Guia da Semana

Roupa Nova

Conheça mais sobre o grupo carioca


Tudo começou na década de 70, quando a banda ainda se chamava Famks e animava os bailes cariocas. Kiko, Nando, Serginho, Paulinho, Cleberson e Feghali gravaram alguns compactos e outros trabalhos em estúdio. No final de 1979, por indicação do maestro Eduardo Souto Neto, foram convidados por Mariozinho Rocha para gravar uma vinheta de fim de ano para a Rádio Cidade. O sucesso fez com que o próprio Mariozinho produzisse o grupo. Mas ele precisava de um nome novo, mais comercial. Foi aí que surgiu o Roupa Nova.

O primeiro LP veio em 1981 e depois dele vieram outros 17, além de coletâneas, hits na boca do povo como, Sapato Velho, Canção de Verão e Wisky à Go Go, e muitas trilhas de novela, como a canção Dona, que foi tema da personagem Viúva Porcina, em Roque Santeiro, de 1985. Na década de 90 emplacaram também em novelas, Começo, Meio e Fim, Felicidade, Ibiza Dance. Nos anos 2000, destacam-se Amor de Índio, tema de Laura, vivida por Fernanda Vasconcelos, em Desejo Proibido.

Em 2004, o grupo lançou o CD/DVD RoupAcústico e também sua própria gravadora, a Roupa Nova Music. Sucesso de vendas, culminou no Roupa Acústico 2. Ao longo da carreira, o grupo fez parcerias com muitos artistas, como Roberto Carlos, Ivete Sangalo, Rita Lee, Sandra de Sá, Zélia Duncan, Fagner, Luciana Mello, Ed Motta, Gal Costa, entre outros.

Em julho de 2010, o conjunto gravou um projeto em comemoração aos 30 anos de carreira, contando com participações de Sandy, Milton Nascimento, Fresno e Padre Fábio de Melo. O álbum foi lançado em outubro de 2010.

Foto: Divulgação
Site oficial: http://www.roupanova.com.br/

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças