Guia da Semana

Rodrigo Del Arc

Suas músicas são tão conhecidas em outros países que uma delas faz parte da trilha sonora de uma novela coreana

Foto: Vinicius Campos


Imagine um cantor brasileiro que foi descoberto no Japão, tem clipe passando na MTV inglesa e faz nada menos que a tradicional bossa nova com elementos inovadores. Ele existe e chama Rodrigo Del Arc. O também ex-colírio da Capricho esteve, na última semana, no palco de uma casa de shows inusitada quando comparada ao trabalho que vem desenvolvendo, o Hangar 110, em São Paulo.


Na mesma noite, tocaram ainda as bandas Acullia, com participação de Rodrigo Tavares e VInDa - grupo que traz o baterista Bell, da Fresno. Ambas mostraram seu trabalho autoral e agitaram a galera. Entre as fãs da plateia estava Fouve, de 22 anos, que veio de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, somente para acompanhar o show. 

No palco onde já passaram praticamente todos os nomes do atual cenário do rock brasileiro, Del Arc subiu para tocar, além de suas faixas autorais em inglês, releituras de nomes como Tom Jobim e até um samba de Monsueto.
 
O público não lotava a casa, mas algumas pessoas bem arrumadas foram levadas apenas pelo som dele, outras para conhecer quem é esse cara, que gravou seu primeiro trabalho por um selo japonês responsável por nomes como Milton Nascimento, Seu Jorge e Paulinho da Viola. O disco chama A Kind Of Bossa e já tem dois anos de estrada.
 
Alternando canções mais calmas e outras que levavam duas amigas presentes a pularem sem se importar com nada em volta, Rodrigo fez seu show introspectivo e com uma energia sempre muito positiva para quem pode acompanhar. Só faltou uma versão de Cazuza para encerrar o momento, como ele costuma fazer em outras apresentações, mas ficou a promessa de que o próximo espetáculo vai trazer esse que é um dos maiores nomes da música brasileira.
 
Del Arc, que tem hoje o clipe The Question Song passando na MTV inglesa, além de já ter sido exibido nas sedes brasileira e coreana, foi convidado a participar, em 2010, do programa Tem Uma Banda na Nossa Casa, da MTV, que proporcionou o encontro do músico com seus fãs em 30 minutos de programa.

Lá fora, a música do cantor foi parar na trilha sonora da novela coreana Athena, que foi sucesso de audiência e deve ser reprisada em breve no país. Além disso, ele faz parte dos artistas que a agência de shows espanhola Posto 9 apostou em 2011. Ao lado dele, há nomes como Carlinhos Brown, Erykah Badu, Lenine, Sergio Mendes, Marcelo D2, Vanessa da Mata e muito mais. Se você ficou curioso para saber como é que fica esse som, pode conferir o próximo show do cantor, que acontece em 9 de setembro, no Café Paon, em São Paulo.

Leia as colunas anteriores de Carol Tavares:

Criolo

Pitty

Esteban


Quem é a colunista: Carol Tavares, uma repórter geminiana e um pouco esquisita.

O que faz: É repórter do Portal MTV - o que quer dizer que escreve, grava, entrevista, cobre eventos e planta bananeira com uma mão só (mentira, isso eu não sei fazer).

Pecado Gastronômico: Cerveja conta?


Melhor lugar do mundo: O Meu Quarto.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: No momento, viciada no disco A Coruja e o Coração, da Tiê. Mas a trilha sonora do filme À Prova de Morte, do Tarantino, não sai do carro.

Fale com ela: caroluiz@gmail.com ou siga seu Twitter.





Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças