prédio e para a estreia escolheram "Hamlet", de Shakespeare. A montagem seguiu até 1969, quando os proprietários requisitaram a desocupação. Para salvar o local, a classe teatral realizou um apelo para que o governo adquirisse o edifício. O pedido foi aceito, porém a manutenção do local ficou para outro momento.

Depois de muitas idas e vindas, o prédio, que até então estava sendo ocupado por grupos de teatros para ensaios e afins, foi reinaugurado em 1980, como sede da companhia de teatro dos proprietários iniciais. Mas uma presença fundamental foi fortemente sentida. Sérgio Cardoso havia falecido decorrente de um infarto e foi homenageado com o espetáculo Sérgio Cardoso em Prosa e Verso. Em 2000, o local passou por uma reforma que redimensionou a área interna e modernizou instalações cênicas.

Novidades

Foto: Divulgação


Com duração prevista para seis meses, a reforma atual está calculada em R$ 5,4 milhões. Dessa vez, os trabalhos englobam a fachada, sanitários, camarins, ampliação da área administrativa e serviços técnicos diversos, como adequação das instalações elétricas, troca do forro de gesso e instalação de plataformas para portadores de necessidades especiais.

Um dos pontos altos da reformulação do espaço é a fachada. Ela será coberta por uma pele de vidro sustentada por estrutura metálica. Já no saguão, será aberto um vão para entrada de luz natural, o que dá um charme individual ao local. A casa de espetáculos ganhará também um novo mobiliário, cujo projeto foi elaborado pelo designer Fabio Delduque.

De acordo com o secretário estadual da Cultura, Andrea Matarazzo, o objetivo central da restauração é adequar o local aos grandes espaços teatrais da cidade e contextualizar suas instalações. "A reforma tem o objetivo de modernizar esse que é um dos mais importantes teatros de São Paulo". Segundo ele, a movimentação não irá prejudicar a agenda de espetáculos, e o teatro continuará funcionando normalmente. "O público vai continuar usufruindo da programação do teatro durante as obras".

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças