Guia da Semana

Três amigos e a vida

Espetáculo de Mário Bortolotto conta a história de três pessoas que só pensavam em diversão, mas também mostra o futuro delas

Foto: Divulgação

Música Para Ninar Dinossauros é um espetáculo escrito e dirigido por Mário Bortolotto.

O universo apresentado é a celebração despudorada do sexo e das drogas e o rock and roll é o espírito, com expressão na música Jump, de Van Halen, como hino do estilo de vida maneiro dos personagens. 

A peça conta a história de três amigos que escolheram levar uma vida regada a bebidas, cigarros, cocaína e calmantes, acompanhados de prostitutas. Na peça eles se livram da essência da mulher: maternal e escolhem objetos sexuais para satisfazerem seus prazeres imediatos. Os relacionamentos baratos revelam o caráter conservador dos personagens ao excluírem de suas vidas a complexidade do afeto de uma mulher.

Para eles interessa a mulher burra, que não fala de sentimento nem defende ideias. O corte do vínculo demonstra a insubordinação deles frente às qualidades da mulher, sendo a razão excludente, a única coisa que lhes resta.

São retratados dois tempos na peça: a juventude e a fase adulta e as mudanças implicadas nessa passagem de tempo são ínfimas, demonstrando a inexistência do amadurecimento. Adotam um estilo de vida despojado das cobranças sociais, mas suas atividades vão em direção ao marginal, ao roto, ao degradante. Não há perspectiva e a evolução está no retardamento da ereção.

Ao apresentar este quadro niilista em que o próprio discurso da peça se isenta de análise, resta os elementos cênicos: os atores, que são amigos, o ambiente informal e descontraído, a música como único alimento espiritual numa composição textual de um poeta maldito.

Leia as colunas anteriores de Renata Bar:

Contato com o público

Qual a verdade?

Triângulo Amoroso


Quem é a colunista: Renata Bar Kusano.

O que faz: Publicidade e Propaganda (FAAP), uma aprendizagem em edição em vídeo e suas correlações.

Pecado Gastronômico: carré de vitela ao molho de hortelã e camarão à provençal! 

O melhor lugar do mundo: debaixo d´água.

Fale com ela: rebarkusano@gmail.com ou acesse seu blog

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças